Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Seminário Empretec acontece em Santa Cruz do Sul
GERAL - O evento, que está com inscrições abertas, é promovido pelo Sebrae RS e acontecerá de 30/09 a 05/10
Sem meio-campo, Inter agora soma 9 vices nacionais
ESPORTES - Time gaúcho perdeu a Copa do Brasil dentro de casa para o Athletico/PR, campeão inédito do torneio
9ª edição do Open Extreme Brasil enaltece a história das danças urbanas
VARIEDADES - Grandes nomes das danças urbanas do Brasil ministram aulas neste fim de semana
Saúde reforça para o cuidado contra sífilis
SAÚDE
Gravidez na adolescência: número de casos diminui, mas ainda preocupa
GERAL
Semana Municipal de Educação no Trânsito é aprovada pela Câmara
GERAL - Iniciativa é do vereador Alberto Heck (PT) que destaca a destinação de recursos para a realização de uma semana de conscientização por um trânsito mais seguro
Projeto de alunas do Senac Santa Cruz do Sul ajuda na diminuição do uso de sacolas plásticas
GERAL
Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria

Focando no Esporte

Focando no Esporte - Júlio Mello - 12/05/2017

Silvio BarbosaSilvio Barbosa Crédito: Julio Mello

A ideia foi muito boa, mas o público não

Realmente fazer esporte em Santa Cruz é complicado. Primeiro que a falta de apoio é uma realidade, e a segunda é o público. Os eventos esportivos têm tido pouca adesão nos últimos tempos. Vejam o Jogo pela Vida da semana passada nos Plátanos. Pouco mais de 100 pagantes foram até o estádio para ver as estrelas do futebol. E olha que estavam o ex-zagueiro do Inter, o Bolívar, e o ex-goleiro do Grêmio, Danrlei, entre outros. O que pode ter acontecido? Sinceramente faz tempo que venho acompanhando este tipo de fenômeno. Em alguns casos não tem explicação. Para outros casos, as programações não agradam algumas pessoas, e em demais ocasiões, os ingressos não são compatíveis com o evento em si. Em todo caso, este evento nos Plátanos merecia uma maior adesão. Será que foi feito em uma data não propícia? Concorreu diretamente com o jogo do Avenida? Será que fizeram certo em marcar no mesmo dia do jogo do Avenida? Vejam bem: não estou julgando, estou apenas fazendo algumas perguntas para que num futuro possamos, quem sabe, ter um público maior nos eventos.
 
No começo do projeto

O tricolor de Santa Cruz, a Assaf, perdeu fora de casa no meio da semana. Começou com vitória em casa diante do Passo Fundo. Não será uma tarefa fácil para a direção da equipe, pois optou por jogadores feitos em Santa Cruz e não vai contratar ninguém de fora. A Série Prata é dura e terá confrontos de grandes dificuldades. Prova disso foi o jogo de quarta-feira, diante do Salto do Jacuí. Time que tem o Paulinho Cambalhota e o esquerdinha Marcos Adriano. E ainda com um probleminha caminhando junto com as dificuldades, o “apito amigo”. Infelizmente as arbitragens não estão à altura das equipes. A FGFS tem o dever de colocar os melhores para apitar, e não achando que colocar qualquer um para trabalhar é normal. Tanto não é normal que os clubes gastam demais para a montagem e suas equipes.

Os clubes ainda continuam pagando arbitragens e infelizmente não ganham um retorno de qualidade. O correto seria a própria Federação bancar estes custos. Seria apropriado, já que eles não são avaliados da forma correta. Nem punidos são. Erram, continuam errando e fica tudo na mesma. Daqui a pouco estão os mesmos apitando o teu jogo de novo.
 
O “apito amigo” é complicado

No jogo de quarta-feira, em Salto do Jacuí, a arbitragem teve uma importância além do normal. Aliás, em alguns jogos os homens do apito interferem de maneira crucial. E foi justamente o que aconteceu. O jogo estava 3x3 e bem disputado. Quando entrou o “apito amigo” em jogo. O ala Marcionei foi expulso ao fazer falta em Marcos Adriano e, em seguida, um jogador adversário fez a mesma falta e também já tinha cartão amarelo. O que aconteceu? Nada, nada e nada. No final do jogo, o delegado Sérgio Lermen afirmou para este jornalista, que iria relatar para a direção da Agafusa. Não posso duvidar da palavra deste senhor, já que o conheço de longa data. Agora é necessário que haja mais atitude de algumas arbitragens principalmente quando a Assaf joga fora. Pois nestes locais as arbitragens recebem muita pressão.

Um dos mais firmes que já conheci

Não tenho procuração para defender o Silvio Barbosa aqui da Asca de Santa Cruz, mas é um dos mais firmes que já conheci no apito. Ele até pode errar, mas não com medo de A ou B. Eu o conheço e já tem alguns anos. Trata-se de um cara que começou no futebol amador e sempre foi correto em tudo que lidou no meio esportivo. Tem jogador e dirigente de clube que o querem em seus jogos. Porque com ele em campo não tem afago, ou joga ou vai embora tomar banho mais cedo. Infelizmente o corporativismo dos que apitam jogos é uma realidade. No futsal são quatro membros, e no campo são cinco com o delegado do local onde o jogo é realizado. Na verdade, todos eles deveriam se ajudar, mas ocorre o contrário. Quando um deles erra, o outro, em vez de corrigir, segue com o erro. Portanto, vou sempre elogiar quem tem postura e criticar os erros graves destes homens que podem mudar o rumo de uma partida.

 


 

Tchelé está fora do jogoTchelé está fora do jogo Crédito: Julio Mello

Chegou a hora da verdade

No próximo domingo, o Avenida encara o Esportivo lá em Bento Gonçalves na Montanha dos Vinhedos. Estaremos lá para ver mais esta grande partida pelas quartas-de-final da Divisão de Acesso. Depois de ficar em primeiro lugar na fase de classificação, o Periquito pega o quarto lugar da chave B, ou seja, o Esportivo, que tirou o Brasil de Farroupilha. O time deles tem jogadores experientes e com bastante rodagem pelos campos do nosso interior. Sem dúvida que teremos um jogão de bola neste domingo. O primeiro jogo lá, e depois o segundo aqui nos Eucaliptos.

Sem o atacante Tchelé, mas...

O Avenida vai encarar o Esportivo sem o atacante Tchelé, que se lesionou na partida contra o Pelotas. Este entrou bem na equipe. Tem força e uma velocidade fora do normal. Contudo, ele está fora, mas o técnico Fabiano Daitx terá Paulinho Simionato e Willian Ribeiro, totalmente recuperado da lesão na coxa. O grupo é forte e tem totais condições de passar para a semifinal da competição. Paulinho é atacante de força e de boa técnica na hora da finalização, um grande goleador. Já Willian Ribeiro é um inferno para o marcador. Corre como se fosse uma lebre e aí, para pegar, só atirando. Que o digam os seus adversários até o momento. Duas boas alternativas para o treinador.
 


 

Fejão do BocaFejão do Boca Crédito: Julio Mello

E o Inter?

A direção do Inter vai mesmo bancar o treinador Zago neste começo de Série B. O pensamento dos mandatários é de que, se o treinador não for bem nos primeiros jogos, eles mudam. Caso contrário, segue o trabalho deste senhor à frente do Inter. Entendo que este não é o treinador para o colorado subir de divisão.

Bom atacante

Chegou ao Beira-Rio um dos bons atacantes no atual momento do futebol brasileiro. O nome dele é William Pottker, e já chegou fazendo gol no treino de ontem. Com todo respeito aos demais atacantes, mas esse aí é de verdade. Que bom se o Inter pudesse contratar mais um zagueiro, um volante, um meia e mais um para ajudar este que se apresentou.
 
Jogos quentes na Copa Cidade

O final de semana vai ser de arrepiar pela Copa Cidade. Teremos grandes confrontos e clássicos neste final de semana. Até acho que alguns enfrentamentos poderiam ser, na verdade, uma final. Mas campeonato é isso: quando menos se espera, os favoritos se enfrentam antes. Bom Jesus x Boca Juniors é jogão de bola. Me disseram que o Boca tem uma seleção de jogadores. Do outro lado tem um time feito de ótimos jogadores. No lado do Boca tem Fejão e Romarinho, e no Bom Jesus os irmãos Redondo e Marrom. Baita confronto. Quem vence? Eu não sei. Vou assistir de camarote.

 

Redondo do Bom JesusRedondo do Bom Jesus Crédito: Julio Mello