Edição do dia 15/10/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Shows tradicionalistas são atração desta quarta-feira na 35ª Oktoberfest
GERAL - Festa da Alegria terá apresentações do Grupo Fandangaço, às 20h, e Os Serranos, às 22h30, no Lonão
Dia do Professor: educação para a erradicação do trabalho infantil
GERAL - Conheça a história de dois profissionais que estão na linha de frente do programa ARISE, iniciativa que muda a realidade de crianças e adolescentes
Praça da Cultura levará o nome de José Paulo Rauber Filho
GERAL - Inauguração do local ocorreu no sábado, 12 e contou com a presença da família do homenageado
Terça-feira será de ponto facultativo nas escolas
GERAL - Além das escolas municipais e estaduais, algumas particulares também não terão aula neste dia
Dia do Eletricista é nesta quinta-feira
GERAL - Data marca a importância do profissional habilitado
Inscrições abertas para a Escola de Educação Infantil
GERAL - Há vagas gratuitas e pagas para crianças de 4 e 5 anos
Rodrigo Solda é o novo presidente
GERAL - Além dele, outros prefeitos foram empossados para a diretoria e conselho fiscal do biênio 2020/2021
Evento discute problemas do contrabando e a pirataria
GERAL - Palestra apresentou dados sobre as ameaças do mercado ilegal para a economia
Sicredi Vale do Rio Pardo enaltece o cooperativismo durante o desfile da 35ª Oktoberfest
GERAL
Quase 17 milhões já foram emprestados pelo município
GERAL
Primeiros dias de Oktoberfest superam 54,6 mil pessoas pagantes
GERAL - Semana segue repleta de atrações
Fala, professor!
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
Histórico da data
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
O profissional que dedica a sua vida a ensinar
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
O big bang é o Operacional Divino
OPINIÃO
Permitir não é obrigar
OPINIÃO
Caspary conta a sua história (parte II)
OPINIÃO
Terminou a primeira rodada da segunda fase
ESPORTES - Bom Jesus, São José e Formosa saíram na frente

O próximo tiroteio

Um Passo a Mais - João Pedro Schmidt - 06/10/2017

 

Não sabemos ainda onde, quando, quem vai disparar e quantas vítimas haverá. Saberemos em breve. Os tiroteios nos Estados Unidos acontecem periodicamente, todos os anos. Entre 2009 e 2016, ocorreram 156 grandes tiroteios (aqueles em que morrem pelo menos quatro pessoas), com 848 vítimas, uma média de 121 por ano. O recente tiroteio do dia 1º de outubro, em Las Vegas, foi o mais letal da história, com 58 mortos e 515 feridos. Um massacre. A realidade novamente competiu com a ficção. O atirador disparou friamente contra a multidão presente a um show musical.
O atirador não era muçulmano, negro, mexicano ou de algum outro segmento inconfiável segundo certa “gente de bem”. Era um homem branco, de 64 anos, aposentado. As investigações revelam que Stephen Paddock levava uma vida “normal” a um homem branco do estado de Nevada. Frequentava cassinos para jogar pôquer, curtia shows de música country e adorava voar e caçar. Não havia nada de estranho nele, afirmou um familiar. Stephen Paddock era cidadão de um país em que se compra armas com tremenda facilidade. É fácil adquiri-las nas mais de 50 mil lojas espalhadas pelo país, além de lojas de penhores, feiras de exibição, colecionadores e até mesmo pela Internet. Numa população de 323 milhões de pessoas estima-se haver cerca de 310 milhões de armas não militares entre a população, concentrada em 40% dos cidadãos. Ou seja, os cidadãos armados têm em média 2 a 3 armas. Paddock tinha 42. 
Nos Estados Unidos, o perigo de morte mora em casa. Ataques terroristas são raros, tiroteios são rotineiros. A cultura das armas está enraizada na população. O direito ao porte de arma foi considerado pela Suprema Corte como direito individual. Defender esse direito é o objetivo central da Associação Nacional de Rifles da América, uma influente organização sem fins lucrativos. E, claro, das indústrias de armas. O próximo tiroteio pode ser em breve. Uma reflexão dirigida aos simpatizantes do deputado Jair Bolsonaro, que quer no Brasil "uma arma de fogo para cada cidadão honesto".