Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente
Noite de comemorar o fim do 34º Enart
VARIEDADES - CTG porto-alegrense e Candeeiro de Vera Cruz levaram os principais prêmios

Em memória do estadista

Osvino Toillier - 14/07/2017

Assisti no sábado à cerimônia de sepultamento do Chanceler Helmut Kohl, da Alemanha, em cerimônia na Catedral de Speyer, com participação de líderes mundiais, em homenagem ao grande líder que conduziu o complexo momento da reunificação das duas Alemanhas.

Sinto-me um pouco testemunha ocular da história, porquanto fui hóspede oficial também da Alemanha Comunista, e vivi as tensões que precederam a queda do Muro de Berlim em 1989, pelo que se ouvia dos dois lados e dos desdobramentos que precederam esse acontecimento histórico em outros países da então Cortina de Ferro.

Para quem se lembra dos tensos momentos da queda do Muro e da Cortina de Ferro e, especialmente, da reunificação das duas Alemanhas, há de reconhecer a importância do momento histórico para a humanidade, que superou com estes acontecimentos do período tenso da Guerra Fria, que nos aproximou perigosamente de um conflito nuclear.

É difícil dizer o que teria não fosse a figura exponencial de Helmut Kohl, que soube fazer alianças, superar ressentimentos e construir pontes inimagináveis anteriormente, como, por exemplo, receber líder da Alemanha Oriental como chefe de estado, vencer a resistência do líder francês e começar a lançar as bases para a aproximação de inimigos históricos.

Foi um resgate histórico à altura da figura maiúscula de Helmut Kohl, o líder europeu que recebeu justa homenagem pelas lideranças mundiais, que escreveu seu nome no panteão dos grandes heróis.

Todo o cerimonial foi tocante, com a presença de altas autoridades mundiais, além de milhares de pessoas que foram reverenciar o líder que consumou um capítulo de história e ajudou a construir uma ponte sobre tempos de intolerância e a tragédia de uma guerra que ceifou milhões de vidas.