Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

Para onde nos leva o futuro?

Osvino Toillier - 27/04/2018

As previsões para o futuro não são nada alentadoras, mas não deveria ser assim. Afinal a caminhada do homem na face da terra é para a consolidação de uma jornada de conquistas de proteção à vida, da cultura, dos valores, das crenças, do trabalho e não para colocar em risco tudo que construído ao longo das gerações.
 Leio com apreensão que a “tecnologia é uma máquina de destruir trabalho”, realidade que está se consolidando pela quarta Revolução Industrial. A automação gradativamente está eliminando postos de trabalho, e os robôs passam a executar funções absolutamente inimagináveis, como realizar delicadas cirurgias.
A questão é se perguntar quais as implicações na vida humana do avanço da tecnologia? Qual é o limite entre o real e o virtual? Será que temos de só festejar os avanços sem estarmos preocupados com os riscos para a própria humanidade? Quais as implicações para o mundo do trabalho da crescente automação?
Queiramos ou não, a vida avança irremediavelmente, em velocidade que não é mais possível controlar. Nosso desafio é cuidar da formação do ser humano, para que as crianças e os jovens cresçam com referências humanos, com cuidado especial com a vida no planeta, a preservação de todas as espécies e, particularmente, o ser humano, vítima das diferentes crises humanitárias, em decorrência da disputa de poder entre as grandes potências.
Acreditávamos que após as grandes guerras teríamos finalmente aprendido que a paz é o melhor investimento, mas nos equivocamos: a guerra rende muito mais, razão por que as armas continuam ditando as regras nas relações internacionais.
Infelizmente, o caminho do futuro continua sinalizando pouca esperança para a paz, o que nos deixa em débito com as futuras gerações, que apostavam em nosso bom senso e sabedoria.