Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3
Pinheiral leva o bicampeonato no Futebol Sete Master da Lifasc
ESPORTES - Equipe derrotou o Linha Santa Cruz na decisão, por 4x3 de virada, em partida eletrizante
De camisa branca, o Brasil vence na estreia
ESPORTES - Seleção fez 3 a 0 sobre a Bolívia pela Copa América
Brique da Praça completa 10 anos de atividades
GERAL
Luizinho Ruas ingressa com projeto que declara Coomcat de utilidade pública
GERAL
Copa Cidade Miller Supermercados tem dois jogos no domingo
ESPORTES - Partidas são válidas pela primeira fase do certame
Santa Cruz do Sul está em estado de alerta
SAÚDE - Com 62 notificações da doença, município realiza ações intensas de combate ao mosquito, mas, a colaboração da população é fundamental
Residencial Bem-Viver: um sonho para a terceira idade
GERAL - Para finalizar as obras do complexo a ajuda de parceiros é necessária
Qualidade e bom atendimento em novo endereço
GERAL
Inscrições para representantes encerram dia 19 de junho
GERAL
Unisc desenvolve atividades na escola José Mânica
GERAL
Florais Quânticos são o tema de curso neste final de semana
GERAL
Predilar: Há 32 anos tornando seu sonho realidade
GERAL
Sincotec-Varp realiza curso intensivo
GERAL
Atitude humana
EDITORIAL
Ter metas desafiadoras é um estímulo para potencializar a gestão do negócio
GERAL

Focando no Esporte com Júlio Mello

Júlio Mello trata de Regional e futsal na sua coluna de hoje

Focando no Esporte - Júlio Mello - 30/09/2014

Divulgação/RJ

Júlio Mello | julio@riovalejornal.com.br

Líder forte no Regional
O Bairro Senai se mantém na liderança do maior e melhor campeonato do Vale do Rio Pardo. No domingo venceu a sua terceira partida consecutiva, derrotou o time de Rio Pardo por 3x1 e somou 9 pontos. Bocha é o capitão e joga ao lado do zagueiro Evair, do goleiro Tigre e do volante Elias, todos ex-Avenida. O técnico é o folclórico Geraldo Coalhada. O destaque não é só os jogadores dentro de campo, mas sim também da diretoria que é forte fora das quatro linhas. Não é uma e nem duas pessoas e sim um grupo grande envolvendo praticamente toda a comunidade, demonstrando assim que as equipes formadas nos bairros têm força e organização e não só o interior.

Muita velocidade
O atacante Douglas, do Senai, marcou dois gols na vitória contra Rio Pardo. O atleta mostrou uma característica de velocidade extremamente vital para a equipe. Como diz o velho Felipão, este tem alegria nas pernas. Outro destaque, e já quase veterano, é o meia Jaiton, que mesmo aos 40 minutos do segundo tempo pedia para os colegas um último esforço de cada um. E olha que este jogador é considerado de fora. Pelo jeito se enquadrou bem com a comunidade e os colegas de equipe.
 
Novo técnico?
O Guilherme Eich assumiu o São João no último sábado, contra o Trombudo, em Vale do Sol, no lugar do Kepp. Escalou um time poderoso com Picinine, Michel, Rio Pardinho e Tiago Hens, com Fusca e Fanfa na frente. Mesmo assim, o Trombudo do Gaspar Martin, fez valer o mando de campo e venceu por 3x2.Contudo, a derrota faz parte do esporte, o bom é que para o torcedor foi um jogão de bola. Daqueles jogos em que o torcedor não pode nem tirar os olhos do jogo.
 
Quem sabe um dia
Não é para ser agora ou imediatamente. Todavia, será quase que inevitável surgir em Santa Cruz uma nova força no futsal. Nada contra ninguém, mas é inegável que um outro clube de Santa Cruz deverá nascer. Um que tenha um projeto voltado para os pratas da casa e que aproveite realmente os nossos jovens e principalmente que tenha uma base sólida. Não encontro outra solução para ver os nossos talentos atuando em nossas quadras e não para outras agremiações longe da nossa cidade. Não escrevo por estar chateado com alguém ou pensando em alguém próximo a minha pessoa, mas sim por entender que realmente o momento é de reflexão e de fazer alguma coisa pelos nossos talentos. Ou trabalhamos em busca de um novo horizonte ou esta geração e a próxima vão ter que ficar somente na torcida. Chega dos nossos jovens apenas completar banco ou ser taxado de esforçado e voluntarioso e que ainda não está pronto. No final de semana eu falei em criar o Avenida Futsal, a exemplo do Juventude de Caxias, mas isso é uma questão apenas deste jornalista e não chegou nem a ser cogitada pelo presidente do clube em questão. Na verdade estou ventilando esta possibilidade como um mero amante do esporte. Pode até ter outro nome, mas surge a necessidade de um novo momento para o nosso futsal. Sei que temos vários amantes desta modalidade e que certamente estão refletindo sobre tudo que está acontecendo ano após ano. Temos bons jogadores aqui na nossa cidade e mesclando com dois ou três experientes podemos revelar algumas estrelas. Jogar a Série Bronze seria um bom começo, eu acredito e penso positivo.