Edição do dia 06/12/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Operação Papai Noel começa na próxima Terça-feira
GERAL - A novidade é a implantação da uma base móvel, equipada com câmeras, computadores e outros dispositivos de segurança
Multi Espaço VIA 9: cultura, educação e um bom café
GERAL - O local conta com loja de artesanatos e realiza diversos eventos e atividades
Neste sábado tem Prefeitura nos Bairros
GERAL
Feira do Livro de 2020 será em maio
GERAL - Patrona, Homenageado e Personalidade Incentivadora da Leitura foram divulgados nesta sexta-feira
Secretaria de Cultura registra 172 entes e agentes culturais
POLÍTICA - Cadastro havia sido fechado em agosto, mas foi reaberto no mês passado
Força-Tarefa fiscaliza supermercado no centro
GERAL - Ação realizou a segunda operação do grupo em Santa Cruz nesta semana
Campanha realiza exames preventivos gratuitos de câncer de pele neste sábado
SAÚDE - Os atendimentos acontecem das 9h às 15h, no Ambulatório do COI do Hospital Ana Nery
Greve do Magistério atinge mais de 1,5 mil escolas
EDUCAÇÃO - Com 80% de participação da categoria, a greve é considerada histórica
Economista dá dicas para utilizar o 13ºsalário
ECONOMIA - O pagamento é uma oportunidade para colocar as finanças em dia, afirma Silvio Cezar Arend
Cartório ainda aguarda mais de 30 mil para recadastramento biométrico
GERAL
Inscrições abertas para o Educar-se nas Férias 2020
EDUCAÇÃO
Alta no preço da carne resulta no aumento da Cesta Básica
ECONOMIA
Saiba os dias de abertura do comércio neste Natal
GERAL
Novo Cabrais: Bryan é mais um ganhador da promoção
GERAL
Novo Cabrais: Escolinha ACF é campeã geral da Uef Cup
ESPORTES
Abertura da Christkindfest acontece hoje
VARIEDADES - Programação se estende até o dia 22 de dezembro, com atividades artísticas e culturais e Casa do Papai Noel
Storch Contabilidade conta com novas e modernas instalações
GERAL
Novo Cabrais: Proerd forma 34 alunos
GERAL

Escolas ou Presídios

Valério Garcia - 13/04/2018

Muito se tem falado ou discutido sobre a onda de violência que vem assolando nosso País, de norte a sul. Ao ligar nossa televisão ou ao abrir qualquer página de jornal, nos deparamos com as mais aterrorizantes cenas de violência. E essas cenas envolvem as mais diferentes faixas etárias, profissões, sexos enfim, quase tudo e todos. As causas dessa frenética tempestade são as mais diversas possíveis. A drogatização tem pontuado como uma das maiores causas entre jovens e adultos desta calamidade chamada violência; e ela não é somente urbana, já tem chegado ao meio rural, infelizmente.
As pessoas ficam procurando alternativas para a repreensão e combate efetivo a esse problema, às vezes com mais violência ainda. Violência gera violência, mas dependendo do fato, não tem como ser diferente pois os bandidos não tem nenhum escrúpulo. As mortes se amontoam entre todas as partes e famílias ficam cada vez menores e mais desesperadas. É o preço mais caro que a violência nos impõe.
Como combater esse mal que está destruindo pouco a pouco nossa espécie? Não tenho dúvidas: a Educação é o melhor, senão o único caminho ou remédio a ser administrado. Quando falo em educação não estou falando apenas nas Escolas, mas também na educação vinda direto do berço familiar. Todos já ouvimos a frase de que “a educação deve começar em casa”. Desde pequeno a criança já deve ter seus limites bem delineados e norteados para que cresça num ambiente onde direitos e deveres existem, e devem ser respeitados. Evidenciar a empatia nas relações de convivência. Nossa liberdade não pode ultrapassar o limite da liberdade de outra pessoa. Respeito aos limites e diferenças é outro aspecto que deve ser trabalhado nas relações de convivência.
O uso da força e o cerceamento da liberdade é o último recurso a ser utilizado, e já sabemos que produz efeitos indesejados. Poucas pessoas são recuperadas dentro dos presídios ou assemelhados. É um sistema onde as coisas pioram ao invés de melhorar. Muito melhor que tentar curar uma doença com remédios de eficácia dúbia, é procurar preveni-la. 
O remédio eficaz para evitar-se a construção de presídios, é a construção de Escolas. Parece que muitos governantes pensam o contrário. É por isso que estamos desse jeito. Enquanto a Educação não for prioridade nesse país, estaremos sempre na mão dos mesmos. Bom final de semana.