Edição do dia 19/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Copa CFC Celso tem rodada em Alto Linha Santa Cruz, no domingo
ESPORTES - Líder João Alves encara o Rio Pardinho na primeira partida da tarde
Mundial Unisc de futsal feminino ocorre neste final de semana
ESPORTES
Copa Cidade: Esmeralda vence o Unidos da Villa
ESPORTES - Jogo aconteceu no estádio da Timbaúva, no Arroio Grande
Portaria amplia setores com trabalho permanente no domingo e feriado
GERAL - A portaria está publicada no Diário Oficial desta quarta-feira
Brasil empata com a Venezuela pela Copa América: 0 a 0
ESPORTES - Líder do Grupo A, Canarinho volta a campo sábado (22), contra o Peru
'Joga Pouco, Ajuda Muito' acontece nesta quinta
ESPORTES
Segundona Gaúcha: Presidente do Galo lamenta desclassificação
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida segue forte
ESPORTES - Direção espera estádio lotado para decidir vaga no segundo jogo, em casa, contra o Caxias
Computação Desplugada é realidade em escolas públicas de Santa Cruz do Sul
EDUCAÇÃO - Material didático do projeto Computação na Educação foi lançado na tarde desta terça-feira, 18, na Unisc
Ensino das escolas é discutido em todo o país
EDUCAÇÃO
Thiago Porto: enaltecendo a cultura santa-cruzense
VARIEDADES - Com mais de um milhão de visualizações no YouTube músico se prepara para mais um lançamento
Restaurante Mafalda: há 18 anos servindo gastronomia de qualidade
GERAL - O estabelecimento conta com buffet tradicional e buffet para viandas
Oficina de Apoio às Famílias será na próxima terça-feira
GERAL - O Riovale Jornal entrevistou a advogada Dra. Andjanete L. Mess Hashimoto, que explica o procedimento das atividades
Câmara aprova projeto de segurança
GERAL
Mercur chega aos 95 anos com livro publicado
EMPRESARIAL - Curso para inspirar um mundo mais colaborativo também foi disponibilizado
Corpus Christi: Fé e arte para celebrar a data
RELIGIÃO - Celebração inicia às 9 horas com missa na Catedral São João Batista e após procissão segue pelas principais ruas
Quem é contra a reforma da Previdência Social não é contra o Brasil
OPINIÃO
Um novo INSS
OPINIÃO

O próximo tiroteio

Um Passo a Mais - João Pedro Schmidt - 06/10/2017

 

Não sabemos ainda onde, quando, quem vai disparar e quantas vítimas haverá. Saberemos em breve. Os tiroteios nos Estados Unidos acontecem periodicamente, todos os anos. Entre 2009 e 2016, ocorreram 156 grandes tiroteios (aqueles em que morrem pelo menos quatro pessoas), com 848 vítimas, uma média de 121 por ano. O recente tiroteio do dia 1º de outubro, em Las Vegas, foi o mais letal da história, com 58 mortos e 515 feridos. Um massacre. A realidade novamente competiu com a ficção. O atirador disparou friamente contra a multidão presente a um show musical.
O atirador não era muçulmano, negro, mexicano ou de algum outro segmento inconfiável segundo certa “gente de bem”. Era um homem branco, de 64 anos, aposentado. As investigações revelam que Stephen Paddock levava uma vida “normal” a um homem branco do estado de Nevada. Frequentava cassinos para jogar pôquer, curtia shows de música country e adorava voar e caçar. Não havia nada de estranho nele, afirmou um familiar. Stephen Paddock era cidadão de um país em que se compra armas com tremenda facilidade. É fácil adquiri-las nas mais de 50 mil lojas espalhadas pelo país, além de lojas de penhores, feiras de exibição, colecionadores e até mesmo pela Internet. Numa população de 323 milhões de pessoas estima-se haver cerca de 310 milhões de armas não militares entre a população, concentrada em 40% dos cidadãos. Ou seja, os cidadãos armados têm em média 2 a 3 armas. Paddock tinha 42. 
Nos Estados Unidos, o perigo de morte mora em casa. Ataques terroristas são raros, tiroteios são rotineiros. A cultura das armas está enraizada na população. O direito ao porte de arma foi considerado pela Suprema Corte como direito individual. Defender esse direito é o objetivo central da Associação Nacional de Rifles da América, uma influente organização sem fins lucrativos. E, claro, das indústrias de armas. O próximo tiroteio pode ser em breve. Uma reflexão dirigida aos simpatizantes do deputado Jair Bolsonaro, que quer no Brasil "uma arma de fogo para cada cidadão honesto".