Edição do dia 20/08/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Lançamento da 32ª edição acontece hoje à noite
VARIEDADES - Com o tema Literatura em Rede, a Feira do Livro ocorre entre os dias 4 a 10 de setembro na Praça Getúlio Vargas
Aula inaugural marca início da primeira turma da Escola de Gestão
GERAL
Missão em Israel é tema de aula inaugural na Unisc
ECONOMIA
1º Seminário Desafios do Empreendedor ocorre em Santa Cruz do Sul
GERAL - O evento será realizado dia 29 de agosto, no Hotel Charrua
Santa Cruz receberá desafio de carros superesportivos
GERAL - Encontro ocorre no feriado, de 7 de setembro, no Aeroporto Luiz Beck da Silva, em Linha Santa Cruz. Provas reunião carros superesportivos de alto desempenho
Professor da Unisc lança documentário sobre cicloviagem na Carretera Austral
GERAL
Entenda a guerra contra o cigarro no Brasil
GERAL - Tentativas frustradas de favorecer o setor e impasses judiciais têm causado preocupação
Hidroginástica: Sesc oferece aulas em parceria com a Raia 7 Centro Aquático
GERAL
Copa HB20: Sena Jr. vence e Roncen chega em 7º
ESPORTES
MB Challenge: Correndo em casa, Fernando Jr. conquista pódio
ESPORTES
Lifasc: Semifinalistas definidos
ESPORTES
Assaf sofre derrota em Venâncio Aires
ESPORTES
Avenida chega na semana de estreia na Copinha
ESPORTES
Cras Integrar do Bairro Bom Jesus realizou formatura de inglês
EDUCAÇÃO
Abertas inscrições para Reunião sobre Plantas Bioativas
GERAL
Palavra puxa Palavra é tema de evento
GERAL
Mais de 900 mil reais serão investidos
GERAL - Valor será aplicado em livros e praça de brinquedos
Rodada aborda a Lei de Proteção de Dados
GERAL

Quem será o candidato do partido da Lavajato?

Um Passo a Mais - João Pedro Schmidt - 08/09/2017

A Lavajato é hoje uma das principais forças políticas do país, embora seus representantes se digam desvinculados da política. Aliado ao Partido da Mídia, o Partido da Lavajato ajuda a ditar os rumos do país. Nenhum deles recebeu um voto sequer. 
Os integrantes da Lavajato foram fundamentais no golpe contra a Presidente Dilma. Seu papel político é relevante, mas até agora não assumiram sua condição partidária. Sob o manto da justiça, sentem-se livres para falar em moralidade e não se constrangem com sua remuneração acima do teto legal de 33 mil reais. 
A Lavajato maculou a sagrada expectativa do povo de que a justiça se baseia em provas e se aplica a todos. É o símbolo da esculhambação que resultou da judicialização da política e da politização do judiciário. Não precisava ser assim, mas está sendo. 
A lista dos abusos e desmandos da Lavajato é longa, mas o fato é que ela contou com o apoio da maioria da população e mesmo agora, depois de muitas ações mal explicadas, parte dos cidadãos ainda acredita nessa operação judicial.
Sendo assim, será muito bom para o país que algum dos representantes da Lavajato assuma abertamente seu papel político e seja candidato à Presidência da República. Pode ser o juiz Sergio Moro, o procurador Carlos Fernando Lima, o procurador Deltan Dallagnol ou o procurador geral Rodrigo Janot. Qualquer um poderá tentar nos mostrar porque um partido de justiceiros é melhor que outros partidos. 
O candidato escolhido poderá tentar explicar coisas inexplicáveis. Por exemplo, porque aceitam-se delações sem provas contra lideranças do PT, acirrando o clima de ódio criado pelos movimentos direitistas fascistas. Poderá explicar porque Moro condenou Lula sem um fiapo de prova e nada aconteceu diante das provas contra Aecio, Jucá e cia. Porque ajudaram a quebrar empresas investigadas, ao invés de punir os envolvidos em corrupção, produzindo levas de desempregados. E muito mais.
Quando parte da justiça está politizada nada melhor que essa parte assuma abertamente suas posições. Será ótimo para a democracia que a Lavajato tenha um candidato. O voto do povo dirá se esse tipo de justiça partidarizada deve prosseguir.