Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

Sentimento de não ser amado

Osvino Toillier - 11/08/2017

Madre Teresa de Calcutá é religiosa católica, de etnia albanesa, que dedicou mais de vinte anos aos pobres e enfermos em Calcutá, na Índia, tendo sido recebido o Prêmio Nobel da Paz em 1979, por sua obra missionária e em favor dos mais necessitados.

Foi uma pessoa que não se intimidou diante dos poderosos, denunciando a hipocrisia do mundo diante do sofrimento humano e a doença de milhões de pessoas, sem acesso a tratamento digno e medicamentos para a cura.

Madre Teresa deixou um legado de vida imperecível e o que efetivamente fez pelas pessoas mais sofridas, especialmente tuberculosos e leprosos em Calcutá, a quem não poupou esforços e dedicação para ajudá-los. Lembrando o povo sofrido, afirmou certa vez: “Durante esses vinte anos de trabalho no meio do povo, comecei a compreender, cada vez com maior clareza, que a pior enfermidade de nossos dias não é a lepra ou a tuberculose, mas sim a falta de afeto, a sensação de não ser querido e de não ser amado pelos outros”.

Talvez seja esta a grande desgraça do nosso tempo: o sentimento de que ninguém se importa com as crianças, com os jovens e, principalmente, os idosos. Esse quadro provoca solidão, abandono, depressão, e é o que contribui para o alto índice de suicídios, especialmente entre os jovens.

Parece que a psicologia do mercado tomou conta de tudo, e esquecemos o sentimento das pessoas, a necessidade de companhia, apoio nos momentos mais difíceis, especialmente doença, luto, enfim, os dramas da vida de cada um, que requerem disposição em ajudar e dar apoio.

Madre Teresa disse: “Acredito que o mundo sofre muito, porque existe tão pouco amor no lar e na vida familiar. Não temos tempo para nossas crianças, não temos tempo para darmos uns aos outros, não temos tempo para apreciarmos uns aos outros.”