Edição do dia 18/01/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Taça Kaiser: Bela Vista fez uma bonita apresentação
ESPORTES - Time amador de Santa Cruz do Sul jogou torneio nacional em Curitiba
Abertura da temporada: Atletas elogiam a estrutura do UniCo
ESPORTES - Trabalhos para 2019 do sub-20 iniciam oficialmente nesta terça-feira, dia 22
Lifasc: Pinheiral larga na frente
ESPORTES - Equipe venceu Juventude na rodada de ida da 2ª fase. São José e Rio Pardinho empatam
Avenida estreia com bom empate em Veranópolis
ESPORTES - Próxima partida alviverde no Gauchão será terça-feira, contra o Brasil de Pelotas
Inep divulga resultado do Enem
EDUCAÇÃO
Sicredi atinge marca de 4 milhões de associados
EMPRESARIAL - Com este marco, instituição financeira cooperativa pioneira no Brasil contribui para a expansão do cooperativismo de crédito no País
Prefeitura deve arrecadar mais de R$ 33 milhões
ECONOMIA - Até o momento já foram contabilizados R$ 19,879 milhões dos pagamentos em cota única e primeira parcela
Negociações do preço do tabaco são suspensas
ECONOMIA - Propostas apresentadas ficaram abaixo da variação do custo de produção
Uergs contará com Agroecologia em Santa Cruz
EDUCAÇÃO - Universidade recebe inscrições pelo Sisu de 22 a 25 de janeiro
Cuidados para não cair em uma fria
GERAL - Especialista dá dicas para planejar as férias e evitar aborrecimentos
Índice que mede atividade da economia no Brasil recua em dezembro
ECONOMIA
Confiança do Consumidor avança 12% em 2018
ECONOMIA - Levantamento mostra que 72% dos brasileiros avaliam a economia de forma negativa
Crianças devem acompanhar os pais na compra
GERAL - Consultor financeiro garante que a criança passa a ter noções básicas de educação financeira
Valor da passagem será definido até o fim do mês
GERAL - Sindicato dos Comerciários e UESC protocolaram junto ao MP ofício solicitando providências sobre o reajuste
Como cuidar dos pets no verão
ESPECIAIS - Saiba as principais precauções com os animais nos dias mais quentes
Operação captura membros da facção Os manos
POLÍCIA
Avenida estreia no 'Gauchão raiz'
ESPORTES - Periquito quer iniciar de forma positiva no Estadual, em Veranópolis
Democracia compreende as diferenças
EDITORIAL - A alternância no poder, entre esquerda e direita, é normal no sistema democrático

Eu quero ver as flores

Osvino Toillier - 27/10/2017

Há pessoas tão especiais cuja memória as leva muito além do tempo de vida. Quando partem, não se abre um vazio, porque um universo de recordações a torna mais viva a cada dia que passa. 
Pois assim foi com a “tia” Erica como todos as chamávamos desde que a conhecemos no Colégio Mauá em fevereiro de 1959, no exame de Admissão. Vindo do interior – naquele tempo Sinimbu era isso – os meninos internos precisavam aculturar-se na realidade urbana, onde eram cuidados pelo casal Nelson e Iria Bender, e no Colégio tinham um anjo da guarda na pessoa da secretária Erica Müller. Um dia disse que eu era filho dela, sob os protestos amorosos de minha mãe!
Pois ela adormeceu tranquilamente no 19 de outubro, em sua residência, à noite. Apagou a velinha e deixou a todos órfãos.
Nesse mesmo dia, depois da consulta médica à tarde, na volta para casa, pediu que o táxi fizesse um giro pela cidade para ver as flores. Circularam com ela por diversos locais para ela encher os olhos diante da paisagem florida que ela tanto queria ver. “Agora, basta, podemos ir para casa”. Fora a despedida da sua amada cidade. Partiria ainda naquela noite.
À medida que a notícia se espalhou, a cidade foi se enchendo de tristeza pela perda de uma pessoa exemplar, que espalhou muita luz. Participou de diversas entidades beneficentes, como Recordar é Viver, do 25 de Julho, e da Velha sempre Jovem Guarda, deixando  legado imperecível de afeto e valores de respeito à vida e amizade. 
Particularmente, tenho uma dívida de gratidão com ela, porque, no meu primeiro dia de trabalho no Colégio Mauá, em julho de 1964, fez-me providenciar a Carteira Profissional, fundamental para futura aposentadoria. Acolheu-me na secretaria onde me ensinou postura profissional, responsabilidade com as tarefas e organização dos documentos escolares, que não podiam ter qualquer rasura nem incorreção. Pessoa assim não morre jamais!