Edição do dia 13/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Expoagro Afubra 20 anos define tema
GERAL
Solidariedade declara apoio a Telmo
POLÍTICA
Saiba como ter desconto especial no IPTU do ano que vem
GERAL
A Hipnose pode auxiliar no autodesenvolvimento de forma eficaz
EMPRESARIAL - Especialista desmistificou tema e apontou benefícios da técnica no Café Empresarial
Reforma Tributária é tema da apresentação de Rigotto em Santa Cruz
GERAL
Dada a largada para a Semana Farroupilha
GERAL - Abertura aconteceu no Parque de Eventos na manhã desta sexta-feira
Fórum atrai dois secretários de Estado a Santa Cruz do Sul
GERAL - Representantes de todas as 28 regiões estiveram na Unisc nessa quinta-feira
Lino e Laila serão tema do Novo Cemai
GERAL
Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?
GERAL
Sessão especial para o ensino médio
VARIEDADES
Estudante de Santa Cruz conquista certificado de excelência internacional
EDUCAÇÃO
RGE instala aquecedores solares nas residências de 150 famílias
GERAL
Embarques devem superar os US$ 2 bilhões
GERAL
Depressão deve ser tratada no início, afirma especialista
ESPECIAIS - Mulheres sofrem de depressão duas vezes mais do que os homens
Tributo a Herb Alpert é hoje
VARIEDADES - Teatro do Mauá recebe apresentação às 20h
Sociedade Ginástica: Jantar Baile marca comemoração dos 126 anos
EMPRESARIAL
Farmácia Municipal reabre na segunda no novo prédio
SAÚDE
Grupo Tholl traz Casinha de Chocolate
VARIEDADES

Ousadia para mudar - 1

Osvino Toillier - 28/07/2017

Tema inspirador do 14º Congresso do Ensino Privado Gaúcho – que reuniu mais de 2.000 participantes, no mês de julho, em Porto Alegre – é  temática que não se resume a um tempo limitado, mas concentra em si um desafio a ser encarado ao longo da vida. Nas circunstâncias da atualidade, é imperativo de sobrevivência.

Não se trata apenas de modernizar as operações, mas a mudança afeta a vida por inteiro, a percepção é de que nada mais prossegue incólume como anteriormente. Somos constantemente desafiados a assimilarmos o novo, desde novas formas de plantio, a produção de mudas, que durante gerações tinha o mesmo procedimento. O que dizer então de processos mais refinados, como produtos que exigem tecnologia avançada, como alimentos, medicamentos, vestimenta, tudo com a preocupação de produtividade e resultados operacionais.

A verdade é que quem ficou plugado no passado não participa do mercado e fica amargando frustração e prejuízo.

Podemos festejar a modernização de processos, como automação na operação de garagens, mas haveremos de reconhecer a consequência: o usuário estaciona o veículo no espaço indicado, leva consigo o tíquete do estacionamento, paga no automático na volta e sai sem a interferência de ninguém. 

E a educação, o que faz com tudo isso? Qual é o conteúdo que resta ao professor trabalhar com seu aluno, munido com o smartphone na mão, com condições de acesso a informações mais atualizadas do que o próprio professor?

Ousar para mudar o quê? O professor certamente não ficará satisfeito apenas com a constatação de desafios, mas ele precisa de respostas para sua atuação, o que esperamos poder trazer na próxima semana, depois do congresso. É desafio para o qual o prezado leitor também fica desafiado.