Edição do dia 18/02/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

RGE na Praça estará em Santa Cruz nesta terça-feira
GERAL
Lixo eletrônico será recolhido nos bairros
GERAL
Avenida já projeta amistoso contra o Passo Fundo
ESPORTES - Treinador quer diminuir os erros visando a estreia em março
Terreiro realiza festa de Yemanjá
RELIGIÃO
Mantenedora do CVV em Santa Cruz necessita de doações
SAÚDE
Quantas famílias são beneficiadas com aluguel social?
GERAL
Projeto também chega ao CRAS Beatriz
GERAL
Inscrições abertas para a oficina de costura
GERAL
Campanha incentiva doação de órgãos
SAÚDE
HSC abre edital para 2ª chamada da residência médica
SAÚDE
Corte a gordura, não corte os músculos
OPINIÃO
O Imposto do pecado (parte 2)
OPINIÃO
A vida é irônica
EDITORIAL
Amigos do Cinema retorna nesta terça-feira
VARIEDADES
Bailinho da Borges reúne 12 mil foliões
GERAL - Realizado no último sábado, 15, grande público marcou presença com fantasias e adereços carnavalescos
Concurso da prefeitura movimenta Santa Cruz
GERAL - Certame gerou grande fluxo de pessoas e focos de congestionamentos na cidade
NPOR incorpora novos alunos
GERAL - Cerimônia foi realizada na manhã de ontem no Pátio Duque de Caxias
Sinprom projeta ano letivo da categoria
EDUCAÇÃO

Feliz aniversário

Focando no Esporte - Júlio Mello - 05/01/2018

Fazer 74 anos é para poucos clubes no Brasil. O Avenida é um deles. Comemora neste sábado 74 anos de história e de muitas glórias. O Periquito, como é conhecido e chamado por este jornalista de Clube do Povo, não é somente um clube de futebol. Lá nos Eucaliptos são vividas ao extremo paixões, amizades, famílias, trabalho e, claro, tem futebol, e de primeira. Não conheço o Avenida há poucos dias. Tenho com este clube uma vivência bem longa. Bem antes de pensar em ser jornalista, eu atuava como jogador com a camisa verde. Joguei nos juniores e fiz parte do grupo principal em alguns anos. Naquele tempo, o finado Gabriel Porto, o Cuca, pai do Matheus Porto, este ótimo advogado que temos aqui na cidade, isso mesmo, o Cuca, foi meu treinador. Joguei no Galo, mas muito pouco. A minha história maior foi com o Periquito mesmo. Depois de largar a bola, fui ser setorista do clube pela Rádio Santa Cruz, onde transmiti grandes jogos e aprendi a gostar das pessoas que por lá passaram. Hoje trabalho como assessor de imprensa. Parabéns, Avenida, por mais esta data tão significativa.

Amistoso é domingo

O amistoso contra o Cruzeiro de Porto Alegre está marcado para este domingo, às 17h, nos Eucaliptos. No meio da semana, o técnico Fabiano Daitx comandou um jogo-treino contra o Linha Santa Cruz, onde foram usados a garotada da base e alguns atletas com pouco ritmo de jogo. O Periquito venceu por 2x0, dois gols do atacante Airton. O preço do ingresso para domingo, será de R$ 10,00.

Grandes treinadores

No Avenida, eu trabalhei com treinadores de alta qualidade e sabedoria. Daltro Menezes,Vacaria, Suca, Hélio Vieira, Tonho Gil, Beto Campos, Cuca, Nestor Simionatto, Gilmar Iser, Paulo Sérgio Poletto e  Régis Amarante. Agora estamos com o Fabiano Daitx. Poletto talvez tenha sido o mais emblemático de todos. Aprendi muito com todos eles e creio que a vida é sempre um aprendizado.

Comissão técnica do AvenidaComissão técnica do Avenida Crédito: Julio Mello

Triangular no Galo

O Estádio dos Plátanos vai ter, neste domingo, um dia recheado de futebol feminino. Estarão disputando um triangular as equipes do Futebol Clube Santa Cruz, Lajeadense e Guarani de Lajeado. Uma boa pedida para quem ama o futebol feminino e poderá conferir o bom futebol da Claudinha, que já foi chamada, inclusive, para jogar no Inter de Porto Alegre. 

Grandes jogadores

O Avenida teve grandes jogadores em todas as partes do campo. Por lá tivemos Rogério Cabeça, um dos maiores goleadores. Geraldo Coalhada, pai do Cassiel Dick, agora repórter da Rádio Santa Cruz. O Quinho, que gostava de fazer gols de falta. O atacante Alvinho, que hoje é secretário da Fazenda de Santa Cruz. Teve o Jorjão, um meia que batia falta de tudo que é lugar do campo. Jogou em 1999, ano em que o clube teve várias conquistas regionais. E, por fim, uma das lendas e que ainda atua é o meia Alexandre. Este tem uma história linda de serviços prestados ao clube. Certamente, o que mais jogou pelo clube em 13 anos consecutivos.

Direção forte e competente

O Avenida sempre teve um histórico de bom pagador e de um clube organizado. Com a chegada de Jair Eich em meados de 2005, isso se tornou mais forte ainda. Hoje, todo jogador sabe que jogar no Avenida é sinônimo de receber em dia e de ter uma boa condição de trabalho. Existe uma gama de profissionais que atuam no dia a dia em prol da equipe que atua dentro das quatro linhas. O presidente Jair Eich e o vice-presidente de Futebol, Guilherme Eich, comandam o clube e fazem de tudo para que os profissionais tenham tudo à disposição para obterem o sucesso dentro de campo. Tem sido assim nos títulos alcançados nos acessos obtidos com as suas lideranças. Sei que o sonho do presidente é bem mais alto, e vamos torcer para que se torne uma realidade.

“Gostei do que vi”, afirma Novelletto

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto, esteve em visita ao Estádio dos Eucaliptos na última quarta-feira. Conferiu as obras do estádio, acompanhado do presidente Jair Eich, do vice-presidente de Futebol, Guilherme Eich, e do técnico Fabiano Daitx. Novelletto afirmou ter gostado das melhorias apresentadas pelo Avenida, proferindo elogios não só para a parte estrutural, mas também para o planejamento a longo prazo apresentado pelo clube. Bem como a permanência de jogadores e outras pessoas que estiveram presentes na conquista do acesso para a Série A.

Jair Eich, Guilherme Eich, Ramon Pedreira e Francisco NovellettoJair Eich, Guilherme Eich, Ramon Pedreira e Francisco Novelletto Crédito: Julio Mello