Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

Impressões da África do Sul

Osvino Toillier - 01/06/2018

O Parque Nacional do Kruger é a maior área protegida de fauna bravia da África do Sul, cobrindo cerca de 2.2 milhões de quilômetros. Está localizado no nordeste do país, nas províncias de Mpumalanga e Limpopo e fazendo fronteira com os distritos moçambicanos de Moamba e Magude, na província de Maputo e Massingir e Chicualacuala. O acesso pode ser por via terrestre (cerca de 5 horas de carro, por excelentes estradas) e via aérea, numa aeronave menor.
Ao chegar na entrada do Parque, todos os veículos passam por inspeção e recebem orientações de segurança, quando se paga também a taxa de 350 Rands para não residentes por pessoa, o que equivale a cerca de R$ 90,00 por pessoa. Para residentes, é a metade do valor. A partir daí acaba o asfalto, e é estrada de chão, por cerca de uma hora até chegar ao hotel Hotel Lukimbi Safari Lodge, com toda infra-estrutura e com as refeições.
As saídas dos roteiros acontecem duas vezes ao dia: uma no amanhecer, por cerca de três horas, voltando para o café; outro sai no final da tarde, voltando para o jantar, com parte final totalmente no escuro, sendo os hóspedes acompanhados por funcionário do hotel armado com fuzil, para assegurar segurança, já que na área do hotel circulam livremente os grandes animais.
Os participantes estão em veículos com dois funcionários do hotel, especialistas nesta função: o motorista (com fuzil) e o guia, que fica sentado em cadeira especial armada em cima do capô, com olhos e ouvidos atentos a qualquer sinal ou movimentação. O veículo está equipado com rádio e permanentemente em contato com os demais grupos, para informar eventual localização de animais que estão procurados para esse momento.
Em determinado instante, a partir de algum sinal evidente, o veículo abandona a trilha e se lança em meio à vegetação para localizar um animal ou um grupo de leões, por exemplo, descansando em meio a uma clareira ou repartindo um caça. O veículo é equipado com potente lanterna para localizar os animais. 
Predominam impalas, cuja população é de cerca de 200.000 no parque, seguindo-se de macacos, leopardos (caçadores solidários), zebras, guinus, guepardos, elefantes, rinocerontes, hipopótamos, leões (que caçam coletivamente), girafas, javalis, crocodilos, hienas, pássaros como abutres, cobras, cujo veneno pode matar em menos de uma hora.