Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

A primogenitura por um prato de lentilhas

Osvino Toillier - 29/04/2017

A luta pela preservação da filantropia foi vencida no primeiro round, com a exclusão das entidades beneficentes no relatório do Deputado Arthur Maia. A atuação direta na Câmara dos Deputados, com destacada liderança gaúcha junto aos Deputados e Senadores, com presença diária nas audiências e debates, fornecimento de informações sobre o quadro educação, assistência social e educação, produziu efeito.

A primeira percepção junto aos parlamentes foi de que pouco sabiam sobre a relevância da atuação das entidades beneficentes, abastecidos por dados pelos nossos adversários, com afirmações equivocadas e distorcidas.

Com gigantesca mobilização, produção de documentos e dados efetivos da atuação das entidades filantrópicas – com pesquisa por empresa altamente conceituada no setor, à luz de dados colhidos nos ministérios – passamos a ser ouvidos com mais respeito, gerando pronunciamentos favoráveis de deputados e senadores, com estratégias de mobilização cada vez mais robustas. Assistimos à apresentação do relatório na quarta-feira da semana passada, sem referência à filantropia, o que foi o máximo com que poderíamos ter sonhado.

Para que se tenha ideia da importância desta vitória, é preciso dizer que, apesar de a causa ser considerada perdida por muita gente até do nosso setor, a reversão aconteceu. O relator havia nos prometido que pouparia as entidades beneficentes, mas, na noite anterior à apresentação do relatório, descobriu-se que o texto do relatório penalizaria a filantropia, quando então entraram em campo os guardas palacianos, e o cenário mudou...

A figura bíblica da troca da primogenitura pelo prato de lentilhas – referência a Esaú e Jacó – é perfeita para o caso, por tentar-se confundir imunidade constitucional por isenção, definida em legislação ordinária e, portanto, alterável a qualquer momento.

Convém não desmobilizar a vigilância das entidades e dos guardas palacianos, porque ganhamos apenas a primeira batalha!