Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Seminário Empretec acontece em Santa Cruz do Sul
GERAL - O evento, que está com inscrições abertas, é promovido pelo Sebrae RS e acontecerá de 30/09 a 05/10
Sem meio-campo, Inter agora soma 9 vices nacionais
ESPORTES - Time gaúcho perdeu a Copa do Brasil dentro de casa para o Athletico/PR, campeão inédito do torneio
9ª edição do Open Extreme Brasil enaltece a história das danças urbanas
VARIEDADES - Grandes nomes das danças urbanas do Brasil ministram aulas neste fim de semana
Saúde reforça para o cuidado contra sífilis
SAÚDE
Gravidez na adolescência: número de casos diminui, mas ainda preocupa
GERAL
Semana Municipal de Educação no Trânsito é aprovada pela Câmara
GERAL - Iniciativa é do vereador Alberto Heck (PT) que destaca a destinação de recursos para a realização de uma semana de conscientização por um trânsito mais seguro
Projeto de alunas do Senac Santa Cruz do Sul ajuda na diminuição do uso de sacolas plásticas
GERAL
Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria

Quem ganha fortunas com o golpe

Um Passo a Mais - João Pedro Schmidt - 05/05/2017

O governo Temer é um desastre para o país, mas há quem esteja ganhando fortunas. É impossível dimensionar os ganhos dos grupos empresariais que patrocinaram o golpe, mas há alguns fatos documentados e há estimativas sérias sobre quem são, até agora, os beneficiados pelo golpe. Apresento cinco casos de conhecimento público, que não foram tratados como escândalo pela mídia apesar de sua gravidade. 

Um: 25 bilhões de reais para o Banco Itaú, que foi dispensado há poucos dias pelo CARF (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) de pagar impostos relativos à fusão com o Unibanco (Jornal GGN, 12/04/2017).

Dois: 100 bilhões de reais para a OI e empresas de telefonia, com a aprovação da nova lei de Telecomunicações no Congresso (suspensa pelo STF, mas o governo já fez a sua parte para presentear as teles) (Estadão, 21/12/2016).

Três: 50 bilhões de reais para a petroleira norueguesa Stateoil, que adquiriu o campo de petróleo Carcará por 8,5 bilhões de dólares, o qual vale no mínimo U$ 22 bilhões (blog Tijolaço, 29/07/2016). 

Quatro: 100 bilhões de reais para a petroleira francesa Total, que adquiriu dois campos da Bacia de Santos por 2 bilhões de dólares, que valem entre 33 e 100 bilhões de dólares. (Federação Única dos Petroleiros, 03/04/2017)

Cinco: R$ 2,7 bilhões para a Ultragaz, que adquiriu a Liquigás, pertencente à Petrobras, pelo valor de R$ 2,8 bilhões, considerado irrisório (blog Brasil 247, 11/02/2017).

A soma de apenas estas cinco decisões alcança R$ 277,7 bilhões. Isso mesmo: quase 300 bilhões! Tudo para grandes grupos nacionais ou internacionais.

O olho grande das petroleiras internacionais continua, pois o pré-sal no seu conjunto está avaliado em pelo menos U$ 600 bilhões. Há muitos outros beneficiados. As verbas publicitárias para a Globo, Veja e os jornalões, por exemplo, cresceram notoriamente. Os grandes devedores da Previdência não estão sendo cobrados, e por aí vai.

Aos desavisados a mídia diz que são grandes as cifras de recuperação de valores obtidos pela Lavajato: R$ 10 bilhões em três anos (EBC, 17/03/2017). História pra boi dormir. Apenas o escândalo do Itaú é duas vezes e meia esse valor. Na real, o fato é que agora as raposas cuidam do galinheiro.