Edição do dia 17/11/2017

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Marechal Deodoro estará fechada hoje
GERAL - Via recebe a segunda camada de asfalto nessa segunda-feira
32º Enart recebe 51 mil pessoas
GERAL - Evento encerrou na noite desse domingo com a premiação do CPF Piá do Sul na Força A
CPF Piá do Sul é o grande vencedor do Enart
GERAL - Grupo conquistou o quarto prêmio homenageando Paixão Côrtes e Barbosa Lessa
Lanceiros de Santa Cruz dançou no último bloco
GERAL - Havaneira Marcada, Anú e Roseira foram as danças
CTG Lanceiros de Santa Cruz é o terceiro grupo do Bloco 5
VARIEDADES - Grupo traz a história nos trilhos de Santa Cruz
CTG Lanceiros de Santa Cruz é o terceiro grupo do Bloco 5
VARIEDADES - Grupo traz a história nos trilhos de Santa Cruz
Rincão da Alegria se apresenta no Enart 2017
GERAL - Grupo foi o segundo a se apresentar na manhã desse sábado, 18 de novembro
Enart: dia de classificatórias para o domingo
VARIEDADES - Competições iniciam as 9h deste sábado, no Parque da Oktoberfest
CTG Rincão da Alegria é o segundo grupo deste sábado
VARIEDADES - Entidade leva a modernidade para o campo em sua temática
Enart 2017 tem início em Santa Cruz do Sul
GERAL - O maior encontro de arte amadora da América Latina segue até o domingo no Parque da Oktoberfest
Policiais seguem buscas aos foragidos do Presídio Regional
POLÍCIA
Rombo na previdência é real, diz especialista
POLÍTICA - Situação poderia comprometer investimento em outras áreas importantes
Mais de 1,5 milhão de pessoas farão o Encceja
EDUCAÇÃO - Exame será aplicado neste domingo em todo o país
Portal da campanha antibullying da prefeitura é lançado
GERAL - O objetivo do portal é servir como uma fonte de informações sobre o Bullying e também como espaço para denúncia
No Brasil, falta trabalho adequado para 26,8 milhões de pessoas
GERAL - Informação foi divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE
TSE pede que governo mude início do horário de verão de 2018
GERAL - Motivo é a realização das eleições do próximo ano. Ideia é que o horário de verão comece após o segundo turno da votação
I Mostra de Empreendedorismo Feminino acontece neste domingo
GERAL
Lifasc: Julgamento do recurso do Linha Nova ocorre no dia 21
ESPORTES - Reunião do Conselho de Clubes ocorre na sede do Linha Santa Cruz, a partir das 20h

Ousadia para mudar - 2

Osvino Toillier - 04/08/2017

Terminado o 14º Congresso, os ambientes desfeitos, os estandes desmontados, voltamos à frequência do dia a dia, mas em nossa memória ecoam as provocações dos palestrantes que continuam inquietando os participantes, tentando assimilar imagens e palavras de todos que circularam no palco, a partir do título e até o formato do palco no centro do auditório, rompendo o paradigma habitual, enfim, ruptura completa, inspirado no título: “Ousadia para mudar”.

Qualquer mudança desestabiliza, mas uma vez decidida, não tem como voltar atrás. Cada um de nós vive diversas mudanças de sua vida: umas das mais radicais é mudança de casa, de cidade, de país então nem se fala. São as rupturas radicais, quando se põe tudo em cima do caminhão, fecha a casa antiga e parte sem olhar para trás.

A realidade de hoje desafia a escola a mudar, é imperativo, porque o mudo externo pressiona, impõe-se que não apenas nos modernizemos tecnologicamente, mas incorporemos a pós-modernidade, sem deletar a tradição que nos trouxe até aqui. A pedagoga espanhola Juana Sancho nos ensina que “educação lida com raízes e asas”. Precisamos voar, repensar todo o fazer pedagógico, mas sem jogar fora os valores necessários à formação do ser humano, de respeito à decência.   

Todo o avanço tecnológico de que a humanidade desfruta atualmente não autoriza a nos descuidarmos da sacralidade da vida e dos pressupostos éticos para que encontremos saída para o descalabro político, resultado do descuido com a formação de líderes, hoje em dia voltados para os interesses próprios e pouco para o coletivo da sociedade.

“Ousadia para mudar”, sim, mais para sair do lamaçal em que escorregamos do que encher escolas com tecnologia. É necessário humildade em vez de arrogância, incorporando o legado poético de Adélia Prado: “Senhor, livra-me de ser grande”.