Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Prefeito Telmo Kirst anuncia saída do PP
POLÍTICA
Jaqueline na maior liga do atletismo mundial
ESPORTES - Atleta da AMO participou da Diamond League em Rabat, Marrocos
Maurício Scota conquista 4 ouros nos JUGS
ESPORTES - Nadador está classificado para os Jogos Universitários Brasileiros
Mauá traz três primeiros lugares da primeira etapa do Estadual de Ginástica Rítmica
ESPORTES - Alice Silva, Júlia Furtado e Rafaela Cavalheiro conquistaram títulos nas suas categorias
Câmara aprova criação de comissão processante e escolhe membros
GERAL
Computação na Educação lança material didático nesta terça-feira na Unisc
EDUCAÇÃO
OAB promove palestra: Vamos conversar sobre o racismo?
GERAL
Unidos da Villa e Esmeralda fazem o jogo dos líderes do grupo B
ESPORTES - No domingo, Copa Cidade Miller Supermercados teve vitórias do San Lorenzo e Margarida
Lifasc Sub-18: João Alves se isola ainda mais na liderança
ESPORTES - Equipe derrotou o Aliança por 2x0 neste domingo e mantém-se invicto
DESENVOLVIMENTO REGIONAL: Corede/VRP faz renovação da Assembleia
GERAL - Encontro para a definição dos novos integrantes ocorre no dia 25 de junho, na sala 101 da Unisc
Cursos de Gastronomia e Nutrição da Unisc promovem prática culinária com alunos do Uniama
GERAL
APAE promove Feijoada
GERAL
Educar-se promove novo encontro para famílias
EDUCAÇÃO
Mais de 1,1 mil candidatos realizam o Vestibular de Inverno da Unisc
GERAL
Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3
Pinheiral leva o bicampeonato no Futebol Sete Master da Lifasc
ESPORTES - Equipe derrotou o Linha Santa Cruz na decisão, por 4x3 de virada, em partida eletrizante

Sagradas origens

Osvino Toillier - 03/02/2017

Eu desejo falar do sentimento que está indelevelmente guardado na memória do meu coração, que é a lembrança da terra, as minhas vivências incríveis na labuta junto com meus pais e irmãos na lavoura e a liberdade da roça. Pode ser vida dura, sacrificada, mas é inegável a magia do contato com a terra, que generosa se abre à semeadura e ao plantio para o sustento daqueles que nela trabalham.

O contato com os animais é outra preciosa vivência que humaniza, verdadeira reverência à vida. Servem os bichos para trabalhar como servem para alimentar. 

Na roça, predomina a amplidão, a gente tem a visão do horizonte. O meu saudoso amigo Rubem Alves diz que “a roça é o lugar onde o vazio é grande. A cidade é o lugar onde o vazio é pequeno. Na cidade a gente olha para fora, e os olhos logo batem num edifício, num muro, nos automóveis. Na cidade a gente vê curto. Na roça, porque o vazio é grande, os olhos veem longe, muito longe: os campos, as matas, as montanhas no horizonte, o sol que morre, a lua que nasce, as estrelas... Que coisa bonita é ver a cortina branca da chuva que vai chegando... Quando o vazio é grande o mundo cresce”.

Não é lindo isso? É preciso falar disso para os jovens que ainda estão no interior para valorizarem este paraíso que é terra e não fiquem sonhando apenas com as luzes da cidade, que fascinam, mas tantos perigos escondem. Tratar da terra é tão nobre quanto a mais graduada função acadêmica. Cuidar da terra tem a dimensão da sacralidade e deveria ter o respeito sagrado de todos. 

Um dos desafios é a gente ensinar aos filhos e netos a sacralidade da terra. Plantei flores e hortaliças com a minha neta maior, e foi uma experiência encantadora para nós dois. Especialmente, depois quando ela pôde fazer a primeira colheita daquilo que normalmente se busca no supermercado.

O retorno às origens, para quem puder fazer, é muito importante e reproduz vivências que certamente vão para a memória do coração, alimentam a imaginação e fortalecem as raízes e as origens.