Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Tiarayu é o grande campeão do Enart
VARIEDADES - Candeeiro da Amizade, de Vera Cruz, venceu a força B
CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL

Da estagnação econômica do País

Hélio Garcia - 22/08/2017

Já há algum tempo estou analisando a situação econômica em que estamos, principalmente na capital onde resido, contudo, digo analisando, mas não utilizando parâmetros como internet, opiniões, revistas e jornais, porém verificando in loco tal fato.

E como faço isto? A simples observância de questões que envolvem nosso cotidiano permite-nos esta análise, ou seja, tudo que envolve ou está inserido ao meio em que vivemos de certa forma se estagnou, por óbvio existindo as excepcionalidades, entretanto, analisando de forma geral e macro.

Certo dia resolvi contabilizar quantos estabelecimentos comerciais foram fechados no trajeto de meu escritório até minha casa, uma vez que o faço sem a utilização de automóvel tendo em vista a proximidade entre os dois locais (cerca de 4 a 5 quadras). Fiquei assustado! Pois vi uma quantidade de estabelecimentos fechados superiores as que imaginavam, na qual ainda lembro-me de todas: a loja de roupas da esquina, a estética, a cafeteria, o bar ao ar livre, a loja de obras e arte e o bar que transmitia jogos e que tinha petiscos no qual eu era assíduo freguês.

O Brasil é um paraíso natural, produzimos tudo em nosso país, temos tudo em nosso país, inclusive petróleo, algo que não imaginávamos. As nossas riquezas são enormes, nossa agricultura, o turismo, enfim, o Brasil tem tudo para dar certo tenho certeza disto.

Entendo que a crise em que vivemos decorre da desilusão e descrença em que o cenário político nos colocou, bem como, daqueles em que escolhemos como nossos representantes.

Sou otimista e também me filio aqueles que carregam a bandeira da esperança, contudo, também sou realista e vejo que sim vivemos numa recessão, bem como, quando começamos a engatinhar novo escândalo volta a nos achinelar.

Seguimos avante, pois em momentos complicados e que encontramos as melhores alternativas, pois mantendo a tranqüilidade neste momento de turbilhão tenho convicção que os frutos serão colhidos adiante, assim, neste norte temos que seguir como no velho provérbio “não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe”.

HÉLIO DA COSTA GARCIA JUNIOR
Advogado
[email protected]