Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente
Noite de comemorar o fim do 34º Enart
VARIEDADES - CTG porto-alegrense e Candeeiro de Vera Cruz levaram os principais prêmios

Dez minutos com Deus

Osvino Toillier - 06/01/2017

O Dr. Helio Schainberg é um médico infectologista de São Paulo que cuidou da recuperação da saúde de nossa filha quando ela foi acometida de uma doença autoimune há alguns anos, chamada Síndrome de Evans.

A cada dezembro, ele lembra o segundo aniversário pela recuperação da saúde, depois da grave enfermidade e por cuja superação ele foi responsável, tendo enviado na ocasião uma mensagem que guardamos na memória do coração, afirmando que a pessoa, depois de uma grave doença, deveria celebrar a data da recuperação como o segundo nascimento.

Tive a oportunidade de revê-lo antes do Natal, em seu consultório, quando recordamos alguns momentos dramáticos daquela ocasião e as novas doenças que são os desafios de hoje. 

Foi nessa ocasião que me contou uma história que dá origem ao título deste artigo. Relatou que um velho professor do curso de Medicina costumava dar lições de sabedoria em sala de aula: “Vocês vão ser médicos, em diferentes especialidades, e terão a chance de curar doenças e restabelecer a saúde de pessoas. Nessa ocasião, terão seus dez minutos com Deus, privilégio de poucas profissões. Sentir-se-ão próximos do Criador pela condição de intervir na vida e salvar pessoas da morte. Não se esqueçam de voltar para a planície comum dos mortais e resistam à tentação de ficarem indefinidamente nesta condição, porque correrão o perigo de quererem ser semideuses”.

Que lição de humildade que só os sábios alcançam! Quanta arrogância ao nosso redor que deveria ouvir esta história para entender que nada somos, a não ser um instante e logo murcharemos como a flor que desabrocha de manhã e murcha à noite.

Por que será que o ser humano está permanentemente em busca de poder? Não seria lógico que buscasse a chance de poder servir, optando por uma vida simples, de gratidão por tudo que recebemos ao longo da vida?

Saí do consultório gratificado por ter podido conviver com uma pessoa especial, médico renomado, com milhares de clientes, empenhado em ajudar pessoas na luta para recuperar a saúde, unindo ciência e sabedoria para construir sentido de vida. E, acima de tudo, ensinando comovente lição de humildade e fé no Criador e respeito ao ser humano.