Edição do dia 18/10/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Os últimos dias da 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Confira o que aconteceu nesta semana e o que vai movimentar o fechamento da festa
1ª Semana Lixo Zero: Tudo pronto na programação
GERAL - Objetivo é incluir o município na lista de cidades com o título Lixo Zero, concedida pelo ILZ
Menos barulho nas comemorações de fim de ano
GERAL - Assembleia Legislativa aprovou dois projetos referentes ao uso de fogos de artifício
Evento apresenta o que há de melhor em arquitetura
GERAL - Os ambientes foram decorados por profissionais renomados
Equipe do Colégio Mauá se destaca no Nacional
GERAL
Novo Cabrais: Novas soberanas serão conhecidas nesta sexta
VARIEDADES
Novo Cabrais: Uma história que se constrói a cada dia
GERAL - Município comemora 23 anos de emancipação político-administrativa com desenvolvimento e progresso
Novo Cabrais: Saúde realiza atividade de prevenção
SAÚDE
Novo Cabrais: Feira de Saúde terá palestras sobre depressão e suicídio
SAÚDE - Evento tratará tema que vem em crescente demanda no município e na região e também oferecerá serviços gratuitos
Empregar RS disponibilizará 50 vagas
GERAL
Marcel Knak é o novo coordenador
GERAL - Ele será responsável por atender 23 municípios da região
Fios de Esperança: um ato de amor
GERAL - Projeto voluntário promove a autoestima e melhora a qualidade de vida de pacientes com câncer
Dia do médico: Celebre o profissional que cuida da sua saúde
ESPECIAIS
Dia do pintor: Eles dão mais cor ao nosso mundo
ESPECIAIS
Farsul em Campo: Seminário teve um dia repleto de atividades
GERAL - Evento contou com a participação de aproximadamente 150 pessoas
Pompéia de cara nova
EMPRESARIAL - A loja ampliou o espaço e o mix de produtos
Influencers Live Show: Gravações iniciam na próxima semana
GERAL - O programa vai ao ar a partir do dia 2 de novembro
Entrega de recursos ocorre na próxima terça-feira
GERAL

O que fazer para sair do atoleiro?

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 08/09/2017

Uma parcela importante da sociedade brasileira que se preocupa com os destinos do nosso País, talvez compartilhe o sentido de que não há alternativa para sair do atoleiro político institucional em que estamos metidos. As alternativas vislumbradas no passado, que colocavam o Brasil como a nação mais importante da América do Sul, pouca relevância tem no contexto das discussões domésticas que estamos tratando. 
Tenho para mim, que mesmo diante da grave crise política que nos expõe para mundo, as nossas virtudes ainda são muito maiores que nossos defeitos. Não compactuo com lógica que nossa trajetória histórica está fadada ao insucesso, acho que mesmo com tudo estamos tomando conhecimento, temos um cenário que talvez seja a oportunidade rever nossa cultura política que teve sempre no patrimonialismo sua grande vertente, onde o mistura entre o privado e público sempre foi a regra. Os fatos agora revelados, como nunca antes em nossa história, somente confirmam esta tradição de que o interesse privado sempre esteve e certamente ainda continuará por muito tempo imiscuído ao Estado, ou vice versa.
O fator novo disto tudo, é de que os fatos revelam de que a vergonha alheia, que também é nossa, deixa inequívoco que uma democracia que não tem participação ativa do cidadão, corre os riscos de chegar ao ponto onde chegamos. Quando falamos em política com nossos amigos, é muito comum ouvir a frase, “não me meto em política, pois não gosto de sujeira”.
Tal frase revela somente duas faces de uma mesma moeda, primeiro: não adianta não gostar, pois as regras do jogo da democracia exigem a participação, ou seja, alguém vai decidir por você frente a sua apatia; segundo: não adianta negar, os políticos não vieram de Marte, são fruto da sociedade que conseguimos criar, são, em suma, a vida real, muito longe do mundo idealizado do campo teórico.
Por isto, o momento de catarse agora vivido, seja o início da saída para dias melhores, onde organismos vivos da sociedade, como universidades, escolas, sindicatos, igrejas, imprensa dentre outros, façam um debate mais profundo sobre o papel da política em nossa vida.