Edição do dia 22/01/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Avenida empata pela segunda vez no Gauchão
ESPORTES - Periquito cedeu igualdade para o Brasil de Pelotas. Próximo jogo é domingo contra o Caxias, fora
Unisc divulga listão dos aprovados no curso de Medicina
GERAL
Secretaria de Esporte promove 1º Santa Cruz Kangoo Fest
ESPORTES
Seminário Internacional com inscrições abertas
EDUCAÇÃO
Centro de Cultura será revitalizado
VARIEDADES
Estão abertas as inscrições de produções audiovisuais de todo o RS para o 6º CineSerra
VARIEDADES
RS pede a suspensão de reajuste de juízes, promotores e defensores
POLÍTICA - Governador faz reunião de emergência e detalha crise financeira
Desenvolvimento Regional
GERAL - Unisc e Unitau promovem Doutorado Interinstitucional
Processos de cassação do direito de dirigir cresceram em 2018 no RS
GERAL
Denúncias aumentam entre dezembro e março
GERAL - Fiscalização já emitiu mais de 100 notificações sobre terrenos baldios em janeiro
As tensões na agenda
OPINIÃO
A educomunicação, o jornal e a sala de aula
OPINIÃO
Produção e difusão do conhecimento: estratégia propulsora para inovação
OPINIÃO
Dia do Aposentado: Passo a passo, a evolução da Previdência
ESPECIAIS
Apopesc investe para atrair novos associados
ESPECIAIS
Santa Cruz já pode ter cemitérios privados para animais
GERAL - A partir de agora cabe a empresas interessadas abraçar a causa
Gauchão 2019: Avenida recebe o Brasil de Pelotas
ESPORTES - Periquito, que vem de empate na primeira rodada em Veranópolis, enfrenta Xavante hoje à noite, nos Eucaliptos
Crítica à perpetuação no poder
EDITORIAL - O caso da Venezuela evidencia as consequências da ditadura

Crie filhos em vez de herdeiros

Osvino Toillier - 18/08/2017

Acabamos de festejar o Dia dos Pais que, certamente, ensejou oportunidade de demonstração de afeto, carinho e gratidão nas famílias. E alguns, com certeza, emocionantes, para celebrar a vida e o sentimento mais belo que pode unir pais e filhos.

O City Bank espalhou em São Paulo outdoors com mensagens do título desta crônica, e eu estou utilizando-a para associá-la ao Dia dos Pais, através de algumas reflexões associadas:

1. Dinheiro só chama dinheiro, não chama para um cineminha, nem para tomar um sorvete;
2. Não deixe que o trabalho sobre sua mesa tampe a vista da janela;
3. Não é justo fazer declarações anuais ao Fisco e nenhuma para quem você ama;
4. Para cada almoço de negócios, faça um jantar à luz de velas;
5. Por que as semanas demoram tanto, e os anos passam tão rapidinho?
6. Quantas reuniões foram mesmo esta semana? Reúna os amigos;
7. Trabalhe, trabalhe, trabalhe. Mas não se esqueça, vírgulas significam pausas;
8. Você pode dar uma festa sem dinheiro. Mas não sem amigos;
9. Quem leva seu filho na igreja não vai buscá-lo na cadeia;
10. Precisamos deixar filhos melhores para o mundo e não um mundo melhor para nossos filhos;
11. Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim, ele saberá o valor das coisas e não o seu preço.

Precisamos redescobrir o valor das coisas simples, a importância de uma boa conversa, a necessidade do silêncio, o espaço da meditação, da oração e da busca da sublimação em lugar das coisas materiais, que sequestram a nossa sensibilidade e, especialmente, aquilo que as crianças preservam: a candura e a pureza angelical, de se alegrar e divertir com o que é essencial para a vida.

A herança mais sublime não são bens materiais, mas aquilo que nos eleva ao plano espiritual.