Edição do dia 19/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Copa CFC Celso tem rodada em Alto Linha Santa Cruz, no domingo
ESPORTES - Líder João Alves encara o Rio Pardinho na primeira partida da tarde
Mundial Unisc de futsal feminino ocorre neste final de semana
ESPORTES
Copa Cidade: Esmeralda vence o Unidos da Villa
ESPORTES - Jogo aconteceu no estádio da Timbaúva, no Arroio Grande
Portaria amplia setores com trabalho permanente no domingo e feriado
GERAL - A portaria está publicada no Diário Oficial desta quarta-feira
Brasil empata com a Venezuela pela Copa América: 0 a 0
ESPORTES - Líder do Grupo A, Canarinho volta a campo sábado (22), contra o Peru
'Joga Pouco, Ajuda Muito' acontece nesta quinta
ESPORTES
Segundona Gaúcha: Presidente do Galo lamenta desclassificação
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida segue forte
ESPORTES - Direção espera estádio lotado para decidir vaga no segundo jogo, em casa, contra o Caxias
Computação Desplugada é realidade em escolas públicas de Santa Cruz do Sul
EDUCAÇÃO - Material didático do projeto Computação na Educação foi lançado na tarde desta terça-feira, 18, na Unisc
Ensino das escolas é discutido em todo o país
EDUCAÇÃO
Thiago Porto: enaltecendo a cultura santa-cruzense
VARIEDADES - Com mais de um milhão de visualizações no YouTube músico se prepara para mais um lançamento
Restaurante Mafalda: há 18 anos servindo gastronomia de qualidade
GERAL - O estabelecimento conta com buffet tradicional e buffet para viandas
Oficina de Apoio às Famílias será na próxima terça-feira
GERAL - O Riovale Jornal entrevistou a advogada Dra. Andjanete L. Mess Hashimoto, que explica o procedimento das atividades
Câmara aprova projeto de segurança
GERAL
Mercur chega aos 95 anos com livro publicado
EMPRESARIAL - Curso para inspirar um mundo mais colaborativo também foi disponibilizado
Corpus Christi: Fé e arte para celebrar a data
RELIGIÃO - Celebração inicia às 9 horas com missa na Catedral São João Batista e após procissão segue pelas principais ruas
Quem é contra a reforma da Previdência Social não é contra o Brasil
OPINIÃO
Um novo INSS
OPINIÃO

Afinal de contas, quem é o Zezinho?

Focando no Esporte - Júlio Mello - 27/12/2017

Na edição de hoje, vamos falar de uma pessoa altamente ligada ao nosso esporte local. Uma justa homenagem ao seu Darcilo Gressler, que vai completar 80 anos em 2018. O leitor vai ficar sabendo um pouco da sua história voltada ao futebol da nossa região e ainda vai descobrir por que o apelido de Zezinho.

Darcilo Gressler, 79 anos, nasceu em Santa Cruz e mora até hoje em Rio Pardinho, com a esposa Ereci Oldete Oldenburg e tem dois filhos, Márcia e Marcos Gressler. Sua relação com o esporte começou quando ele estudava no Colégio Mauá, lá no ano de 1952. Proibido de jogar futebol, ele treinava escondido: “O meu nome não podia aparecer de maneira alguma. Eu fazia muitos gols naquele tempo e aí me convidaram para jogar. Como não podia aparecer o meu nome, eles me chamavam de Zezinho”.

Em 1957, disputou o primeiro campeonato estadual de futsal pelo Corinthians, que acabou sendo campeão. Ou seja, o futsal teve seu início em Santa Cruz com o Tricolor.

Zezinho começou a jogar futsal pelo CorinthiansZezinho começou a jogar futsal pelo Corinthians Crédito: Julio Mello

Sempre goleador

Em seu grande repertório de documentos de quando jogou futebol, Zezinho tem guardado várias reportagens (algumas feitas por ele) dos jogos em que ele fazia muitos gols. Ele foi apontado como o ‘canhão do interior’. Jogou também pelo Avenida e pelo Futebol Clube Santa Cruz. Jogou no Avenida a convite de um amigo: “Mas foi só um ano. Joguei dois anos no Santa Cruz”. Onde conheceu e jogou ao lado do Luís Carlos Marques, o famoso Palito. Depois foram campeões juntos no Rio Pardinho: “O Palito também jogou muito futebol”.

Palito ergue a taça de campeãoPalito ergue a taça de campeão Crédito: Reprodução/RJ

Campeão com 16 anos de idade

Em seu primeiro campeonato de futebol amador, Zezinho colocou a sua primeira faixa no peito. A partida histórica foi entre Grêmio Esportivo Sinimbu x Daer, realizada no Estádio dos Eucaliptos, em 1955. O Sinimbu, sua equipe, venceu por 3x1: “Não fiz nenhum gol neste jogo”, contou ele, dando risada.

Santa Cruz ou Avenida?

Darcilo Gressler jogou nas duas maiores equipes da nossa cidade. Em 1959, atuou pelo Periquito, a convite de um amigo e morador próximo de sua casa: “Joguei no Avenida devido ao convite do presidente Kappel. Depois em 1961 e 1962, atuei pelo Santa Cruz”. Contudo, sua maior paixão é o Rio Pardinho: “Aqui eu fui jogador, secretário, presidente. Fui de tudo aqui no nosso time”. Zezinho continua morando a poucos metros do campo.

Ele era o dono da bolaEle era o dono da bola Crédito: Reprodução/RJ

Jogou por 30 anos

O ‘canhão do interior’ fala com muita satisfação que, em 30 anos de futebol, nunca teve uma lesão significativa. Segundo ele, a preparação física mudou muito com o decorrer dos anos, e a alimentação também é um fator para ser levado em conta: “Em 30 anos de futebol, nunca tive uma lesão. Já falei para muita gente que a alimentação é muito importante para os atletas”. Para ele, o torresmo sempre foi o seu alimento principal para não ter lesão.

Muito mais histórias ainda para contar

Na verdade, falar deste senhor, uma enciclopédia do nosso esporte amador, é voltar no tempo e relembrar fatos do nosso amador e profissional que poucos sabem. Darcilo Gressler, o Zezinho, tem um museu completo de tudo o que se passou em nossa cidade em termos de futebol. Uma justa homenagem a este senhor, que vai completar 80 anos no dia 18 de agosto de 2018. Para este jornalista, é uma honra poder escrever sobre esta pessoa ilustre do nosso esporte. Podemos dizer que ele viveu e ainda vive uma história muito linda no meio esportivo. Portanto, parabéns ao senhor Darcilo Gressler. Um abraço e muita saúde.

Zezinho tem museu completo sobre o futebol da cidadeZezinho tem museu completo sobre o futebol da cidade Crédito: Julio Mello

Jornal registra os 50 anos do Esporte Clube Rio PardinhoJornal registra os 50 anos do Esporte Clube Rio Pardinho Crédito: Reprodução/RJ