Edição do dia 21/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Série Ouro de Futsal: Assaf perde primeira como mandante
ESPORTES - Tricolor jogou em Vale Verde e foi derrotado por 5x3
Copa Cidade Miller define os playoffs
ESPORTES - Competição encerrou a fase classificatória
Aliança goleia São José e cresce na Copa CFC Celso
ESPORTES - Mobilização é pela realização da primeira etapa da Olimpíada Rural, no próximo domingo
Troca de mensagens: Sergio Moro adia ida à Câmara
POLÍTICA - Ministro viajou para os Estados Unidos no último fim de semana e não comparecerá à audiência pública
Seleção feminina cai na prorrogação diante da França
ESPORTES - Brasil foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo
Avenida perde nos pênaltis e está fora da Série D
ESPORTES - Caxias classificou-se dentro dos Eucaliptos com vitória nas penalidades por 6 a 5
Brasil goleia Peru e jogará quartas de final na Arena do Grêmio
ESPORTES - Time brasileiro ficou com o primeiro lugar do Grupo A da Copa América
Copa Cidade tem três jogos no final de semana
ESPORTES - Rodada conta com os últimos confrontos da fase classificatória
Patinação: Copa XLise e Festival 25 anos movimentam Poliesportivo
ESPORTES - Evento ocorre neste sábado e movimenta patinadores de todo o Estado
Mais de 10 mil peças para aquecer os cabraisenses
GERAL - Distribuição das roupas arrecadadas ocorreu nesta terça-feira (18) para centenas de famílias moradoras de Novo Cabrais
Lixo eletrônico será recolhido na terça
GERAL - Mutirão da prefeitura vai passar por todas as localidades para coletar os materiais e dar o destino correto aos mesmos
Ipiranga leva a livre e Associação conquista o veterano
ESPORTES - Novo Cabrais conheceu os campeões do municipal de futebol sete, na última sexta-feira, no Centro Desportivo Municipal
Bela Vista e Flamengo jogam nesta sexta
ESPORTES
Copa Feminina: Brasil pega a França
ESPORTES
Série Ouro: Assaf faz parceria e vai jogar em Vale Verde
ESPORTES
Copa América: Diante do Peru, tentativa de reação
ESPORTES - Seleção Brasileira passa por fase de incertezas. Em 1989, time superou dificuldades
São Martinho é campeão em Monte Alverne
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida precisa de vitória simples
ESPORTES - Torcida deverá lotar o Estádio dos Eucaliptos, domingo, às 16h, contra o Caxias, valendo classificação

A Escola Cidadã

Valério Garcia - 27/04/2018

A grande maioria das pessoas ouviu de seus pais a seguinte frase: “Quero dar aos meus filhos o estudo que não tive..!” Certamente, alguns de nós já ouviram essa fala. E essa colocação ressalta a importância da Educação e do conhecimento para nossa vida, para nossos filhos. E quando se fala em Educação, obviamente nos vem na lembrança, uma Escola com qualidade suficiente para suprir nossos anseios referentes ao conhecimento. Mas que Escola seria essa? 
 No início do século XIX a Escola foi estruturada na concepção das teorias de Taylor. Essas teorias foram desenvolvidas por Henry Ford e baseavam-se na produção sistemática do trabalho. Trata-se de uma organização escolar fragmentada, com direcionamentos curriculares específicos e profundamente hierarquizada. O professor é quem ensina e o aluno, quem aprende.  A sala de aula torna-se um ambiente voltado à competição, com premiação aos melhores colocados, através de processos de avaliação com ênfase à quantificação do conhecimento adquirido. O que mais preocupa nesse modelo é a alta evasão escolar daqueles que, por um motivo ou outro, não atingem os objetivos mínimos impostos e engrossam as listas de reprovações. Sem que percebamos, o caminho a ser trilhado torna-se mais competitivo e individual, onde o mérito é motivo de premiação. 
Atualmente as crianças estão indo cada vez mais cedo à Escola. Já comentamos sobre isso. A legislação vigente obriga municípios e estados a ofereceram vagas para nossas crianças a partir dos 4 anos de idade. A Escola não é mais um privilégio de alguns e sim, uma obrigação de todos! Profundas modificações comportamentais ocorreram nos últimos anos no cotidiano das pessoas. Os arranjos familiares diversificaram-se, as crenças e os avanços tecnológicos multiplicaram-se, entre outras alterações que vemos todos os dias. 
A Escola de hoje deve voltar-se para a Cidadania. Estamos precisando muito de “gente” em nossas vidas. Não que os “gênios” não sejam importantes... O mundo está em constante movimento social, e esse movimento, é perceptível a todos, e em todos os instantes pelos meios de comunicação, numa velocidade voraz indescritível. A Escola deve ser um elo de ligação entre a vida real e subjetiva, numa mediação constante do que é melhor, não somente para mim, mas para o meu semelhante, também! A ética está sucumbindo quando vêm à tona o capitalismo.  Esquecemos que a espécie humana faz parte do Planeta, e queremos apropriarmo-nos dele sem escrúpulos para o alcance de nossos sórdidos objetivos. Por causa do dinheiro o homem esquece que tem direitos e deveres perante a sociedade. Parece que tudo tem um preço, e isto não pode ser verdadeiro! Tem coisas que jamais o dinheiro conseguirá comprar e nós sabemos disto.
Devemos acreditar enfaticamente na Educação e nas nossas Escolas Humanistas pois já dizia o grande Mestre Nelson Mandela: “A Educação é a arma mais poderosa que temos para mudar o mundo.” Bom final de semana!