Edição do dia 19/07/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Domingo tem Brique da Praça
GERAL
Unisc forma 16ª turma de Medicina
GERAL
Stock: Nelsinho Piquet corre pela primeira vez em Santa Cruz do Sul
ESPORTES - Piloto da equipe Texaco Full Time Sports terá experiência inédita neste fim de semana na pista gaúcha
Edição de inverno do curso Escola de formação de professores tem início na Unisc
EDUCAÇÃO
Audiência pública debate alterações no Plano Diretor
GERAL
Quatro cidades gaúchas
VARIEDADES - Quarta temporada de 'O professor pelado' tem reestreia repaginada
Domingo tem etapa da 5ª Olimpíada Rural
GERAL - Esse será o primeiro compromisso oficial das 14 candidatas a soberanas da 35ª Oktoberfest
Copa Seu Verardi
ESPORTES - Uma semana de treinos no Avenida
Rodada desta sexta vai apontar os semifinalistas
ESPORTES
Em jogo duas vagas no mata-mata da Copa CFC Celso
ESPORTES
Assaf joga nesta sexta-feira em Santa Maria
ESPORTES - Jogo foi alterado em virtude do Grenal neste sábado
Stock Car: Quinta etapa é neste final de semana
ESPORTES - Serão dois dias de atividades sem a companhia da Stock Light
Renomada professora do Serviço Social estará em Santa Cruz
GERAL
Novo Cabrais: Escola lança livro de receitas saudáveis
EDUCAÇÃO
Novo Cabrais: Pimenta visita obras e reafirma apoio ao município
GERAL - Deputado federal participou de almoço e conferiu de perto a pavimentação da Avenida Rodolfo Buss
Ascor e Prefeitura planejam nova exposição
GERAL
Colégio Mauá assume gestão da Escola Criança & Cia
EDUCAÇÃO
Prefeitura anuncia restauração do prédio
GERAL - Marcando a decisão, muda de árvore também foi plantada por alunos da rede de ensino municipal

Vida é para se Viver

Valério Garcia - 21/07/2017

Fomos educados somente para a vida, embora saibamos que a única coisa realmente certa para nós, é a morte. Como prepararmo-nos para isso? Será que existe entendimento e aceitação para a morte? A palavra “morte” já nos causa espanto e apreensão. Mas um dia ela chegará; de diferentes formas; em dias não pensados ou calculados.

As religiões têm suas explicações para este fenômeno, sejam elas quais forem. O tamanho de nossa fé e a credulidade que ela nos passa é que fará a diferença em nossa crença. O intrigante é o mistério já que, cientificamente, não se tem provas concretas sobre o que acontece após a morte; se é que acontece algo..

Acredito que teremos outras missões, em outros planos, outras oportunidades para acertos, outras oportunidades para melhorarmos em favor do bem e de outros semelhantes que habitaram o plano físico, assim como nós. Seria mais uma oportunidade para reparar algum mal que tenhamos feito. Aqui não somos perfeitos e com nossos erros devemos aprender cada vez mais, repassando aos nossos pequenos o conhecimento adquirido, para que eles não venham cometer esses mesmos erros num futuro próximo. Mas isto é apenas minha opinião pessoal. 

Mas antes da morte vem a Vida! E o que estamos fazendo para bem vivê-la? Tenho me perguntado isso todos os dias. Principalmente quando vejo o que ocorre em nosso mundo. Por incrível que pareça, tem gente que se aproveita dos infortúnios alheios para tirar proveito. Parece mentira, mas é verdade. A desgraça de muitos pode ser especulada para vantagens de alguns. A que ponto chegou o ser humano para minimizar a vida? Muitas pessoas só pensam em prejudicar seu semelhante para, com isso, ter um benefício próprio. Não medem esforços e não têm escrúpulos para conseguirem o que desejam, seja por bem ou por mal. O problema é que o egoísmo está sempre de mãos dadas com a falsidade e a maldade. Para algum tipo de gente o que interessa mais é a derrota de outros, do que a sua própria vitória. Quantos fatos marcantes já se passaram na vida de muita gente e que não serviu para melhorar, em nada, seus comportamentos. Nos conflitos pessoais, as pessoas deviam colocar-se no lugar do outro antes de tomarem qualquer tipo de decisão, antes de executarem qualquer tipo de atitude. A maior pobreza do ser humano, é a pobreza de espírito!

“É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã... é preciso saber viver...” são refrões de algumas músicas que merecem uma análise mais profunda. Devemos procurar o caminho do bem todo segundo, todo minuto, melhorar sempre que possível pois nunca sabemos quanto tempo ainda nos resta por aqui. O amanhã não nos pertence, o ontem não nos pertence mais, mas o hoje, ah..este sim é nosso, por isso ele é chamado de presente. Vamos valorizá-lo da melhor maneira possível, com as pessoas que estão ao nosso redor e nos querem bem. A vida é muito boa; a gente que, muitas vezes, teima em maltratá-la.

Bom final de semana.