Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL
Persuasão interna é o caminho para a alta performance
GERAL

História e segredos

As Sete Chaves do Código Galileu Galilei - A. Z. Adonai

A Leitura que Habito - Luana Ciecelski - 06/03/2018

Que Santa Cruz do Sul tem uma gama de bons escritores, não é novidade pra ninguém. Mas a variedade do que eles escrevem só é percebida quando paramos pra refletir sobre o que já foi publicado por autores daqui. Há poesias, quadrinhos, contos, crônicas e romances, e dentro dessa última categoria, temos histórias de amor, baseadas na realidade ou não, livros que retratam a vida por aqui ou que foram trabalhados em cima disso, e há também histórias inteligentes segredos a serem desvendados. Não precisamos de “O Código da Vinci” quando temos “As Sete Chaves do Código Galileu Galilei”.

Crédito: Luana Ciecelski

Escrito por A. Z. Adonai - pseudônimo utilizado pelo autor Odilon Blank – o livro relata a busca de um homem por um segredo deixado pelo físico e astrônomo, Galileu Galilei. Em 1633, Galileu foi preso e julgado pela Igreja Católica por declarar que a Terra é que girava em torno do Sol, e não o contrário. Para não ser condenado à morte, ele concordou em negar suas afirmações e foi então condenado à prisão domiciliar. O enredo do livro trabalha com a ideia de que ele teria voltado atrás em suas afirmações, apenas para poder viver e deixar para as gerações futuras a verdade. Sobre a Terra e o Sol, mas também espiritual e religiosa, uma mensagem de paz e de amor. 

Mas condenado e observado, Galileu não poderia fazer isso abertamente. Dessa forma, na história do livro ele foi o criador de uma ordem secreta denominada “Esclarecidos”. Essa ordem sobreviveu até os dias de hoje, mas ainda hoje não conseguiu desvendar todos códigos deixados. E é aí que entra nosso personagem principal, que leva o nome do pseudônimo – Adonai. 

O texto trabalha fortemente com fatos histórico e religiosos, abordando principalmente o radicalismo, o que isso já causou à humanidade – como a morte de diversos homens da ciência, tal qual Giordano Bruno, por exemplo - e o que ainda pode causar. Mas no meio disso tudo, também traz elementos de ficção que tornam o enredo interessante, como por exemplo, uma aventura na Europa na busca pelas pistas deixadas por Galileu, encontros da Ordem dos Esclarecidos e, claro, textos deixados pelo “mestre” Galilei. 

Como a história é narrada pelo próprio pseudônimo e como em algumas ocasiões ele fala diretamente ao leitor, fica a sensação de ainda mais veracidade na história e quem começa a ler dificilmente tem vontade de parar. Por outro lado, porém, preciso avisar: o texto traz detalhes bastante fortes a respeito da história religiosa, especialmente da Igreja Católica, ele desconstrói diversos mitos e crenças, e fala abertamente sobre situações construídas ao longo da história para manter o poder ou aumentar a riqueza. 

Por tudo isso, eu indico a leitura. Acho que ela chama as pessoas para a reflexão, abre os olhos para diversos acontecimentos, nos ensina a ser mais questionadores e também a ver como a vida mudou nos últimos séculos. As Sete Chaves do Código Galileu Galilei foi lançado em 2006 pela editora Bodigaya.