Edição do dia 16/07/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Prefeitura decreta ponto facultativo dia 26
GERAL
Isnar Amaral estará no Espaço de Vie
GERAL
De olho no futuro do comércio
ECONOMIA
Comerciantes veem futuro positivo
ECONOMIA - Reformas propostas pelo governo Bolsonaro lançam esperança na economia local
Liquidações prometem aquecer as vendas
ECONOMIA
Restaurante da Gruta dos Índios: Novas instalações inauguram nesta quinta-feira
GERAL - Com espaço ampliado, estabelecimento vai preservar a cultura alemã oferecendo alimentos, bebidas típicas e artigos em um só local e fora de época
Cisvale poderá facilitar a abertura de novas agroindústrias
ECONOMIA - Entraves burocráticos que têm tornado demorada a liberação de alvarás poderão acabar
Evento de moda e beleza prepara noite de gala
VARIEDADES
HSC sedia curso do Coren sobre código de ética
SAÚDE
Vamos ajudar a Duda!
VARIEDADES
Colégio Dom Alberto: há 17 anos proporcionando ensino de qualidade
EDUCAÇÃO
Gesc embarcou no último domingo para os EUA
GERAL - Participantes saíram rumo ao Jamboree Mundial que reunirá aproximadamente 45 mil pessoas
Premiados no município serão conhecidos na próxima quinta-feira
EMPRESARIAL
Assembleia vai eleger o novo presidente
GERAL - Concessão da RSC-287 estará em pauta durante a reunião
Bom companheirismo - Permanente Bandeira
OPINIÃO
Aposentadoria Especial e continuidade na função insalubre
OPINIÃO
Sobre a Reforma da Previdência
OPINIÃO
Etapa de Santa Cruz: Piloto argentino retorna à Stock Car
ESPORTES

Os varões do Tabajara

Os Varões Assinalados - Tabajara Ruas

A Leitura que Habito - Luana Ciecelski - 03/04/2018

Olá pessoal, tudo bom? Hoje vim aqui pra falar de um livro que eu sentia vontade de ler há muito tempo, vontade que só aumentou depois da última Feira do Livro de Santa Cruz – em setembro do ano passado – quando tive contato com o autor, Tabajara Ruas. Trata-se dos Varões Assinalados. Os motivos para a minha vontade, eram três. O primeiro, a força de Tabajara porque sempre soube que ele era um grande escritor. Segundo, o fato de o livro nos contar a história da Revolução Farroupilha, episódio histórico que eu adoro. E terceiro, pelo fato de que uma das minhas escritoras favoritas – a Letícia Wierzchowski – teve sua inspiração para escrever A Casa das Sete Mulheres a partir dessa história, como ela mesma contou quando esteve aqui em Santa Cruz na Feira do Livro, junto com o Tabajara. 

Os varões do TabajaraOs varões do Tabajara Crédito: Luana Ciecelski

Dito isso, vamos à história. Como já disse ali em cima, esse livro nos conta sobre A Revolução Farroupilha. São 543 páginas onde estão inseridos os principais acontecimentos dos 10 anos de guerra, sob o ponto de vista dos principais comandantes da revolução, como Bento Gonçalves, Netto, Onofre Pires, Canabarro, entre outros. E preciso dizer: eu tinha muitas expectativas em relação ao livro, e todas foram alcançadas e superadas. Foi uma leitura incrível e desde já eu indico ela para todos. 

E não são só os fatos históricos que me interessaram, mas a forma como eles são contados é muito interessante. Os pontos de vista diferentes, que incluem as conversas e pensamentos dos imperialistas ajudam a compreender a guerra – mesmo que Tabajara tenha se utilizado de um pouco de ficção para preencher lacunas e contar detalhes. Também ouvimos falar muito de Rio Pardo, cidade vizinha à nossa, à qual Santa Cruz pertenceu, inclusive. A Batalha do Barro Vermelho que aconteceu ali em 1838 é contada em detalhes. Ao terminar de ler o livro, eu me sinto um pouco mais conhecedora desse meu Rio Grande e da história da nossa região. 

E por fim, outro ponto que eu adorei foi o alívio cômico de alguns momentos. Quem leu A Casa das Sete Mulheres – como eu - se acostumou a ver a história do ponto de vista feminino, a partir dos relatos de Manuela em seu diário, dos diálogos das mulheres da família de Bento Gonçalves durante suas esperas. E nesse livro, ao contrário daquele, eles são homens. Homens meio brutos, grosseiros. Alguns praticamente iletrados. Todos acampados durante anos, sob sol e sob chuva. E é engraçada essa grossura deles em alguns pontos. 

Dito isso, reitero aqui a indicação da leitura desse livro e desse escritor gaúcho que é bom demais.

SOBRE O LIVRO

Título: Os varões assinalados
Autor: Tabajara Ruas
Editora: Mercado Aberto
Lançamento: 1985
Páginas: 543