Edição do dia 15/02/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Inscrições para processo seletivo encerram na quarta
GERAL
Sicredi Vale do Rio Pardo investirá em usina fotovoltaica própria
EMPRESARIAL
Educadores e estudantes debatem sobre ensino
EDUCAÇÃO
Unisc recebe prêmio Conciliar é Legal
GERAL
Valentine's Day celebra o amor
GERAL
Seminário marca o início do ano letivo no Colégio Mauá
EDUCAÇÃO
Regional de secretários de educação tem nova coordenação
EDUCAÇÃO
Solled recebe mais uma premiação
EMPRESARIAL
Stifa e Souza Cruz realizam assembleia
GERAL
Não é Não! Santa Cruz do Sul abraça campanha contra o assédio
GERAL
Cemas distribuirá preservativos para foliões
SAÚDE
O drama financeiro do setor público
EDITORIAL
O Imposto do pecado (parte 1)
OPINIÃO
Escolas retomam atividades na segunda-feira
EDUCAÇÃO - Serão 11,1 mil crianças que voltam às aulas no próximo dia, 17
Professores e funcionários recebem capacitação
EDUCAÇÃO - Evento aconteceu no Auditório Central da Unisc e Câmara dos Vereadores
Escola Moranguinho: um lugar acolhedor
EDUCAÇÃO
Ano letivo inicia com mudanças
EDUCAÇÃO - Após aprovado o novo pacote de medidas do Governo Estadual, Cpers não descarta novas greves
Decisão de Desbessell desagrada políticos
POLÍTICA - Vereadores dizem que não foram ouvidos sobre CPP contra Crestani e Schneiders

Basquete com os pratas da casa

Focando no Esporte - Júlio Mello - 30/09/2017

Estive na tarde de quinta-feira acompanhando a coletiva de imprensa do lançamento do time que irá jogar o Estadual de Basquete. Ouvi aqui e ali, e senti que a chama está de volta. Paulinho, ex-armador do clube, é o diretor de esportes e tem no Rogério e no Athos os seus técnicos. Perguntei sobre a disciplina, e o Rogério foi bastante enfático ao dizer que esta será um dos pontos principais da equipe. Vindo dele, não poderia ser nada diferente.

Os jovens jogadores com a comissão técnicaOs jovens jogadores com a comissão técnica Crédito: Julio Mello

Gostei de ouvir

Ouvi muita coisa lá na coletiva do União/Corinthians. Ouvi do empresário Fagner Schwengber que ele, como amante do basquete, teria que fazer algo por este esporte. Portanto, se todos os empresários tivessem este tipo de pensamento, o nosso esporte seria bem melhor. Quero aqui lhe parabenizar por este tipo de posição. Pois, não basta ficar em casa assistindo pela TV e não tomar uma atitude. Parabéns.

Fagner Schwengber, da CighaFagner Schwengber, da Cigha Crédito: Julio Mello

Tem basquete de novo

Acho que um recomeço teria que ser mesmo com o nome Corinthians envolvido em algum projeto. O Brasil conhece Santa Cruz devido ao basquete. Então teria que ser assim. A empresa Cigha terá o seu nome ligado à equipe e, conforme o seu representante, não será por pouco tempo. Isso demonstra a clara satisfação de quem quer ver o esporte em alta. O Edemilson Severo teve parte neste projeto e estava presente na quinta-feira. Santa Cruz vai respirar de novo o bom basquete que sempre teve, e com a força dos jovens. O que é muito salutar.

Edemilson Severo falou sobre a volta do basqueteEdemilson Severo falou sobre a volta do basquete Crédito: Julio Mello

Acho que vou a Candelária

O final de semana é de Campeonato Regional de Futebol. Quero ver se consigo ir a Candelária para acompanhar a equipe do Sinimbu, que eu ainda não vi jogar. Jogam lá na Linha do Rio, Olarias x Sinimbu neste sábado. Queria ver como tá jogando o velho e bom Gavião e o volante Bi. Este último é uma lenda do nosso futebol.

Segurou o Senai

Achei que realmente o Senai ganharia do América no final de semana passado. Pelo time que tem, o Senai teria condições de vencer o jogo. Contudo, ninguém ganha na véspera e jogo tem que ser jogado. O América entrou com uma disposição bem maior que o normal. Acho que a palestra do vestiário fez a diferença. Tanto que vi o volante Tinga gritando com o meia Redondo, pedindo pegada ao veterano jogador. Em cada jogada disputada no meio, a vontade dos jogadores do América era bem maior. Enfim, foi um clássico bem pegado. Já nos aspirantes deu a lógica. Marcionei comandou a vitória do América para cima do adversário.

Gastos e gastos com a Federação

Esta Federação Gaúcha de Futsal é uma lástima para o esporte do nosso estado. Os caras apenas visam lucros e lucros. São cobranças e cobranças em cima dos clubes. Nos últimos dias, eu tenho acompanhado a revolta dos clubes do interior e, principalmente, os que disputam a Série Prata. Praticamente todos que disputam a competição estão indignados com esta entidade. Acho que não dura mais que dois anos o comando da atual direção. Provavelmente será criada uma Liga, como existe na Série Ouro. Ninguém mais precisa de uma Federação que só onera os clubes. Todos os gastos são de responsabilidade dos clubes e nenhum bônus. Sem clubes não existe campeonato. Portanto, são eles as estrelas e não a Federação. Uma união de todos seria o ideal neste momento.

Somente a verdade

Recebi um recado do meu amigo João Batista, e ele colocou seu agradecimento com relação ao comentário que fiz sobre ele na última coluna. Ora meu amigo, aqui relatamos apenas a verdade dos fatos e certamente o senhor tem muito para ajudar aqui em Santa Cruz. Agradeço a consideração pelo meu trabalho e sempre torcendo pelos amigos. Isso nos faz diferentes dos demais, meu amigo. Grande abraço.