Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3
Pinheiral leva o bicampeonato no Futebol Sete Master da Lifasc
ESPORTES - Equipe derrotou o Linha Santa Cruz na decisão, por 4x3 de virada, em partida eletrizante
De camisa branca, o Brasil vence na estreia
ESPORTES - Seleção fez 3 a 0 sobre a Bolívia pela Copa América
Brique da Praça completa 10 anos de atividades
GERAL
Luizinho Ruas ingressa com projeto que declara Coomcat de utilidade pública
GERAL
Copa Cidade Miller Supermercados tem dois jogos no domingo
ESPORTES - Partidas são válidas pela primeira fase do certame
Santa Cruz do Sul está em estado de alerta
SAÚDE - Com 62 notificações da doença, município realiza ações intensas de combate ao mosquito, mas, a colaboração da população é fundamental
Residencial Bem-Viver: um sonho para a terceira idade
GERAL - Para finalizar as obras do complexo a ajuda de parceiros é necessária
Qualidade e bom atendimento em novo endereço
GERAL
Inscrições para representantes encerram dia 19 de junho
GERAL
Unisc desenvolve atividades na escola José Mânica
GERAL
Florais Quânticos são o tema de curso neste final de semana
GERAL
Predilar: Há 32 anos tornando seu sonho realidade
GERAL
Sincotec-Varp realiza curso intensivo
GERAL
Atitude humana
EDITORIAL
Ter metas desafiadoras é um estímulo para potencializar a gestão do negócio
GERAL

Focando no Esporte com Júlio Mello

Júlio Mello trata de Avenida, Santa Cruz e arbitragem na sua coluna de hoje

Focando no Esporte - Júlio Mello - 24/02/2015

Não pode se pode esmorecer
Sei que o momento não é bom no Avenida e isso todos sabem disso. Contudo, chegou o momento de unir as forças e trabalhar pelo Clube do Povo. Até mesmo os pessimistas e corneteiros de plantão, que gostem ou não, devem raciocinar melhor em seus comentários e pensar positivo para pelo menos não atrapalhar. Não adianta denegrir o clube, a diretoria, comissão técnica ou os jogadores. O momento não é propício para pensamentos negativos, isso só piora o ambiente. Quem quer ajudar deve fazer justamente o contrário, falar que o time não vive bom momento é chover no molhado. O inteligente e o entendido deverá suscitar nos jogadores e comissão técnica um arrojo maior e não o contrário. Creio que labutar com força ainda é o melhor caminho e não a descrença, medo, desconfiança e negatividade. Ainda tem tempo para melhorar e virar o jogo. O Avenida fez assim o ano passado. Quando muitos achavam que não dava, os jogadores mostraram que é bom sempre acreditar. Portanto, se os que acham que devem atirar a toalha, é bom nem comentar sobre o Periquito, já os que sempre acreditam em coisas positivas como este humilde, mas trabalhador jornalista e sempre em prol do povo, coloque fé que o Avenida ainda vai sair desta fase ruim. Eu acredito e boto fé.

Boas arbitragens
Tenho tido a felicidade de participar de todos os jogos do Avenida neste Campeonato Gaúcho e o que é melhor, dentro de campo, bem ao lado de todos os árbitros e assistentes. Quero dizer, que fora a arbitragem do Teixeira, lá em Porto Alegre, as demais tem sido elogiosas. Sou amigo do Diego Real, Anderson Daronco, Francisco Neto, Vinicius Costa, Jonatan Pinheiro, Jean Pierre e do Roger Goulart. Já ganhei as medalhas dos árbitros Leandro Vuaden, Leonardo Gaciba, Márcio Chagas e do Carlos Simon. Agradeço a todos eles pelo carinho e amizade com que eles me tratam nos estádios do nosso Rio Grande. Em Erechim fui novamente bem recebido pelo Daronco, que está em grande fase da carreira. Este merece todo o sucesso que está tendo, pois se trata de um cara humilde e educado com todos. Da mesma forma quero desejar sucesso aos demais, pois as amizades são mais importantes do que qualquer outra coisa.
 
Não foi um bom começo, mas........
Achei certo a ideia do Galo jogar um amistoso logo de cara. Só assim eles irão pegar ritmo de jogo. A derrota neste momento do trabalho pouco vai importar para a comissão técnica. O importante é ver como estão tecnicamente os jogadores. Particularmente vou torcer muito para o sucesso do Romário Scherer, que estava no Lajeadense e é filho aqui da terra. Trata-se de um cidadão do bem. Conheço o seu pai e este também com certeza quer que o seu filho se dê bem na vida através do futebol. Outro é o presidente do clube, um jovem ainda, mas com tudo para dar certo. Não será fácil meu amigo Tiago, o jeito é não esmorecer.
 
Júlio Mello | julio@riovalejornal.com.br