Edição do dia 06/12/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Operação Papai Noel começa na próxima Terça-feira
GERAL - A novidade é a implantação da uma base móvel, equipada com câmeras, computadores e outros dispositivos de segurança
Multi Espaço VIA 9: cultura, educação e um bom café
GERAL - O local conta com loja de artesanatos e realiza diversos eventos e atividades
Neste sábado tem Prefeitura nos Bairros
GERAL
Feira do Livro de 2020 será em maio
GERAL - Patrona, Homenageado e Personalidade Incentivadora da Leitura foram divulgados nesta sexta-feira
Secretaria de Cultura registra 172 entes e agentes culturais
POLÍTICA - Cadastro havia sido fechado em agosto, mas foi reaberto no mês passado
Força-Tarefa fiscaliza supermercado no centro
GERAL - Ação realizou a segunda operação do grupo em Santa Cruz nesta semana
Campanha realiza exames preventivos gratuitos de câncer de pele neste sábado
SAÚDE - Os atendimentos acontecem das 9h às 15h, no Ambulatório do COI do Hospital Ana Nery
Greve do Magistério atinge mais de 1,5 mil escolas
EDUCAÇÃO - Com 80% de participação da categoria, a greve é considerada histórica
Economista dá dicas para utilizar o 13ºsalário
ECONOMIA - O pagamento é uma oportunidade para colocar as finanças em dia, afirma Silvio Cezar Arend
Cartório ainda aguarda mais de 30 mil para recadastramento biométrico
GERAL
Inscrições abertas para o Educar-se nas Férias 2020
EDUCAÇÃO
Alta no preço da carne resulta no aumento da Cesta Básica
ECONOMIA
Saiba os dias de abertura do comércio neste Natal
GERAL
Novo Cabrais: Bryan é mais um ganhador da promoção
GERAL
Novo Cabrais: Escolinha ACF é campeã geral da Uef Cup
ESPORTES
Abertura da Christkindfest acontece hoje
VARIEDADES - Programação se estende até o dia 22 de dezembro, com atividades artísticas e culturais e Casa do Papai Noel
Storch Contabilidade conta com novas e modernas instalações
GERAL
Novo Cabrais: Proerd forma 34 alunos
GERAL

Reformas na Educação

(Reedição completa)

Valério Garcia - 17/03/2017

Certamente o amigo leitor já passou por algum tipo de reforma em sua vida. Deve ter acompanhado reformas na previdência, em planos de seguros, em estatutos de agremiações esportivas, enfim, até por grandes obras em sua residência ou de algum familiar. Não é uma tarefa simples e exige, sobretudo, a presença de profissionais ou pessoas que entendam do assunto. Acredito que jamais deverei reformar uma casa, por exemplo, sem a consulta e o aconselhamento de um engenheiro. Sem a presença de uma equipe com experientes e competentes pedreiros, a chance da perda de tempo e dinheiro é iminente. 

Estou falando acima de fatores e bens materiais. Se não der certo, derrubo e procuro fazer de novo. Tijolos, cimento, areia, não têm vida, não têm emoções, não pensam e não fazem pensar. Não devem ficar fora do prumo, mas mudar o rumo de algum município, estado ou país, certamente não mudarão. 

Já com a Educação, que lida diretamente com gente, as coisas são bem diferentes. Através dela é que haverá a formação acadêmica daqueles que serão e farão o futuro, de futuras gerações. Concordo que devemos procurar alternativas de mudanças para sua consequente melhoria. Agora propor essas mudanças sem consultar os protagonistas da Educação que são os profissionais que nela atuam, é tentar a cura de uma doença, sem a presença de um médico. Professores, pedagogos, funcionários, alunos e a comunidade escolar são protagonistas, não podem ser coadjuvantes ou meros espectadores. A Escola é uma instituição em movimento e de permanente reconstrução de ideias, onde o conhecimento é aperfeiçoado com a discussão constante dos diferentes saberes. Não existe disciplina ou área mais ou menos importante. Todas devem estar em sintonia para facilitar o processo de aprendizagem dos alunos, que é o foco principal da educação.

Se já comentamos, em outras oportunidades, que estamos carentes de humanização nas escolas e famílias, como retroceder nas disciplinas de Filosofia e Sociologia que tratam, entre tantos assuntos, sobre a história presente e passada da humanidade? Se a interdisciplinaridade e transdisciplinaridade tornam a sala de aula mais eclética e atraente, como diminuir Educação Artística que é uma excelente ferramenta neste processo? Nossa longevidade aumenta e o sedentarismo é nosso grande inimigo. A Educação Física que deveria estar presente desde a educação infantil com profissionais especializados, até a educação superior, para uma melhor qualidade de vida do nosso corpo e consequentemente, do nosso dia a dia, parece estar sendo legada a um segundo plano. Citei apenas alguns exemplos mas, tenho certeza, que os profissionais de outras áreas enumerariam centenas, com muito mais propriedade e fundamentação.

Vivemos “tempos bicudos” como escrevia Mário Quintana. O importante é que os Profissionais da Educação e seus órgãos representativos estejam atentos a essas pretensas mudanças que podem trazer resultados dúbios na formação de nossos filhos. Não desanimemos colegas pois: “Antes a dor de não ter vencido, do que a vergonha de não ter lutado.” 

Bom final de semana.