Edição do dia 21/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Série Ouro de Futsal: Assaf perde primeira como mandante
ESPORTES - Tricolor jogou em Vale Verde e foi derrotado por 5x3
Copa Cidade Miller define os playoffs
ESPORTES - Competição encerrou a fase classificatória
Aliança goleia São José e cresce na Copa CFC Celso
ESPORTES - Mobilização é pela realização da primeira etapa da Olimpíada Rural, no próximo domingo
Troca de mensagens: Sergio Moro adia ida à Câmara
POLÍTICA - Ministro viajou para os Estados Unidos no último fim de semana e não comparecerá à audiência pública
Seleção feminina cai na prorrogação diante da França
ESPORTES - Brasil foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo
Avenida perde nos pênaltis e está fora da Série D
ESPORTES - Caxias classificou-se dentro dos Eucaliptos com vitória nas penalidades por 6 a 5
Brasil goleia Peru e jogará quartas de final na Arena do Grêmio
ESPORTES - Time brasileiro ficou com o primeiro lugar do Grupo A da Copa América
Copa Cidade tem três jogos no final de semana
ESPORTES - Rodada conta com os últimos confrontos da fase classificatória
Patinação: Copa XLise e Festival 25 anos movimentam Poliesportivo
ESPORTES - Evento ocorre neste sábado e movimenta patinadores de todo o Estado
Mais de 10 mil peças para aquecer os cabraisenses
GERAL - Distribuição das roupas arrecadadas ocorreu nesta terça-feira (18) para centenas de famílias moradoras de Novo Cabrais
Lixo eletrônico será recolhido na terça
GERAL - Mutirão da prefeitura vai passar por todas as localidades para coletar os materiais e dar o destino correto aos mesmos
Ipiranga leva a livre e Associação conquista o veterano
ESPORTES - Novo Cabrais conheceu os campeões do municipal de futebol sete, na última sexta-feira, no Centro Desportivo Municipal
Bela Vista e Flamengo jogam nesta sexta
ESPORTES
Copa Feminina: Brasil pega a França
ESPORTES
Série Ouro: Assaf faz parceria e vai jogar em Vale Verde
ESPORTES
Copa América: Diante do Peru, tentativa de reação
ESPORTES - Seleção Brasileira passa por fase de incertezas. Em 1989, time superou dificuldades
São Martinho é campeão em Monte Alverne
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida precisa de vitória simples
ESPORTES - Torcida deverá lotar o Estádio dos Eucaliptos, domingo, às 16h, contra o Caxias, valendo classificação

Imagem da Desilusão

Valério Garcia - 25/08/2017

Nesta semana uma das imagens que mais chamou a atenção das pessoas nas redes sociais foi da professora agredida por um aluno, dentro da sala da direção na Escola. Segundo relatos, o aluno foi repreendido pela professora por estar com o livro embaixo da classe, negando-se a fazer qualquer tipo de atividade. A professora pediu então para que ele se retirasse da sala e ele, imediatamente, atirou o referido livro na cabeça dela sendo assim, conduzido à direção. Lá negou o fato e começou a agredir verbalmente a professora. Após, ele um adolescente de 15 anos de idade, desferiu vários socos no rosto da professora, causando hematomas e sangramento no olho e na face dela. O fato aconteceu na cidade de Indaial no vizinho Estado de Santa Catarina.

O que dizer de um fato com tamanha covardia e desrespeito pela figura de uma professora? Onde estão os erros que permitem a um jovem chegar a esse absurdo? Muito se tem falado em educação, direitos e deveres. Noto uma grande fala em direção aos direitos das pessoas e, uma pequena, em relação aos deveres. Já escrevi sobre isso. 

A Educação sempre deve começar pela família! A Escola serve para dar conhecimento e lapidar os valores que, pelo menos, deveriam ser trabalhados em casa. Os pais devem impor limites aos seus filhos desde cedo. O “NÃO” é imprescindível às crianças para saberem que existem algumas limitações em suas atitudes e que, principalmente, a sua liberdade termina quando começa a do outro. Fazer com que o jovem ajude nas tarefas e lides domésticas não é, e nunca será, trabalho escravo ou infantil. A criança deve saber, desde cedo, de onde vem o suor de seus pais para que elas tenham uma vida decente. 

A profissão que escolhemos merece todo respeito e admiração da sociedade, principalmente a do professor. Só o fato de você conseguir a ler e escrever seu nome já é uma conquista que deve aos seus mestres, principalmente num país onde ainda temos milhares de analfabetos. 

A família tem que ter responsabilidade e consciência voltada para a educação caseira de seus filhos, sua incumbência quanto aos valores trabalhados no dia a dia. Se ela (família) não impor regras aos seus filhos, infelizmente a vida o fará, com uma severidade e maldade sem limites. Aí será tarde demais para tentar uma reversão do foi criado. “Somos eternamente responsáveis por aqueles que cativamos e criamos..”. Bom final de semana.