Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Unisc divulga listão dos aprovados no Vestibular de Inverno
GERAL
Classificada: Seleção vence a Itália
ESPORTES - Time brasileiro feminino avançou para as oitavas de final
Prefeito Telmo Kirst anuncia saída do PP
POLÍTICA
Jaqueline na maior liga do atletismo mundial
ESPORTES - Atleta da AMO participou da Diamond League em Rabat, Marrocos
Maurício Scota conquista 4 ouros nos JUGS
ESPORTES - Nadador está classificado para os Jogos Universitários Brasileiros
Mauá traz três primeiros lugares da primeira etapa do Estadual de Ginástica Rítmica
ESPORTES - Alice Silva, Júlia Furtado e Rafaela Cavalheiro conquistaram títulos nas suas categorias
Câmara aprova criação de comissão processante e escolhe membros
GERAL
Computação na Educação lança material didático nesta terça-feira na Unisc
EDUCAÇÃO
OAB promove palestra: Vamos conversar sobre o racismo?
GERAL
Unidos da Villa e Esmeralda fazem o jogo dos líderes do grupo B
ESPORTES - No domingo, Copa Cidade Miller Supermercados teve vitórias do San Lorenzo e Margarida
Lifasc Sub-18: João Alves se isola ainda mais na liderança
ESPORTES - Equipe derrotou o Aliança por 2x0 neste domingo e mantém-se invicto
DESENVOLVIMENTO REGIONAL: Corede/VRP faz renovação da Assembleia
GERAL - Encontro para a definição dos novos integrantes ocorre no dia 25 de junho, na sala 101 da Unisc
Cursos de Gastronomia e Nutrição da Unisc promovem prática culinária com alunos do Uniama
GERAL
APAE promove Feijoada
GERAL
Educar-se promove novo encontro para famílias
EDUCAÇÃO
Mais de 1,1 mil candidatos realizam o Vestibular de Inverno da Unisc
GERAL
Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé

Como pode?

Osvino Toillier - 14/04/2017

Como pode a gente ter-se perdido tanto, que já não encontra o caminho de volta? Sociedades ordeiras, organizadas, com educação primorosa, valores sólidos, princípios indiscutíveis e assumidos por todos, estão à mercê de brutalidades em seu território, como se estivéssemos realmente em guerra!

O mundo está se armando até os dentes, como forma de se proteger minimamente, com câmeras espalhadas em todos os cantos, a fim de capturar a imagens dos criminosos. E mesmo assim, os bandidos invadem, principalmente as pequenas e desguarnecidas cidades do interior, explodem caixas eletrônicas, metralham os carros das forças de segurança, e não poucas vezes os transformam em reféns e como escudos humanos.

Isto é vida? Com certeza não é! Perdemos a guerra contra os bandidos como nas favelas do Rio de Janeiro, apenas para citar um exemplo. Já não há policiamento nem forças de segurança capazes de conter o contingente de bandidos que são comandados de dentro das cadeias para praticarem toda sorte de atos criminosos.

Acreditávamos na utopia de sermos capazes de criar uma sociedade sem vandalismos, com garantia de educação, respeito às pessoas e à propriedade, ao espaço de brinquedo das crianças e diversão dos jovens, enfim, ao ir e vir sem risco.

Já vivemos esse tempo em nosso país, em que se podia sentar na frente de casa, visitar os vizinhos à noite para fortalecer vínculos de amizade. Não poucas vezes, saíamos de casa, esquecendo a chave na porta. Se é que havia chave!

Também no interior, trancamo-nos dentro de casa, a fim de não nos expormos a riscos e ficamos confinados, em contato apenas com nossas conexões virtuais, única forma de “conversar” com alguém, cercado de cercas eletrônicas e alarmes.

O que vamos responder às crianças quando perguntarem por que não podem brincar na praça, andar na calçada? Ou procurar os ovinhos de Páscoa como fazíamos? Felizmente em outros países não é assim. Felizes das crianças que podem crescer neste cenário!