Edição do dia 17/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Atividades na rede municipal são oferecidas no período das férias
GERAL
Distribuição de fraldas em novo endereço
GERAL
Salário mínimo sobe para R$ 1.045
ECONOMIA - Reajuste decorre da inflação mais alta em 2019
Doces que empoderam mulheres e combatem o trabalho infantil
VARIEDADES
Banco de Móveis já contabiliza mais de duas mil doações
GERAL
Pedido de aposentadoria
GERAL - Passados seis meses de espera, segurado pode exigir agilidade na Justiça
Portas Abertas já realizou 11.064 atendimentos
SAÚDE
Saiba como retirar medicamentos na farmácia de Monte Alverne
SAÚDE
Iniciam as obras do posto de saúde sustentável
SAÚDE - Primeira unidade do Brasil começou a tomar forma na última terça-feira
Tarifa adicional de cheque especial não será cobrada
ECONOMIA
Saúde estuda redistribuição de incentivos estaduais para hospitais
SAÚDE
IPE Saúde amplia pagamentos assistenciais para 2020
SAÚDE
Vacina pentavalente já está disponível em Santa Cruz
SAÚDE
Porto Verão Alegre 2020 passa em Santa Cruz do Sul
VARIEDADES
The Wailers volta ao Rio Grande do Sul
VARIEDADES - Após quatro anos desde o último espetáculo, banda jamaicana retorna tocando os maiores sucessos
Veja onde será a próxima feira de adoção
GERAL
Principais solicitações pelo WhatsApp da Prefeitura
GERAL
Prefeitura nos Bairros
GERAL

O Homem e o Sonho

Valério Garcia - 09/06/2017

Desde a nossa tenra idade temos sonhos. Na verdade o homem é um eterno sonhador porque está sempre à procura de algo novo, desafios novos. 

Quando crianças nossos sonhos tem uma conotação mais singela, mas nem por isso são mais ou menos importantes. É um brinquedo novo, um passeio, uma viagem ou algo assemelhado. Lembro quando ganhei meu primeiro radinho de pilha: tinha uma capa vermelha e um sintonizador manual onde acendia uma luzinha no dial quando o sinal de alguma rádio era captado. Funcionava somente em módulo AM. Nossa, caminhei o quarteirão inteiro ao redor da minha casa com ele ligado e o volume no máximo. Queria mostrar para meus amigos, afinal os sonhos são para serem compartilhados. Foi fruto da promessa de “passar de ano” com boas notas, a meus pais. 

Todo sonho para ser materializado, conquistado, tem o seu preço; mas o sonho em si, não!

O tempo vai passando e o tamanho de nossos sonhos parecem que vão aumentando. Os brinquedos vão sendo substituídos por carros, casas, e outros bens materiais com valores bem diferenciados daqueles do nosso tempo infantil. Então começamos uma busca constante pelo trabalho, afinal de contas, se não tivermos o famoso dinheiro, nossos sonhos se dissiparão como nuvens ao vento. Mas sonhamos somente com coisas materiais? Quero acreditar que não.

Os sonhos realizados, com maior alegria e felicidade em nossas vidas, certamente não têm preço! Pense em alguma coisa que você tem e que não venderia ou trocaria por nada desse mundo. Com certeza você analisando com calma, encontrará várias! Não podemos compactuar com a ideia de que tudo tem um preço, um valor quantitativo, mensurável. Os sentimentos só podem ser sentidos, nunca aferidos.

Um dos grandes problemas do homem, na atualidade, é que ele quer comprar o próprio homem com valores materiais. Esquece-se que o caráter e tantos outros valores humanistas jamais deverão ser comprados ou vendidos. Infelizmente alguns corruptos o vendem, e outros o compram, mas se existem corruptos, é porque existem corruptores; ambos são “gente do mesmo tipo”. 

Agora, mais do que nunca, precisamos de mulheres e homens sonhadores que, por dinheiro algum vendam os seus sonhos e nos tragam a esperança de um mundo melhor e mais justo, para nós e nossos filhos. 

Bom final de semana!