Edição do dia 17/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Atividades na rede municipal são oferecidas no período das férias
GERAL
Distribuição de fraldas em novo endereço
GERAL
Salário mínimo sobe para R$ 1.045
ECONOMIA - Reajuste decorre da inflação mais alta em 2019
Doces que empoderam mulheres e combatem o trabalho infantil
VARIEDADES
Banco de Móveis já contabiliza mais de duas mil doações
GERAL
Pedido de aposentadoria
GERAL - Passados seis meses de espera, segurado pode exigir agilidade na Justiça
Portas Abertas já realizou 11.064 atendimentos
SAÚDE
Saiba como retirar medicamentos na farmácia de Monte Alverne
SAÚDE
Iniciam as obras do posto de saúde sustentável
SAÚDE - Primeira unidade do Brasil começou a tomar forma na última terça-feira
Tarifa adicional de cheque especial não será cobrada
ECONOMIA
Saúde estuda redistribuição de incentivos estaduais para hospitais
SAÚDE
IPE Saúde amplia pagamentos assistenciais para 2020
SAÚDE
Vacina pentavalente já está disponível em Santa Cruz
SAÚDE
Porto Verão Alegre 2020 passa em Santa Cruz do Sul
VARIEDADES
The Wailers volta ao Rio Grande do Sul
VARIEDADES - Após quatro anos desde o último espetáculo, banda jamaicana retorna tocando os maiores sucessos
Veja onde será a próxima feira de adoção
GERAL
Principais solicitações pelo WhatsApp da Prefeitura
GERAL
Prefeitura nos Bairros
GERAL

Precisamos de Paz

Valério Garcia - 12/05/2017

Estamos vivendo em um mundo onde os aspectos materiais estão se sobrepondo aos pessoais. A banalização do ser humano é cada vez maior, já que ele parece estar perdendo importância para a tecnologia. 

Problemas de saúde como a ansiedade, angústia, depressão, stress e outros tantos males que antigamente não conhecíamos muito bem, estão tomando conta das pessoas, lotando os centros de saúde. As pessoas estão acordando e, ao invés de agradecer pelo fato de estarem vivas, relutam em sair da cama para continuarem vivendo. Esquecem da importância e da cumplicidade que têm com seus familiares e amigos. Teimam em reclamar de tudo e de todos!

O ser humano é essencialmente um ser social. Precisa do convívio com seu semelhante para desenvolvimento de suas habilidades. Não existe uma pessoa “tão pequena” que não possa ajudar, nem “tão grande” que não necessite de ajuda. Morremos aprendendo e ensinando.

Atualmente estamos passando por um processo de mudanças em todas as esferas de nosso planeta. Mudanças climáticas, políticas, religiosas, sociais, enfim, várias etapas que terão suas consequências imediatas ou a longo prazo. Todas elas farão parte de nossas vidas pelas próximas décadas. 

Quando assistimos pessoas deixando tudo para trás, inclusive suas famílias, pessoas passando fome, pessoas doentes sem um leito, filhos sem seus pais, pais sem seus filhos, gente falando em guerra, guerra matando gente, homens querendo ser Deus, e Deus cada vez mais longe dos homens, começamos a perder o verdadeiro sentido da vida. Precisamos urgentemente de Paz, e ela só virá acompanhada de amor e compreensão no coração das pessoas. Ela só virá com indulgência, muita paciência e sabedoria. Antes de fazer um julgamento, devemos nos colocar no lugar da outra pessoa. Tratar o semelhante como gostaríamos de ser tratados.

O ser humano esquece que certo nesta nossa vida só tem uma coisa: a morte. Um dia, tudo aquilo que juntamos durante toda nossa existência terrena, não valerá nada para nós. Todos habitaremos o mesmo lugar e ali até hoje a tecnologia não vale e não valerá nada. 

Vamos buscar incessantemente a felicidade, vivendo cada dia em constante reconciliação conosco e com nosso semelhante. Vamos procurar a mudança primeiro, em nós mesmos; vamos irradiar paz e amor como pediam aqueles amigos de antigamente.

A PAZ depende somente de nós, seres ditos humanos.

Bom final de semana.