Edição do dia 16/07/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Prefeitura decreta ponto facultativo dia 26
GERAL
Isnar Amaral estará no Espaço de Vie
GERAL
De olho no futuro do comércio
ECONOMIA
Comerciantes veem futuro positivo
ECONOMIA - Reformas propostas pelo governo Bolsonaro lançam esperança na economia local
Liquidações prometem aquecer as vendas
ECONOMIA
Restaurante da Gruta dos Índios: Novas instalações inauguram nesta quinta-feira
GERAL - Com espaço ampliado, estabelecimento vai preservar a cultura alemã oferecendo alimentos, bebidas típicas e artigos em um só local e fora de época
Cisvale poderá facilitar a abertura de novas agroindústrias
ECONOMIA - Entraves burocráticos que têm tornado demorada a liberação de alvarás poderão acabar
Evento de moda e beleza prepara noite de gala
VARIEDADES
HSC sedia curso do Coren sobre código de ética
SAÚDE
Vamos ajudar a Duda!
VARIEDADES
Colégio Dom Alberto: há 17 anos proporcionando ensino de qualidade
EDUCAÇÃO
Gesc embarcou no último domingo para os EUA
GERAL - Participantes saíram rumo ao Jamboree Mundial que reunirá aproximadamente 45 mil pessoas
Premiados no município serão conhecidos na próxima quinta-feira
EMPRESARIAL
Assembleia vai eleger o novo presidente
GERAL - Concessão da RSC-287 estará em pauta durante a reunião
Bom companheirismo - Permanente Bandeira
OPINIÃO
Aposentadoria Especial e continuidade na função insalubre
OPINIÃO
Sobre a Reforma da Previdência
OPINIÃO
Etapa de Santa Cruz: Piloto argentino retorna à Stock Car
ESPORTES

A Santa Cruz de outros tempos

Uma janela para o passado - Moina Mary Fairon Rech

A Leitura que Habito - Luana Ciecelski - 11/10/2017

Pensando nesse clima de Oktoberfest, de cultuar tradições e de relembrar a história da cidade, a resenha de hoje – e sugestão de leitura, claro – é sobre o livro de memórias (ensaio) escrito pela santa-cruzense Moina Mary Fairon Rech. Ele não conta a história dos colonizadores germânicos, mas fala de uma história que, apesar de ser mais recente, é bem menos registrada. No livro “Uma janela para o passado”, ela nos apresenta uma Santa Cruz do Sul das décadas de 30 e 40. Uma Santa Cruz bem diferente da que conhecemos hoje.

Dentro das 366 páginas do livro, Moina conta episódios de sua infância e juventude. Relembra acontecimentos que marcaram sua vida. São histórias simples, como aquelas que uma avó costuma contar para os netos. Porém, dentro dessas histórias é possível captar registros de uma cidade que estava se desenvolvendo, de ruas que estavam sendo construídas, de um estilo de educação diferente, de hábitos da sociedade santa-cruzense de gerações anteriores. 

Crédito: Luana Ciecelski

Durante sua juventude, Moina acompanhou, por exemplo, a construção da Rua Gaspar Silveira Martins, porque a família de Moina teve parte de suas terras desapropriadas para que a via pudesse existir. Ela também viu o tempo em que andar à cavalo pela cidade era algo natural – ela mesma participou de uns episódios de corridas de cavalo, inclusive -, e também conheceu uma Santa Cruz do Sul onde a Rua São José já existia, mas era considerada praticamente interior, porque era “muito longe” de tudo. 

O livro também é cheio de curiosidades e de surpresas, especialmente para as gerações mais novas. Descobre-se, por exemplo, que Santa Cruz do Sul viveu intensamente a Segunda Guerra Mundial, e que algumas mulheres daqui passaram por treinamento para trabalhar como enfermeiras no front se necessário fosse. Elas nunca chegaram a ir, de fato, mas as histórias ficaram. E Moina as conta muito bem. Com uma linguagem simples, envolvente e em muitas situações engraçada. 

O livro, que teve sua segunda edição lançada em 2015 e editada pela Edunisc é dividido em diversos capítulos curtinhos e temáticos, e não segue necessariamente uma ordem cronológica. Ele pode ser lido do início ao fim, ou pode ser aberto em um trecho e lido parcialmente. É um passatempo maravilhoso para pessoas mais novas e uma forma muito gostosa de lembrar coisas do passado, se o leitor for de uma geração mais antiga. 

Dessa forma, “Uma janela para o passado”, que pode ser encontrado na Livraria e Cafeteria Iluminura é um dos livros mais bacanas sobre a história de Santa Cruz que eu já tive nas mãos. Ele fez com que eu sentisse saudade de uma época que nem conheci. E fez com que eu conhecesse um pouco mais sobre a cidade onde eu também nasci. É uma leitura muito rica. Garanto. 

Título: Uma janela para o passado
Autor: Moina Mary Fairon Rech
Editora: Edunisc
Páginas: 366