Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Jaqueline na maior liga do atletismo mundial
ESPORTES - Atleta da AMO participou da Diamond League em Rabat, Marrocos
Maurício Scota conquista 4 ouros nos JUGS
ESPORTES - Nadador está classificado para os Jogos Universitários Brasileiros
Mauá traz três primeiros lugares da primeira etapa do Estadual de Ginástica Rítmica
ESPORTES - Alice Silva, Júlia Furtado e Rafaela Cavalheiro conquistaram títulos nas suas categorias
Câmara aprova criação de comissão processante e escolhe membros
GERAL
Computação na Educação lança material didático nesta terça-feira na Unisc
EDUCAÇÃO
OAB promove palestra: Vamos conversar sobre o racismo?
GERAL
Unidos da Villa e Esmeralda fazem o jogo dos líderes do grupo B
ESPORTES - No domingo, Copa Cidade Miller Supermercados teve vitórias do San Lorenzo e Margarida
Lifasc Sub-18: João Alves se isola ainda mais na liderança
ESPORTES - Equipe derrotou o Aliança por 2x0 neste domingo e mantém-se invicto
DESENVOLVIMENTO REGIONAL: Corede/VRP faz renovação da Assembleia
GERAL - Encontro para a definição dos novos integrantes ocorre no dia 25 de junho, na sala 101 da Unisc
Cursos de Gastronomia e Nutrição da Unisc promovem prática culinária com alunos do Uniama
GERAL
APAE promove Feijoada
GERAL
Educar-se promove novo encontro para famílias
EDUCAÇÃO
Mais de 1,1 mil candidatos realizam o Vestibular de Inverno da Unisc
GERAL
Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3
Pinheiral leva o bicampeonato no Futebol Sete Master da Lifasc
ESPORTES - Equipe derrotou o Linha Santa Cruz na decisão, por 4x3 de virada, em partida eletrizante
De camisa branca, o Brasil vence na estreia
ESPORTES - Seleção fez 3 a 0 sobre a Bolívia pela Copa América

Sociedade enferma

Osvino Toillier - 24/03/2017

É impressionante o grau de desestruturação a que chegou a sociedade brasileira atualmente, a ponto de não termos mais vontade de ligar a televisão, porque só vemos tragédia, relatos dramáticos, por conta da violência que se apossou de todos nós.

O que as autoridades fazem é tentar provar, através de estatísticas, que a violência está diminuindo, trazendo mais policiais da força nacional e transferindo do interior para a Capital mais PMs, fragilizando a proteção da população das pequenas cidades para fortalecer os órgãos de segurança da grande região urbana, onde a violência se tornou dramática.

Cabe perguntar: o que aconteceu conosco? Será apenas culpa do atual governo? Por que nos fragilizamos a tal ponto, que temos medo de sair de casa? Perdemos o respeito ao ser humano, à vida? Na verdade, tornamo-nos cada dia mais selvagens!

A conclusão parece óbvia: abandonamos há muito os mais elementares princípios e valores, descuidamo-nos da educação das crianças e jovens, substituímos o ser pelo ter. É por isto que se mata por um celular, por uma jaqueta de couro, que o bandido quer dar à namorada.

Não há remédio que possa resolver tão grave enfermidade! Não há solução a curto prazo. Deixamos o organismo adoecer demais, a doença tomou conta do corpo todo, e nem poderosa quimioterapia vai resolver o problema. Nem proliferação de prisões, nem ampliação da força de segurança, apenas a retomada de valores e princípios fundamentais para recuperar o direito de sentar novamente na frente de casa, o trânsito nas calçadas e o direito de crianças brincarem nas praças.

É a reconstrução do tecido social semelhante ao pós-guerra, quando só havia uma saída: juntar os destroços para abrir as ruas e minimamente organizar os espaços para sobreviver e reconstruir os ambientes para moradia novamente.

Não há solução mágica. É preciso humildade dos governantes para um grande pacto com a sociedade e começar tudo de novo, ouvindo a voz dos sábios.