Edição do dia 21/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Série Ouro de Futsal: Assaf perde primeira como mandante
ESPORTES - Tricolor jogou em Vale Verde e foi derrotado por 5x3
Copa Cidade Miller define os playoffs
ESPORTES - Competição encerrou a fase classificatória
Aliança goleia São José e cresce na Copa CFC Celso
ESPORTES - Mobilização é pela realização da primeira etapa da Olimpíada Rural, no próximo domingo
Troca de mensagens: Sergio Moro adia ida à Câmara
POLÍTICA - Ministro viajou para os Estados Unidos no último fim de semana e não comparecerá à audiência pública
Seleção feminina cai na prorrogação diante da França
ESPORTES - Brasil foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo
Avenida perde nos pênaltis e está fora da Série D
ESPORTES - Caxias classificou-se dentro dos Eucaliptos com vitória nas penalidades por 6 a 5
Brasil goleia Peru e jogará quartas de final na Arena do Grêmio
ESPORTES - Time brasileiro ficou com o primeiro lugar do Grupo A da Copa América
Copa Cidade tem três jogos no final de semana
ESPORTES - Rodada conta com os últimos confrontos da fase classificatória
Patinação: Copa XLise e Festival 25 anos movimentam Poliesportivo
ESPORTES - Evento ocorre neste sábado e movimenta patinadores de todo o Estado
Mais de 10 mil peças para aquecer os cabraisenses
GERAL - Distribuição das roupas arrecadadas ocorreu nesta terça-feira (18) para centenas de famílias moradoras de Novo Cabrais
Lixo eletrônico será recolhido na terça
GERAL - Mutirão da prefeitura vai passar por todas as localidades para coletar os materiais e dar o destino correto aos mesmos
Ipiranga leva a livre e Associação conquista o veterano
ESPORTES - Novo Cabrais conheceu os campeões do municipal de futebol sete, na última sexta-feira, no Centro Desportivo Municipal
Bela Vista e Flamengo jogam nesta sexta
ESPORTES
Copa Feminina: Brasil pega a França
ESPORTES
Série Ouro: Assaf faz parceria e vai jogar em Vale Verde
ESPORTES
Copa América: Diante do Peru, tentativa de reação
ESPORTES - Seleção Brasileira passa por fase de incertezas. Em 1989, time superou dificuldades
São Martinho é campeão em Monte Alverne
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida precisa de vitória simples
ESPORTES - Torcida deverá lotar o Estádio dos Eucaliptos, domingo, às 16h, contra o Caxias, valendo classificação

Selva de Pedra

Valério Garcia - 18/05/2018

Para aqueles que tem mais de cinquenta, esse título lembra uma novela transmitida lá pelos idos anos 70, protagonizada pelo ator Tarcísio Meira e pela atriz Glória Menezes. Mas, na verdade, não é para relembrar essa novela que escolhi este tema, mas não nego que tenha a ver com saudosismo.
Esta semana estive na capital gaúcha, Porto Alegre: a “Cidade Sorriso”, como era comumente chamada. O que menos pude constatar eram sorrisos, até me questionei sobre seu apelido. O movimento incessante de pessoas e veículos, a dificuldade de trafegar ou de conseguir estacionamento perto do lugar onde pretendia ir era como que conseguir um prêmio na loteria. Um ritmo frenético tomava conta das pessoas e, o que mais se sentia, era o som de buzinas de carros, juntamente com o ronco de seus motores. Também pude constatar a construção de prédios cada vez mais altos e imponentes, indicando o progresso, afinal de contas se existe construtores e construções, é porque existe progresso. Tudo metodicamente existindo, num contraste entre homens e máquinas. 
Em pouquíssimo tempo já estava com saudade da minha cidade. Saudade do interior. De andar pelas calçadas cumprimentando um e outro; de parar na lancheria de um amigo para aquele bate papo e leitura do jornal diário; das conversas banais sobre assuntos banais, afinal de contas eles também tem importância para nós, pois fazem parte das nossas horas de lazer. Estacionar o carro sem precisar pagar um centavo, e se ficou um pouco longe do destino, posso ir à pé que não me causará problema algum. Olhar vitrines das lojas, não precisar esconder celulares nem carteira, combinar diversas atividades para o final de semana com diversos amigos ou conhecidos. Tomar um chimarrão com o parceiro da loteria. Sentir cheiro de simplicidade e paz, sentir que a felicidade está na palma da mão. Tudo é mais perto, mais fácil e tranquilo. É um tipo de “selva” diferente. Existem mais seres vivos do que concretos; mais calor do que frio, mais cores do que palidez...
A grande maioria das pessoas que moram nas grandes cidades, nas grandes “Selvas de Pedra”, têm origem interiorana e orgulham-se disto. Falo com propriedade sobre esse assunto pois tenho familiares nesta situação descrita. Observem ao falar com alguém que deixou o interior e veja, sinta nos seus olhos a saudade. O progresso sempre será importante, mas a simplicidade e passividade da nossa alma, nunca poderá ser mensurada e muito menos terá um preço. Bom final de semana.