Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

A importância da resiliência

Valério Garcia - 04/08/2017

O que é Resiliência? O que significa esta palavra?

Resiliência deriva-se do latim ‘Resiliens’ que significa ricochetear, pular de volta. É a capacidade de voltar ao estado natural, principalmente após alguma situação crítica e fora do comum. Se pararmos para pensar, é algo de suma importância para nossa vida, para o nosso dia a dia que está cada vez mais difícil e conturbado. Isto deve-se ao fato da pessoas estarem cada vez mais atarefadas e ocupadas nas suas diferentes e distintas atividades pessoais e profissionais.

As relações interpessoais são o grande desafio atual para vivermos de uma forma mais harmoniosa com nosso semelhante. O orgulho e, principalmente a maldade nas pessoas, estão fazendo do ser humano a espécie mais nefasta do planeta. Para muitas pessoas, a infelicidade do outro, é a sua felicidade. Não importa se estou bem, o importante é o outro estar mal. Parece um pouco exagerado mas não; tristemente tenho observado muitos fatos dessa natureza quase que todos os dias. A pobreza mais deprimente não é somente a monetária, mas também, a de espírito. Como combater isto?

Uma forma importante para tomada de decisões com relação à conflitos, é colocarmo-nos no lugar do outro. O que vou fazer, gostaria que a mim fosse feito? Se estivesse no outro lugar, essa decisão me agradaria? A impulsividade pode prejudicar; a pressa é inimiga da perfeição e uma palavra proferida é como uma pedra jogada, ou uma rosa oferecida; pode trazer resultados bem distintos. 

Nosso cotidiano é rodeado de fatos e gente. Tudo que envolve o ser humano não é fácil de ser resolvido, afinal todos nós somos diferentes e temos nosso jeito de viver e conviver, de acordo com o meio em que fomos criados. Somos frutos daqueles que convivem conosco. As turbulências aparecem todo momento, com nossos cônjuges, filhos, parentes, vizinhos, enfim, com aqueles que compartilhamos nossa vivência. Aí que entra o fenômeno da Resiliência e sua importância.

Dizem os mais antigos, e tenho muito respeito pela sua sabedoria, que as árvores que tombam nas tempestades são aquelas com raízes profundas, mas que negam-se a envergar-se. Aquelas que dobram-se quase até o chão, não quebram, não são arrancadas e assim que o temporal passa, voltam ao seu estado normal. Isso é resiliência. Muitas vezes, para avançarmos um passo, devemos recuar dois; não devemos bater de frente, com força em determinadas situações, pois não vai adiantar. Devemos ser pacientes para agir certo, na hora certa, sempre em direção ao bem e para o bem daqueles que estão à nossa volta. Humildade não quer dizer submissão. Aqueles que insistem na proliferação da maldade, são como as árvores rudes e “duras”; um dia tombarão... 

Depois do temporal sempre vem a bonança e após uma noite escura, o alvorecer é só uma questão de tempo, por isso devemos ter calma pois aquilo que plantamos, um dia germinará. Bom final de semana.