Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3
Pinheiral leva o bicampeonato no Futebol Sete Master da Lifasc
ESPORTES - Equipe derrotou o Linha Santa Cruz na decisão, por 4x3 de virada, em partida eletrizante
De camisa branca, o Brasil vence na estreia
ESPORTES - Seleção fez 3 a 0 sobre a Bolívia pela Copa América
Brique da Praça completa 10 anos de atividades
GERAL
Luizinho Ruas ingressa com projeto que declara Coomcat de utilidade pública
GERAL
Copa Cidade Miller Supermercados tem dois jogos no domingo
ESPORTES - Partidas são válidas pela primeira fase do certame
Santa Cruz do Sul está em estado de alerta
SAÚDE - Com 62 notificações da doença, município realiza ações intensas de combate ao mosquito, mas, a colaboração da população é fundamental
Residencial Bem-Viver: um sonho para a terceira idade
GERAL - Para finalizar as obras do complexo a ajuda de parceiros é necessária
Qualidade e bom atendimento em novo endereço
GERAL
Inscrições para representantes encerram dia 19 de junho
GERAL
Unisc desenvolve atividades na escola José Mânica
GERAL
Florais Quânticos são o tema de curso neste final de semana
GERAL
Predilar: Há 32 anos tornando seu sonho realidade
GERAL
Sincotec-Varp realiza curso intensivo
GERAL
Atitude humana
EDITORIAL
Ter metas desafiadoras é um estímulo para potencializar a gestão do negócio
GERAL

O que fazer?

Focando no Esporte - Júlio Mello - 18/06/2016

Realmente está cada vez mais complicado de fazer esporte em Santa Cruz e principalmente futsal. Esta semana aconteceu o que ninguém esperava, a delegação teve que viajar em carros dos diretores e não em um ônibus como deveria ser o correto. Uma porque a viagem era longa e os jogadores precisavam pelo menos viajar em condições de jogar. Infelizmente entraram em quadra e deu no que deu, ou seja, derrota de 8x0. De quem é a culpa? Claro que alguns podem dizer que os líderes da equipe não fazem por onde e que deveriam usar de uma criatividade maior para buscar receitas. Pode até ser, mas o poder público também tem parcela nisto. A Assaf é um dos clubes de nossa cidade e representa o município em vários lugares deste imenso Rio Grande. Acho que a Prefeitura deveria chamar os seus diretores para se achar um meio termo. Tentar amenizar o sofrimento de toda uma diretoria e comissão técnica. Do jeito que está, não dá mais.

De novo, arbitragem

Dias atrás, eu escrevi sobre o corporativismo das arbitragens brasileiras. E não é que aconteceu justamente o que eu vinha falando, ou seja, os árbitros envolvidos em uma partida deveriam ajudar uns aos outros e não apenas achar que está correta qualquer tomada de atitude do árbitro. O Dunga perdeu o emprego graças ao erro de um árbitro no jogo contra o Peru. O jogador peruano claramente fez o gol da vitória com a mão. O jogo parou por cinco minutos e ninguém, ninguém mesmo teve a capacidade e o discernimento de avisar o árbitro principal de que o gol foi ilegal. Todo um trabalho foi para o beleléu devido ao erro grave de um árbitro e do corporativismo de toda uma equipe de arbitragem. Até quando isso?

A questão não é treinador

Falei antes quando tiraram o Felipão para colocarem o Dunga em seu lugar. Isso já tem dois anos. Vou escrever de novo. Não adianta trocar de treinador em todo momento. O que nos falta é material humano. Não temos mais jogadores que decidem jogos e que são brilhantes individualmente. Ronaldo Nazário, Ronaldinho Gaúcho, Romário, Roberto Carlos, Bebeto, Adriano, Rivaldo, Mauro Silva e tantos outros não jogam mais. Neymar é um falastrão e nunca está quando a seleção mais precisa deste jogador. Não ganhou nada até agora com a Seleção. Não pôde jogar a Copa América, mas o Messi e o Luis Suárez jogaram. Enquanto isso, a estrela do Neymar tomava champanhe com um monte de mulheres. Pode? E tem mais, Tite não é a última bolachinha do pacote. Terá imensas dificuldades no comando da seleção.