Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Classificada: Seleção vence a Itália
ESPORTES - Time brasileiro feminino avançou para as oitavas de final
Prefeito Telmo Kirst anuncia saída do PP
POLÍTICA
Jaqueline na maior liga do atletismo mundial
ESPORTES - Atleta da AMO participou da Diamond League em Rabat, Marrocos
Maurício Scota conquista 4 ouros nos JUGS
ESPORTES - Nadador está classificado para os Jogos Universitários Brasileiros
Mauá traz três primeiros lugares da primeira etapa do Estadual de Ginástica Rítmica
ESPORTES - Alice Silva, Júlia Furtado e Rafaela Cavalheiro conquistaram títulos nas suas categorias
Câmara aprova criação de comissão processante e escolhe membros
GERAL
Computação na Educação lança material didático nesta terça-feira na Unisc
EDUCAÇÃO
OAB promove palestra: Vamos conversar sobre o racismo?
GERAL
Unidos da Villa e Esmeralda fazem o jogo dos líderes do grupo B
ESPORTES - No domingo, Copa Cidade Miller Supermercados teve vitórias do San Lorenzo e Margarida
Lifasc Sub-18: João Alves se isola ainda mais na liderança
ESPORTES - Equipe derrotou o Aliança por 2x0 neste domingo e mantém-se invicto
DESENVOLVIMENTO REGIONAL: Corede/VRP faz renovação da Assembleia
GERAL - Encontro para a definição dos novos integrantes ocorre no dia 25 de junho, na sala 101 da Unisc
Cursos de Gastronomia e Nutrição da Unisc promovem prática culinária com alunos do Uniama
GERAL
APAE promove Feijoada
GERAL
Educar-se promove novo encontro para famílias
EDUCAÇÃO
Mais de 1,1 mil candidatos realizam o Vestibular de Inverno da Unisc
GERAL
Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3

Desafio aos valentes

Um Passo a Mais - João Pedro Schmidt - 17/06/2017

Este é um desafio aos valentes. Aos que merecem e aos que acham que merecem.

Precisamos urgentemente de valentes para contribuir na política. Segundo opinião generalizada, governantes, parlamentares e seus partidos estão sem credibilidade. É hora de contar com os que estão de “fora”, observando e criticando.

Precisamos de valentes que não se corrompam, que não caiam em tentação quando estiverem no poder. Para isso, devem obter credenciais de bom comportamento: não furar fila, não passar outros para trás nos negócios, pagar os impostos, cumprir as leis de trânsito e as leis justas, educando os outros pelo exemplo, todos os dias. É cansativo, mas é necessário. 

Precisamos de valentes que entendam as regras do jogo político, para fazer melhor que os atuais mandatários. Para isso, devem comprovar que participam de atividades na sua comunidade, em conselhos e conferências de políticas, em reuniões sobre assuntos públicos. É cansativo, mas é necessário.

Precisamos de valentes que saibam identificar as más intenções dos espertalhões. Afinal, é comentário generalizado que Lula e Dilma “deviam saber” o que estava acontecendo na Petrobras e nos órgãos de governo. Por isso, é preciso apresentar comprovante de ciências cultas ou ocultas sobre a sua capacidade de identificar se alguém é um larápio ou se é gente boa. É meio difícil conseguir esse comprovante, mas é indispensável.

Precisamos de valentes que se elejam sem dinheiro de caixa dois, que defendam um imposto adequado para os super-ricos, taxação pesada sobre os lucros dos bancos, a reforma dos meios de comunicação, o empresário produtivo contra os ataques do setor financeiro, o povo contra as reformas do capitalismo selvagem, os municípios contra a concentração de recursos em Brasília, os crentes contra deputados-pastores de má índole. É meio difícil conseguir votos quando se assume esses compromissos, mas é imprescindível.

Se tivermos muitos desses valentes fazendo campanhas vitoriosas a deputado e senador nas eleições de 2018 vamos mudar o país. Vamos poder exigir do Lula, novamente eleito, um mandato melhor que os mandatos de 2003-2010, ou exigir de outro presidente eleito que faça tudo o que não foi feito antes.

A hora da valentia já começou. Você está sendo chamado. Falas inflamadas na mesa do bar, na sala de aula, na roda de amigos não estão resolvendo. O jeito é arregaçar as mangas. E mostrar a valentia na prática.