Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Tiarayu é o grande campeão do Enart
VARIEDADES - Candeeiro da Amizade, de Vera Cruz, venceu a força B
CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL

Reforma Protestante

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 27/10/2017

 
 
Na data de 31 de outubro de 1517 Martinho Lutero tornou públicas suas 95 teses, que fixou na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, protestando contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana.
Tal atitude teve repercuções enormes não apenas no campo da religião, pois foi sem dúvida o movimento que enfretou de forma vigoroza a supremacia da Igreja Catótica na época. Mas também foi um momento de transformação da visão do trabalho e acumulação   em relação da religião. A doutrina protestante não condenou a acumulação da riqueza desde que fruto de trabalho honesto e digno, sendo que inclusive a riqueza nesta condição seria uma benção de Deus. 
A influência do protestantismo nesta nova forma de olhar o mundo da religião e acumulação de riqueza, foi objeto de estudo do intelectual alemão Karl Emil Maximilian Weber (1864/1920), em sua obra “A ética protestante e o espírito do capitalismo”. 
A importância que a reforma protestante teve para o mundo ocidental e que no decorrer deste mês comemora 500 anos, sem fazer qualquer juízo religioso, é inegável a relevância de tal movimento histórico para o mundo religioso e econômico, e que em nossos dias somente não passa despercebido em razão de alguns municípios decretarem feriado na data, e também pelas comemorações dos 500 anos de seu advento.
Tenho para mim que a reforma proposta por Lutero e seus seguidores, no crepúsculo da Idade Média, onde o reinado do Igreja Católica Romana era inquestionável, trouxe uma nova visão sobre temas que até então não haviam sido discutidos de forma transparente no campo da religião, e como já disto acima, tiveram reflexos enormes no mundo da economia, onde Países colonizados por maioria protestante tiveram maior sucesso no campo da distribuição de renda e crescimento econômico.