Edição do dia 21/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Série Ouro de Futsal: Assaf perde primeira como mandante
ESPORTES - Tricolor jogou em Vale Verde e foi derrotado por 5x3
Copa Cidade Miller define os playoffs
ESPORTES - Competição encerrou a fase classificatória
Aliança goleia São José e cresce na Copa CFC Celso
ESPORTES - Mobilização é pela realização da primeira etapa da Olimpíada Rural, no próximo domingo
Troca de mensagens: Sergio Moro adia ida à Câmara
POLÍTICA - Ministro viajou para os Estados Unidos no último fim de semana e não comparecerá à audiência pública
Seleção feminina cai na prorrogação diante da França
ESPORTES - Brasil foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo
Avenida perde nos pênaltis e está fora da Série D
ESPORTES - Caxias classificou-se dentro dos Eucaliptos com vitória nas penalidades por 6 a 5
Brasil goleia Peru e jogará quartas de final na Arena do Grêmio
ESPORTES - Time brasileiro ficou com o primeiro lugar do Grupo A da Copa América
Copa Cidade tem três jogos no final de semana
ESPORTES - Rodada conta com os últimos confrontos da fase classificatória
Patinação: Copa XLise e Festival 25 anos movimentam Poliesportivo
ESPORTES - Evento ocorre neste sábado e movimenta patinadores de todo o Estado
Mais de 10 mil peças para aquecer os cabraisenses
GERAL - Distribuição das roupas arrecadadas ocorreu nesta terça-feira (18) para centenas de famílias moradoras de Novo Cabrais
Lixo eletrônico será recolhido na terça
GERAL - Mutirão da prefeitura vai passar por todas as localidades para coletar os materiais e dar o destino correto aos mesmos
Ipiranga leva a livre e Associação conquista o veterano
ESPORTES - Novo Cabrais conheceu os campeões do municipal de futebol sete, na última sexta-feira, no Centro Desportivo Municipal
Bela Vista e Flamengo jogam nesta sexta
ESPORTES
Copa Feminina: Brasil pega a França
ESPORTES
Série Ouro: Assaf faz parceria e vai jogar em Vale Verde
ESPORTES
Copa América: Diante do Peru, tentativa de reação
ESPORTES - Seleção Brasileira passa por fase de incertezas. Em 1989, time superou dificuldades
São Martinho é campeão em Monte Alverne
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida precisa de vitória simples
ESPORTES - Torcida deverá lotar o Estádio dos Eucaliptos, domingo, às 16h, contra o Caxias, valendo classificação

Enxugando Gelo

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 03/11/2017

A realidade nacional e mundial tem dado indícios claros de que a guerra contra as drogas ilícitas está quase perdida, onde o alarmante uso de drogas em quase todos os extratos da sociedade tornou algo rotineiro e quase que tolerado pela sociedade. Notícias diárias dão conta de apreensões enormes de drogas em todo o país, mas tal atividade policial é classificada pelas autoridades de estarem “enxugando gelo.”

O questionamento que devemos fazer é: Quais as motivações que levam hordas de jovens e adultos consumirem algo que comprovadamente é autodestrutivo?  Certamente que não há uma explicação para tal fenômeno, mas tenho para mim que há alguns elementos do nosso tempo que contribuem para tal condição, os quais pretendo abordar de forma sucinta no presente texto.
 

O primeiro elemento que considero muito significativo é a solidão dos tempos atuais. Nunca tivemos tantos conhecidos e tão poucos amigos. Não encontramos no outro uma fonte de inspiração. Ao contrário, o problema sempre é o outro, ou melhor, o inferno, como dizia Sartre. Não sei se no passado já tivemos mais amigos, mas certamente tivemos a necessidade antropológica de viver em grupo e se proteger sob pena de sermos dizimados pela natureza ou por outras tribos. Assim, considero que um elemento a ser abordado nos lares, nas escolas e nas instituições em geral é a reaproximação dos indivíduos na compreensão holística, de que uma sociedade melhor somente é possível quando enxergarmos no outro um pouco de nós mesmos.
 

O segundo, e talvez o mais importante, é ter amor próprio, pois não possível acolher o outro se temos dificuldades em aceitar-se com nossas virtudes e defeitos. A ausência deste autocuidado nos leva a atitudes suicidas, onde a droga entra e faz o papel altamente destruidor e que atinge todos do entorno.  Assim é necessário estar alerta para os sinais da autodestruição, em especial saber que a companhia droga é breve e muito desleal.  
 

Desta forma, para vencer o flagelo que atinge a sociedade, além de combater o tráfico, é necessário dar atenção aos consumidores que movimentam o mercado muito lucrativo da droga, quais são as motivações que levam multidões ao consumo frenético de algo sabidamente destrutivo, pois não podemos continuar fabricando gelo e depois de forma inútil tentar secar.