Edição do dia 19/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Copa CFC Celso tem rodada em Alto Linha Santa Cruz, no domingo
ESPORTES - Líder João Alves encara o Rio Pardinho na primeira partida da tarde
Mundial Unisc de futsal feminino ocorre neste final de semana
ESPORTES
Copa Cidade: Esmeralda vence o Unidos da Villa
ESPORTES - Jogo aconteceu no estádio da Timbaúva, no Arroio Grande
Portaria amplia setores com trabalho permanente no domingo e feriado
GERAL - A portaria está publicada no Diário Oficial desta quarta-feira
Brasil empata com a Venezuela pela Copa América: 0 a 0
ESPORTES - Líder do Grupo A, Canarinho volta a campo sábado (22), contra o Peru
'Joga Pouco, Ajuda Muito' acontece nesta quinta
ESPORTES
Segundona Gaúcha: Presidente do Galo lamenta desclassificação
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida segue forte
ESPORTES - Direção espera estádio lotado para decidir vaga no segundo jogo, em casa, contra o Caxias
Computação Desplugada é realidade em escolas públicas de Santa Cruz do Sul
EDUCAÇÃO - Material didático do projeto Computação na Educação foi lançado na tarde desta terça-feira, 18, na Unisc
Ensino das escolas é discutido em todo o país
EDUCAÇÃO
Thiago Porto: enaltecendo a cultura santa-cruzense
VARIEDADES - Com mais de um milhão de visualizações no YouTube músico se prepara para mais um lançamento
Restaurante Mafalda: há 18 anos servindo gastronomia de qualidade
GERAL - O estabelecimento conta com buffet tradicional e buffet para viandas
Oficina de Apoio às Famílias será na próxima terça-feira
GERAL - O Riovale Jornal entrevistou a advogada Dra. Andjanete L. Mess Hashimoto, que explica o procedimento das atividades
Câmara aprova projeto de segurança
GERAL
Mercur chega aos 95 anos com livro publicado
EMPRESARIAL - Curso para inspirar um mundo mais colaborativo também foi disponibilizado
Corpus Christi: Fé e arte para celebrar a data
RELIGIÃO - Celebração inicia às 9 horas com missa na Catedral São João Batista e após procissão segue pelas principais ruas
Quem é contra a reforma da Previdência Social não é contra o Brasil
OPINIÃO
Um novo INSS
OPINIÃO

Regional é qualidade e disputa o tempo todo

Focando no Esporte - Júlio Mello - 31/10/2017

Crédito: Julio Mello

A foto que fiz no final de semana, no confronto entre Senai x América, define bem o que é jogar um Regional de futebol. Todos os jogadores ficam ligados o tempo todo em busca da posse de bola. Nesta foto, tem 10 jogadores atrás da bola. Regional de futebol, definitivamente o melhor campeonato do Vale do Rio Pardo.

Mais uma grande vitória

O Cigha União Corinthians do meu amigo Athos Calderaro obteve mais uma vitória no Estadual de Basquete. Venceu a Sogipa fora de casa no último sábado. No final de semana que vem, tem mais um jogo, e fora de casa de novo.

Com calma

Sabemos que é apenas um começo de trabalho. Portanto, muita calma com os nossos jovens. O problema é que sempre temos na mente o grande time que tivemos no passado e aí queremos que volte tudo num piscar de olhos. O que certamente não será assim tão fácil. Estive conversando dias atrás com uma pessoa que viveu e esteve bem perto dos grandes dias de glória do nosso basquete. Me disse na oportunidade, que é necessário ter paciência com este início de trabalho. Obviamente que o bom senso manda concordar com a sua opinião. Mas, o problema são os sabidões que exigem um retorno imediato. Ou seja, fez time de basquete e logo tem que ser campeão. Não é assim que funcionam as coisas. Tem um tempo para tudo. Vamos pensar a volta do basquete com calma e muita paciência. Não estou fazendo aqui uma defesa prévia, e sim tendo a cabeça no lugar para que os jovens não sejam atropelados por alguns apressadinhos. Este ano é o primeiro passo. Claro que, se der certo e vier alguma coisa boa logo de cara, vamos sorrir igual. Todavia, muita paciência com este novo projeto de resgate ao nosso glorioso basquete.

Futsal Série Prata

No último sábado, tivemos a segunda rodada das semifinais da Série Prata de Futsal. A sensacional equipe de Uruguaiana é uma das equipes que está na final. Derrotou em casa a fortíssima equipe do Fortaleza dos Valos, time que tirou a Assaf da competição. Muita festa na comunidade local e, inclusive, com direito a carro de bombeiros. Os caras subiram da Prata para a Série Ouro. Lá não teve problemas para os bombeiros emprestarem o caminhão para o desfile.

Na outra semifinal, não terminou

Passo Fundo e Parobé entraram em quadra também no último sábado para decidir a outra vaga para a final da Série Prata. Contudo, a partida não terminou por falta de segurança. O Parobé perdeu a primeira partida em casa e precisa vencer no tempo normal em Passo Fundo. No segundo tempo, marcou com o ala Saraiva e depois só deu Passo Fundo em busca do empate. Mas uma confusão envolvendo a comissão técnica do Parobé e seguranças locais fez com que o jogo ficasse paralisado. O delegado chamou a Brigada Militar, que não possuía um número exigido pelo regulamento, e a arbitragem resolveu cancelar a partida por falta de segurança. Assim sendo, o jogo deverá recomeçar de onde parou, se assim a justiça desportiva entender.

Parabéns a nossa Brigada Militar

Vou ser bem sincero e não tenho por que fazer elogios deliberados para a nossa corporação local. Contudo, tenho andado por todos os municípios deste estado, seja no futsal ou campo, e tenho visto que Santa Cruz é um local privilegiado. É altamente profissional o trabalho da Brigada Militar. Este ano, por exemplo, estive em dez cidades diferentes com o futsal da Assaf e, em nenhuma, eu vi a Brigada Militar nos ginásios. Apenas seguranças contratados e um delegado da FGFS tentando passar bem-estar para os visitantes. Aqui em Santa Cruz, seja nos jogos da Assaf, Avenida ou Santa Cruz, a Brigada é presença constante. Como militante do esporte, parabenizo o trabalho da nossa Brigada por tudo o que eles fazem em prol do nosso esporte. Em Passo Fundo, o jogo parou porque os seguranças contratados foram irresponsáveis. Será necessário para o ano que vem, que a FGFS reveja esta possibilidade de contratação de seguranças, que em alguns casos não possuem qualificação para tal trabalho.

Retomar os treinos

O Projeto Pés no Chão deu certo, e os jovens não querem parar. Fiquei sabendo que alguns foram pedir ao técnico Cléber Pereira a continuação dos treinos no Ginásio Poliesportivo. Sem dúvida de que o foco destes jovens é muito grande em buscar algo melhor para cada um. Parabéns.