Edição do dia 20/08/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Lançamento da 32ª edição acontece hoje à noite
VARIEDADES - Com o tema Literatura em Rede, a Feira do Livro ocorre entre os dias 4 a 10 de setembro na Praça Getúlio Vargas
Aula inaugural marca início da primeira turma da Escola de Gestão
GERAL
Missão em Israel é tema de aula inaugural na Unisc
ECONOMIA
1º Seminário Desafios do Empreendedor ocorre em Santa Cruz do Sul
GERAL - O evento será realizado dia 29 de agosto, no Hotel Charrua
Santa Cruz receberá desafio de carros superesportivos
GERAL - Encontro ocorre no feriado, de 7 de setembro, no Aeroporto Luiz Beck da Silva, em Linha Santa Cruz. Provas reunião carros superesportivos de alto desempenho
Professor da Unisc lança documentário sobre cicloviagem na Carretera Austral
GERAL
Entenda a guerra contra o cigarro no Brasil
GERAL - Tentativas frustradas de favorecer o setor e impasses judiciais têm causado preocupação
Hidroginástica: Sesc oferece aulas em parceria com a Raia 7 Centro Aquático
GERAL
Copa HB20: Sena Jr. vence e Roncen chega em 7º
ESPORTES
MB Challenge: Correndo em casa, Fernando Jr. conquista pódio
ESPORTES
Lifasc: Semifinalistas definidos
ESPORTES
Assaf sofre derrota em Venâncio Aires
ESPORTES
Avenida chega na semana de estreia na Copinha
ESPORTES
Cras Integrar do Bairro Bom Jesus realizou formatura de inglês
EDUCAÇÃO
Abertas inscrições para Reunião sobre Plantas Bioativas
GERAL
Palavra puxa Palavra é tema de evento
GERAL
Mais de 900 mil reais serão investidos
GERAL - Valor será aplicado em livros e praça de brinquedos
Rodada aborda a Lei de Proteção de Dados
GERAL

Filantropia, grito de socorro

Osvino Toillier - 17/03/2017

Diante da posição irredutível do relator da Reforma da Previdência, Dep. Arthur Maia, em excluir as instituições educacionais filantrópicas da isenção patronal, por entender que não fazem parte da “seguridade social”, só nos restar partir para gigantesca mobilização a fim de assegurar a continuidade do atual marco legal, que confere isenção às entidades devidamente certificadas pelo CEBAS – Certificado das Entidades Básicas de Assistência Social.

Chegou a hora de mobilização total, incluindo também os beneficiários, já que os dirigentes talvez não sejam mais suficientes para sensibilizar os deputados e senadores a fim de não cometerem o sacrilégio de destruírem o legado histórico que transformou a filantropia no braço de amparo da sociedade.  Na verdade, as entidades filantrópicas substituem o Estado na saúde, assistência social e educação, decorrendo daí a imunidade, condição para isenção previdenciária da parte patronal, convertida em benefícios para os usuários.

É impressionante que um parlamentar como o Dep. Arthur Maia – que deveria ouvir as reivindicações da sociedade – se transforme no algoz do cidadão, submetendo-nos à humilhação de não sermos ouvidos e respeitados nas mais legítimas reivindicações. É lamentável ter que aceitar que o relator se digne em conceder poucos minutos sem muito interesse em ouvir, insistindo que ninguém o demoveria da convicção de que a educação não merece estar contemplada na seguridade social.

Homens de bem, uni-vos! Só nos resta esta opção para derrotar os adversários da filantropia, cujas instituições têm prestado tantos e tão relevantes serviços aos carentes, oportunizando formação e qualificação profissional para construir sentido de vida. Se todos os jovens que estão hoje na marginalidade tivessem passado por uma instituição filantrópica, certamente teriam assimilado valores que os afastariam da criminalidade.

Ainda resta a esperança de que um lampejo de lucidez possa iluminar a mente dos legisladores para se sensibilizarem a fim de que milhares de jovens não sejam jogados na marginalidade devida à perda da isenção das instituições filantrópicas.

Somos portadores de um legado que não permite silêncio. É preciso bradar ao mundo o perigo que ameaça uma obra humanitária em prol dos mais pobres e necessitados.