Edição do dia 18/01/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Taça Kaiser: Bela Vista fez uma bonita apresentação
ESPORTES - Time amador de Santa Cruz do Sul jogou torneio nacional em Curitiba
Abertura da temporada: Atletas elogiam a estrutura do UniCo
ESPORTES - Trabalhos para 2019 do sub-20 iniciam oficialmente nesta terça-feira, dia 22
Lifasc: Pinheiral larga na frente
ESPORTES - Equipe venceu Juventude na rodada de ida da 2ª fase. São José e Rio Pardinho empatam
Avenida estreia com bom empate em Veranópolis
ESPORTES - Próxima partida alviverde no Gauchão será terça-feira, contra o Brasil de Pelotas
Inep divulga resultado do Enem
EDUCAÇÃO
Sicredi atinge marca de 4 milhões de associados
EMPRESARIAL - Com este marco, instituição financeira cooperativa pioneira no Brasil contribui para a expansão do cooperativismo de crédito no País
Prefeitura deve arrecadar mais de R$ 33 milhões
ECONOMIA - Até o momento já foram contabilizados R$ 19,879 milhões dos pagamentos em cota única e primeira parcela
Negociações do preço do tabaco são suspensas
ECONOMIA - Propostas apresentadas ficaram abaixo da variação do custo de produção
Uergs contará com Agroecologia em Santa Cruz
EDUCAÇÃO - Universidade recebe inscrições pelo Sisu de 22 a 25 de janeiro
Cuidados para não cair em uma fria
GERAL - Especialista dá dicas para planejar as férias e evitar aborrecimentos
Índice que mede atividade da economia no Brasil recua em dezembro
ECONOMIA
Confiança do Consumidor avança 12% em 2018
ECONOMIA - Levantamento mostra que 72% dos brasileiros avaliam a economia de forma negativa
Crianças devem acompanhar os pais na compra
GERAL - Consultor financeiro garante que a criança passa a ter noções básicas de educação financeira
Valor da passagem será definido até o fim do mês
GERAL - Sindicato dos Comerciários e UESC protocolaram junto ao MP ofício solicitando providências sobre o reajuste
Como cuidar dos pets no verão
ESPECIAIS - Saiba as principais precauções com os animais nos dias mais quentes
Operação captura membros da facção Os manos
POLÍCIA
Avenida estreia no 'Gauchão raiz'
ESPORTES - Periquito quer iniciar de forma positiva no Estadual, em Veranópolis
Democracia compreende as diferenças
EDITORIAL - A alternância no poder, entre esquerda e direita, é normal no sistema democrático

Sagradas origens

Osvino Toillier - 03/02/2017

Eu desejo falar do sentimento que está indelevelmente guardado na memória do meu coração, que é a lembrança da terra, as minhas vivências incríveis na labuta junto com meus pais e irmãos na lavoura e a liberdade da roça. Pode ser vida dura, sacrificada, mas é inegável a magia do contato com a terra, que generosa se abre à semeadura e ao plantio para o sustento daqueles que nela trabalham.

O contato com os animais é outra preciosa vivência que humaniza, verdadeira reverência à vida. Servem os bichos para trabalhar como servem para alimentar. 

Na roça, predomina a amplidão, a gente tem a visão do horizonte. O meu saudoso amigo Rubem Alves diz que “a roça é o lugar onde o vazio é grande. A cidade é o lugar onde o vazio é pequeno. Na cidade a gente olha para fora, e os olhos logo batem num edifício, num muro, nos automóveis. Na cidade a gente vê curto. Na roça, porque o vazio é grande, os olhos veem longe, muito longe: os campos, as matas, as montanhas no horizonte, o sol que morre, a lua que nasce, as estrelas... Que coisa bonita é ver a cortina branca da chuva que vai chegando... Quando o vazio é grande o mundo cresce”.

Não é lindo isso? É preciso falar disso para os jovens que ainda estão no interior para valorizarem este paraíso que é terra e não fiquem sonhando apenas com as luzes da cidade, que fascinam, mas tantos perigos escondem. Tratar da terra é tão nobre quanto a mais graduada função acadêmica. Cuidar da terra tem a dimensão da sacralidade e deveria ter o respeito sagrado de todos. 

Um dos desafios é a gente ensinar aos filhos e netos a sacralidade da terra. Plantei flores e hortaliças com a minha neta maior, e foi uma experiência encantadora para nós dois. Especialmente, depois quando ela pôde fazer a primeira colheita daquilo que normalmente se busca no supermercado.

O retorno às origens, para quem puder fazer, é muito importante e reproduz vivências que certamente vão para a memória do coração, alimentam a imaginação e fortalecem as raízes e as origens.