Edição do dia 21/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Série Ouro de Futsal: Assaf perde primeira como mandante
ESPORTES - Tricolor jogou em Vale Verde e foi derrotado por 5x3
Copa Cidade Miller define os playoffs
ESPORTES - Competição encerrou a fase classificatória
Aliança goleia São José e cresce na Copa CFC Celso
ESPORTES - Mobilização é pela realização da primeira etapa da Olimpíada Rural, no próximo domingo
Troca de mensagens: Sergio Moro adia ida à Câmara
POLÍTICA - Ministro viajou para os Estados Unidos no último fim de semana e não comparecerá à audiência pública
Seleção feminina cai na prorrogação diante da França
ESPORTES - Brasil foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo
Avenida perde nos pênaltis e está fora da Série D
ESPORTES - Caxias classificou-se dentro dos Eucaliptos com vitória nas penalidades por 6 a 5
Brasil goleia Peru e jogará quartas de final na Arena do Grêmio
ESPORTES - Time brasileiro ficou com o primeiro lugar do Grupo A da Copa América
Copa Cidade tem três jogos no final de semana
ESPORTES - Rodada conta com os últimos confrontos da fase classificatória
Patinação: Copa XLise e Festival 25 anos movimentam Poliesportivo
ESPORTES - Evento ocorre neste sábado e movimenta patinadores de todo o Estado
Mais de 10 mil peças para aquecer os cabraisenses
GERAL - Distribuição das roupas arrecadadas ocorreu nesta terça-feira (18) para centenas de famílias moradoras de Novo Cabrais
Lixo eletrônico será recolhido na terça
GERAL - Mutirão da prefeitura vai passar por todas as localidades para coletar os materiais e dar o destino correto aos mesmos
Ipiranga leva a livre e Associação conquista o veterano
ESPORTES - Novo Cabrais conheceu os campeões do municipal de futebol sete, na última sexta-feira, no Centro Desportivo Municipal
Bela Vista e Flamengo jogam nesta sexta
ESPORTES
Copa Feminina: Brasil pega a França
ESPORTES
Série Ouro: Assaf faz parceria e vai jogar em Vale Verde
ESPORTES
Copa América: Diante do Peru, tentativa de reação
ESPORTES - Seleção Brasileira passa por fase de incertezas. Em 1989, time superou dificuldades
São Martinho é campeão em Monte Alverne
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida precisa de vitória simples
ESPORTES - Torcida deverá lotar o Estádio dos Eucaliptos, domingo, às 16h, contra o Caxias, valendo classificação

Maluf e seu legado

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 02/06/2017

Na semana passada o Supremo Tribunal Federal condenou o deputado federal Paulo Maluf à pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias. Maluf talvez seja o último dos moicanos que descendem do não menos famoso político paulista Ademar de Barros, que nas décadas de 50/60, tinha em sua fama a frase “rouba mas faz”.

A sentença do STF parece que encerra finalmente a saga deste político que nos últimos quarenta anos sempre esteve presente na cena política nacional, sendo prefeito, governador e deputado federal, sem falar que em 85 disputou com Tancredo Neves a Presidência da República no colégio eleitoral. Nos últimos tempos Maluf vinha se vangloriando que não havia sido citado no mensalão e na Lava Jato, fato que aliás deixou de certa forma a nação estarrecida, pois não há explicação plausível para que isto tenha ocorrido, talvez tenha sido a prudência e experiência de velho matreiro que conhece os atalhos do submundo da corrupção.

Em São Paulo, Maluf criou o ex-prefeito Celso Pitta, que teve uma história política muito controversa, tendo se envolvido em vários atos de corrupção que o levaram para a prisão, o que não abalou a caminhada de seu criador, que apesar de ser processado em várias ações, sempre alegava em sua defesa a total inocência, e diga-se, até com certo grau de ironia, tanto é que inclusive virou personagem de um programa televisivo de humor.

Por isto tudo, a condenação de Maluf tem um peso simbólico para a nação, pois sinaliza o fim de uma geração de políticos que o País forjou no século passado, que tinham uma certa aura de intocáveis, onde seu poder ultrapassava os limites do mundo republicano, estando acima do bem e do mal.

Talvez seja tardia a punição imposta neste momento, mas é extremamente emblemática, principalmente em um momento em que processos judiciais são decididos em meses, não é mais aceitável que ações que tramitam por décadas no Judiciário deixem de ser julgadas em razão do nome das partes.