Edição do dia 11/12/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Regional 2019: Bom Jesus fica com o título inédito
ESPORTES
Fernando Jr. vence em Interlagos e é campeão da Master
ESPORTES
Copa Lisaruth 20 anos: Dois empates e uma goleada
ESPORTES
Tudo pronto para III Abertura Oficial da Colheita do Tabaco
GERAL - Evento acontece nesta sexta, 13 de dezembro, na propriedade de Jeferson Stertz, em Arroio do Tigre (RS)
Instituto forma jovens em empreendedorismo e gestão rural
GERAL
Ginástica Rítmica é campeã estadual de 2019
ESPORTES - Aluna Alice Silva foi reconhecida como a Ginasta Destaque da GR
Presidente da Câmara Brasil-Portugal reúne-se com Eduardo Leite
GERAL
Funcionalismo quer retirada do Pacote de Leite
GERAL
Câmara aprova ampliação da lei para CCs do Legislativo
GERAL
Projeto Guarda-Costas certifica 64 alunos das escolas Leonel Brizola e Rauber
GERAL
Danton Oestreich na Casa das Artes
VARIEDADES
Centro Cultural 25 de Julho: Natal com arte e cultura germânica
VARIEDADES
Christkindfest: Praça Getúlio Vargas entra no clima de Natal
VARIEDADES
Carreteiro Solidário beneficia 3,4 mil pessoas
GERAL
Café Empresarial: Mercado de ações cresce como opção de investimento
EMPRESARIAL
Concerto de Rock ao Entardecer é hoje
VARIEDADES
Entre bebidas e ideologias, a arte como cabresto espiritual
OPINIÃO
Sejamos a diferença
OPINIÃO

Focando no Esporte com Júlio Mello

Júlio Mello trata de Avenida, Galo, Assaf e dupla Gre-Nal na sua coluna de hoje

Focando no Esporte - Júlio Mello - 12/02/2015

Divulgação/RJ

Júlio Mello | [email protected]

Voltando de férias
Depois de 30 dias sem escrever estamos voltando para as atividades. Vou começar falando do esporte e de seus espertalhões. Aqui em Santa Cruz tem jornalista que não olha para o seu próprio umbigo. Vivem pedindo organização no Galo, na Assaf e Avenida e não tem na sua própria empresa.

Onde está o profissionalismo?
Falam que falta profissionalismo em alguns setores dos clubes e não sabem que falta justamente isso para eles. Cobram e cobram e não se cobram. Falta evidentemente uma autocrítica. Falar dos outros é tão bom, mas falar de si é mais complicado. Sei que temos defeitos e não são poucos, mas não podemos admitir falta de respeito. Sempre respeitamos todos, inclusive alguns “jornalistas”, que na verdade nem são, caíram de paraquedas no meio e mesmo assim sempre foram respeitados. Também entendo que falta muita coisa nos nossos clubes de futebol, mas do mesmo modo, falta muita coisa para certos setores da nossa imprensa. Os de verdade sabem do que estou falando. Um ou dois roncam que nem porco e só fuçam para trás.
 
Cobranças indevidas
Todos nós sabemos de nossas limitações, mas alguns ainda acham que não possuem nenhuma. Certamente são parentes do Super Homem. Contudo, um diretor do Grêmio e alguns metidos a inteligente acham que fazer futebol no interior é a mesma coisa que ser da dupla Gre-Nal, ou da Europa. Claro que o estádio do Avenida e até mesmo do Galo são modestos e precisam de reformas, mas não se pode fazer tudo de uma hora para outra. Muita coisa foi feita e muito tem o que fazer.
 
Eu queria uma BMW, mas ando com um carro popular
O leitor ou o ouvinte poderia dizer que gostaria de ter outros escrevendo ou falando em nossos lugares, mas é o que temos para oferecer. A realidade é esta, ler o Júlio Mello e não o Paulo Santana aqui no Riovale, entendem o que quero dizer? A vida é assim, nem tudo que é perfeito está na nossa realidade. Vamos parar de sonhar e viver a nossa realidade.
 
Vamos ajudar e não complicar
Está na hora das pessoas pararem de buscar complicações e começarem a ter atitudes de homem. Ou seja, trabalhar pelo próximo e não só buscar atingir o próximo.
 
Sucesso ao Galo
Não será uma tarefa fácil para o Santa Cruz jogar a Divisão de Acesso, mas creio que o custo beneficio seria pior. Jogar foi a melhor opção. Parar e voltar na Terceira Divisão não seria o ideal. Portanto, o jeito é tentar fazer um bom campeonato mesmo sem ter muita grana para isso. O treinador é bom e trabalha com ardor, por isso merece uma palavra de apoio e não de descrédito. Força aí Sananduva e presidente Tiago.

Assaf com tudo
A Assaf começa 2015 inovando em todas às áreas, inclusive na área de comunicação. Pois tirou da Assoeva uma empresa muito forte nesse meio. Vamos torcer e lutar para que tudo dê certo para eles.