Edição do dia 21/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Série Ouro de Futsal: Assaf perde primeira como mandante
ESPORTES - Tricolor jogou em Vale Verde e foi derrotado por 5x3
Copa Cidade Miller define os playoffs
ESPORTES - Competição encerrou a fase classificatória
Aliança goleia São José e cresce na Copa CFC Celso
ESPORTES - Mobilização é pela realização da primeira etapa da Olimpíada Rural, no próximo domingo
Troca de mensagens: Sergio Moro adia ida à Câmara
POLÍTICA - Ministro viajou para os Estados Unidos no último fim de semana e não comparecerá à audiência pública
Seleção feminina cai na prorrogação diante da França
ESPORTES - Brasil foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo
Avenida perde nos pênaltis e está fora da Série D
ESPORTES - Caxias classificou-se dentro dos Eucaliptos com vitória nas penalidades por 6 a 5
Brasil goleia Peru e jogará quartas de final na Arena do Grêmio
ESPORTES - Time brasileiro ficou com o primeiro lugar do Grupo A da Copa América
Copa Cidade tem três jogos no final de semana
ESPORTES - Rodada conta com os últimos confrontos da fase classificatória
Patinação: Copa XLise e Festival 25 anos movimentam Poliesportivo
ESPORTES - Evento ocorre neste sábado e movimenta patinadores de todo o Estado
Mais de 10 mil peças para aquecer os cabraisenses
GERAL - Distribuição das roupas arrecadadas ocorreu nesta terça-feira (18) para centenas de famílias moradoras de Novo Cabrais
Lixo eletrônico será recolhido na terça
GERAL - Mutirão da prefeitura vai passar por todas as localidades para coletar os materiais e dar o destino correto aos mesmos
Ipiranga leva a livre e Associação conquista o veterano
ESPORTES - Novo Cabrais conheceu os campeões do municipal de futebol sete, na última sexta-feira, no Centro Desportivo Municipal
Bela Vista e Flamengo jogam nesta sexta
ESPORTES
Copa Feminina: Brasil pega a França
ESPORTES
Série Ouro: Assaf faz parceria e vai jogar em Vale Verde
ESPORTES
Copa América: Diante do Peru, tentativa de reação
ESPORTES - Seleção Brasileira passa por fase de incertezas. Em 1989, time superou dificuldades
São Martinho é campeão em Monte Alverne
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida precisa de vitória simples
ESPORTES - Torcida deverá lotar o Estádio dos Eucaliptos, domingo, às 16h, contra o Caxias, valendo classificação

Muros e cercas - 1

Osvino Toillier - 10/02/2017

A demarcação de territórios levou a humanidade a usar diferentes recursos para efetivá-la. As propriedades do interior tinham marcos, que eram cravados no chão, através de pedras ou madeiras de lei. Lembro ter acompanhado meu pai nesta tarefa. Outras eram demarcadas por cercas de pedras ou de arame, mais para dar limites aos animais. Hoje em dia, tais divisas até são feitas por arames eletrônicos para os animais, com pequena descarga elétrica.

Eu cresci com fronteiras abertas, os marcos estavam encravados na terra e eram sagrados. Jamais alguém poderia mexer neles, sem a concordância do vizinho.

A evolução da humanidade parece que levou os povos a definir limites mais rígidos para as fronteiras, e não poucas guerras aconteceram por conta desta definição. Os mapas foram se modificando por conta do desdobramento de conflitos, e somente o bom senso e abolição de mentalidade belicosa foi capaz de serenar ânimos e garantir a paz entre os povos.

Um dos momentos críticos foi a Segunda Mundial com a redefinição das fronteiras na Europa, particularmente na Alemanha, cujo país foi dividido pelos russos e os aliados. Os anos dramáticos foram os que sucederam ao final do conflito, mas o país só ressurgiu graças aos aliados que se retiram do território, embora tivessem lá permanecido com tropas para garantir a hegemonia, diferente dos russos que somente retiraram suas tropas em 1989, com a queda do Muro de Berlim e a derrocada do Império Soviético.

Em 1989, fui hóspede oficial da Alemanha Oriental, a comunista, e pude entender melhor a história. O Muro de Berlim, assim como o conhecemos, durou 28 anos, e foi erguido em 1961, com 162 km de extensão; a divisa entre os dois países foi feita através de cerca dupla de 1.300 km de extensão, sob rígido controle dos alemães orientais, com torres, espaços minados, cães e policiais. Daí surgiu a dita Cortina de Ferro, que isolou os países do bloco soviético do mundo livre.

Temos outros exemplos de fronteiras demarcadas por cercas fechadas como aquela que separa a Coreia do Norte da do Sul, exemplo de intolerância e arrogância, permitindo eventualmente que irmãos se reencontrem. Uma excrescência num mundo sem fronteiras, pensávamos!