Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

Que País é este?

Valério Garcia - 20/10/2017

O ser humano, agora mais do que nunca, tem procurado ultrapassar todos os limites para manter-se no poder de algum mandato, seja ele político ou não. As pessoas tem procurado mais a sombra do que o sol, esquecendo-se de que a luz é quem irradia energia para a manutenção da vida. O valor daquilo que conquistamos pelo nosso suor parece que é vergonhoso, inconsequente e descabido, “é coisa de trouxa que só pensa em trabalhar”!
Muito se tem falado nos políticos e seus cargos, muito se tem falado em corrupção e suas mazelas para o povo. Impressionado tenho ficado com as decisões que estão ocorrendo em nosso país que envolvem outros poderes, não somente o Legislativo e o Executivo. Não sou de estar mencionando nomes ou fatos isolados, mas a minha modesta observação é com relação ao desleixo que o poder judiciário ficou exposto diante dos últimos fatos envolvendo certos políticos do nosso país.
Ora, se vivemos, ou deveríamos viver em uma democracia, ignorar uma decisão de um poder supremo, é ignorar nosso regime. E o que mais me deixou estarrecido: voltar atrás de uma decisão, através de um acordo, ao que tudo indica político.
Tenho defendido sempre que determinados cargos deveriam ser preenchidos por concurso público, sem indicações de políticos ou partidos para garantia de uma maior isenção quanto à tomada de decisões. Nosso dia a dia está virando uma caminhada de um passo para frente, e dois para trás. Mas o pior de tudo é que as medidas dos passos estão diferente para alguns e, os medidores desses passos, estão comprometidos com seu umbigo e não com a coletividade, muito menos com a racionalidade do bem comum, do bem público. Determinados processos, dependendo do réu, tem uma velocidade fantástica na tomada de decisões ou sentenças; em outros casos parece que ficam esquecidos sob pilhas de outros processos. 
O que tem acontecido nos últimos dias envolvendo a Câmara dos Deputados, Senado e Supremo Tribunal Federal é estarrecedor. Parece que para alguns tudo pode; para outros não. O ódio está tomando conta da racionalidade das pessoas e estas, estão se achando acima de tudo e de todos. A satisfação está contemplada; não se ouve batidas de panelas; não enxergamos mais as camisetas amarelas; não sentimos o brado retumbante de “fora este ou aquele...” começo a achar que tudo está bem e durmamos em berço esplêndido! Que bom que a economia está estabilizada e os custos estão baixando...!! Ou estou enganado?
Precisamos urgentemente buscar uma maior educação política sob pena de estarmos sempre na mão, dos mesmos.
Bom final de semana.