Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3
Pinheiral leva o bicampeonato no Futebol Sete Master da Lifasc
ESPORTES - Equipe derrotou o Linha Santa Cruz na decisão, por 4x3 de virada, em partida eletrizante
De camisa branca, o Brasil vence na estreia
ESPORTES - Seleção fez 3 a 0 sobre a Bolívia pela Copa América
Brique da Praça completa 10 anos de atividades
GERAL
Luizinho Ruas ingressa com projeto que declara Coomcat de utilidade pública
GERAL
Copa Cidade Miller Supermercados tem dois jogos no domingo
ESPORTES - Partidas são válidas pela primeira fase do certame
Santa Cruz do Sul está em estado de alerta
SAÚDE - Com 62 notificações da doença, município realiza ações intensas de combate ao mosquito, mas, a colaboração da população é fundamental
Residencial Bem-Viver: um sonho para a terceira idade
GERAL - Para finalizar as obras do complexo a ajuda de parceiros é necessária
Qualidade e bom atendimento em novo endereço
GERAL
Inscrições para representantes encerram dia 19 de junho
GERAL
Unisc desenvolve atividades na escola José Mânica
GERAL
Florais Quânticos são o tema de curso neste final de semana
GERAL
Predilar: Há 32 anos tornando seu sonho realidade
GERAL
Sincotec-Varp realiza curso intensivo
GERAL
Atitude humana
EDITORIAL
Ter metas desafiadoras é um estímulo para potencializar a gestão do negócio
GERAL

Focando no Esporte

Terça-feira

Focando no Esporte - Júlio Mello - 24/06/2014

Parabéns aos campeões

O Bairro Faxinal está em festa pela conquista da Copa Cidade. Eu particularmente conheço muitos dos jogadores e dos dirigentes do time do SER Faxinal. O técnico Edson Correia é uma grande pessoa e muito disciplinador. Para quem não conhece, ele é o Cabo Edson. O Mauricio Marques é um dos principais dirigentes da equipe e tem feito esporte de gente grande no Bairro. A equipe como um todo merece todos os elogios. Fizeram uma grande campanha e souberam chegar respeitando todo mundo. Esta sem dúvida foi uma grande conquista.Valeu Faxinal.

Um grande campeonato

Não tenho motivos para torcer contra este ou aquele cidadão ou mesmo contra esta ou aquela instituição. Este ano as minhas tarefas com o Avenida e com a Assaf não me permitiram acompanhar o nosso amador. Não olhei nenhum jogo do Monte Alverne, Lifasc e nem da nossa Copa Cidade. Portanto, não é nem porque gosto menos ou mais deste ou daquele. Infelizmente nem no Clube União eu pude acompanhar o meu time, o Sparta. De qualquer forma, a Copa Cidade foi bem organizada e contou com o apoio do poder público. Pessoas comprometidas com a organização e com a disciplina estiveram à frente da diretoria. A Copa Cidade é um acerto e deverá continuar com o mesmo espírito esportivo entre as equipes.

Mudando para melhor

Creio que as rusgas maiores tenham ficado para trás entre os torcedores dos bairros. O esporte tem que ser levado a sério, mas com respeito ao adversário e principalmente com reconhecimento. Sou do tempo em que se jogava e era difícil sair de certos campos de futebol. Sou do tempo do Expressinho Vitória do seu Dilmo Dantas. Um dos que mais fizeram por este esporte em Santa Cruz. Igual a ele ninguém. Todos os domingos haviam um ou dois ônibus para viajar e fazer amistosos pelas cidades do Vale do Rio Pardo. Pântano Grande, Encruzilhada,Rio Pardo, Candelária,Venâncio Aires, Vera Cruz, Sinimbu, Vale do Sol e tantos outros locais. Onde eu mais gostava de jogar era contra o Santos em Venâncio, no Nacional de Dona Josefa,no Juventude de Linha Henrique Davila, no Juventude de Candelária, no Esperança em Rio Pardo e no Trombudo de Vale do Sol. Locais onde eu sempre deixava uma bola na rede. De falta como sempre, pois de pênalti eu não gostava muito. Na verdade eu sempre errava quando batia. Bom, mas enfim, quero dizer que no passado as pessoas não tinham muita paciência e o futebol era mais rude. Uns 14 anos atrás o campeonato Citadino acabou justamente pelo destempero de alguns torcedores e a falta de liderança entre os finalistas. O Estádio dos Plátanos foi o palco na época. Muita quebradeira e um fim melancólico. Coisa do passado graças a Deus. Agora é outra época e outras lideranças, ou seja, mudou para melhor.

Jogadores guerreiros

Jogar futsal pela Assaf não tem sido fácil nos últimos anos. Muitos problemas fora de quadra têm tirado o sono de muita gente. Em 2014, algumas rusgas ainda acontecem, mas os jogadores têm sabido levar na boa. O grupo reduzido deste ano tem feito por merecer. Se entregam de corpo e alma contra os adversários e tem triunfado na maioria dos jogos dentro e fora do Poliesportivo. Uma disposição incrível de vencer e ser um vencedor. Demonstrando que nem sempre o dinheiro fala mais alto no esporte.