Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL
Persuasão interna é o caminho para a alta performance
GERAL

Ousadia para mudar - 1

Osvino Toillier - 28/07/2017

Tema inspirador do 14º Congresso do Ensino Privado Gaúcho – que reuniu mais de 2.000 participantes, no mês de julho, em Porto Alegre – é  temática que não se resume a um tempo limitado, mas concentra em si um desafio a ser encarado ao longo da vida. Nas circunstâncias da atualidade, é imperativo de sobrevivência.

Não se trata apenas de modernizar as operações, mas a mudança afeta a vida por inteiro, a percepção é de que nada mais prossegue incólume como anteriormente. Somos constantemente desafiados a assimilarmos o novo, desde novas formas de plantio, a produção de mudas, que durante gerações tinha o mesmo procedimento. O que dizer então de processos mais refinados, como produtos que exigem tecnologia avançada, como alimentos, medicamentos, vestimenta, tudo com a preocupação de produtividade e resultados operacionais.

A verdade é que quem ficou plugado no passado não participa do mercado e fica amargando frustração e prejuízo.

Podemos festejar a modernização de processos, como automação na operação de garagens, mas haveremos de reconhecer a consequência: o usuário estaciona o veículo no espaço indicado, leva consigo o tíquete do estacionamento, paga no automático na volta e sai sem a interferência de ninguém. 

E a educação, o que faz com tudo isso? Qual é o conteúdo que resta ao professor trabalhar com seu aluno, munido com o smartphone na mão, com condições de acesso a informações mais atualizadas do que o próprio professor?

Ousar para mudar o quê? O professor certamente não ficará satisfeito apenas com a constatação de desafios, mas ele precisa de respostas para sua atuação, o que esperamos poder trazer na próxima semana, depois do congresso. É desafio para o qual o prezado leitor também fica desafiado.