Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Tiarayu é o grande campeão do Enart
VARIEDADES - Candeeiro da Amizade, de Vera Cruz, venceu a força B
CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL

O Homem e o Rio

Valério Garcia - 07/07/2017

Quem me conhece sabe da ligação que tenho com a natureza. Me criei para fora, como diz o gaúcho, e desde que nasci tenho contato com o campo. A interação entre os campos, matas, açudes, arroios e rios e seus componentes bióticos nos mostram uma harmonia fantástica, onde só existem problemas quando o homem começa a interferir.

A Natureza mostra para os seres humanos o caminho certo a ser seguido, onde todo o ser vivo tem sua importância e sua influência para a vida, respeitando outros componentesvitais como água, ar, temperatura, minerais entre outros. Essa interação que falamos é que garante a sustentabilidade do Planeta e a consequente manutenção da vida. Desrespeitar tudo isso é como promover nossa destruição. 

Neste final de semana tive a feliz oportunidade de passar a tarde inteira navegando no Rio Jacuí em Cachoeira do Sul, junto de meu pai com seus áureos 76 anos. Me criei pescando e acampando com ele, minha mãe e meus irmãos desde a infância. Fiquei tempo observando o rio e a vida ao seu redor. O rio é como nós, e seu curso como nossa vida.

O rio tem a sua nascente e o seu curso natural. Se bem cuidado e respeitado, terá uma trajetória de vida feliz e saudável, com toda magnitude de vidas ao seu redor: flora e fauna. O rio tem seus momentos de enchentes, assoreamentos, erosões, destruição da mata ciliar, pesca predatória enfim, seus problemas. São as turbulências de sua vida, assim como temos as nossas. Tem seus predadores e os depredadores (são os piores) que teimam em tentar destruí-lo. No nosso dia a dia, infelizmente temos pessoas que nos rodeiam com atitudes semelhantes; vemos isso todos os dias; é uma luta constante do rio e do homem para conseguirem sobreviver.

Mas o rio tem um grande diferencial: o fenômeno da Resiliência. O rio contorna seus obstáculos com maestria, superando-os em sua trajetória. Essa capacidade de adaptação e superação é que deve nos servir de ensinamento. Ser resiliente é ser forte e habilidoso na condução e superação daquilo que quer nos barrar, atrapalhar e impedir para que sigamos em frente. O rio é imponente e quando muito atacado, dá a resposta firme e forte de “querer seguir em frente”! As suas curvas, durante as cheias, abrigam aquilo que não serve para nada, geralmente lixo, mas que servirão de adubo quando ele voltar ao leito normal. Daí o ditado popular: “parece curva de rio: junta só o que não presta.” Outro ensinamento: deixemos para trás aquilo que não acrescenta algo de bom para nós; provavelmente alguém poderá aproveitar, mas que não nos atrapalhe. 

O Rio e o Homem têm muita coisa em comum, a grande diferença é que o primeiro respeita, em muito, o segundo...!

Bom final de semana.