Edição do dia 12/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Mudanças são anunciadas nas secretarias
GERAL
Dia de visitações, experiências e expectativas no Viva Unisc 2019
GERAL
Solenidade marca aniversário do General Gomes Carneiro
GERAL - Na ocasião também foi comemorada a chegada do III Batalhão ao município
Pequenas atitudes
OPINIÃO
Verrugas Estelares
OPINIÃO
Em defesa da vida
OPINIÃO
CDL aponta 800 vagas temporárias
ECONOMIA - Expectativa é de boas oportunidades de emprego para o período
ACI: Eleição ocorre hoje
GERAL
Vigilância Colaborativa: Lançamento do Programa acontece hoje
GERAL
GREVE: Polícia Civil paralisa nesta quarta-feira
POLÍCIA
Campeonato Municipal inicia no próximo dia 22
ESPORTES
AMO/Unimed VTRP: Atletas brilham pelo estado
ESPORTES
Dois times largam com vitória na estreia da Copa Lisaruth
ESPORTES
Estadual sub 19: Santa Cruz vence fora e fica perto da final
ESPORTES
Regional: São José larga na frente nas semifinais
ESPORTES
Universidade aguarda mais de cinco mil estudantes
GERAL
Bate papo: Doações por incentivos fiscais
ECONOMIA
Comdica realiza 4ª Noite Cultural na Unisc
VARIEDADES - O evento que tem entrada franca visa enaltecer projetos sociais realizados por diversas entidades

Uma final com casa cheia

Focando no Esporte - Júlio Mello - 05/06/2018

A final da Copa Cidade teve um público muito grande e, de certa forma, isso abrilhantou o jogo em que aconteceu a vitória do Belvedere por 2x0. Foi uma partida com grande intensidade, e venceu a equipe que menos errou. Compenetrado e focado no jogo, o Belvedere do Cleber Pereira, soube administrar melhor a ansiedade. Os jogadores do Bom Jesus estavam elétricos demais. Apressando o passe, gritando demais com o companheiro, e o que é primordial, não soube parar para pensar no adversário. O contrário aconteceu. Outra coisa: se preocupou demais com a arbitragem.

Quase perfeito no apito

O árbitro da partida não foi ninguém de fora. Foi daqui da nossa cidade o comandante do apito. Willian Jacobs, o Veio, filho do Babão, antigo árbitro aqui de Santa Cruz. Não olho jogo com olhos de torcedor e, portanto, posso falar claramente que ele esteve quase perfeito no jogo. Deu pênalti, que realmente aconteceu contra o Bom Jesus. Deu cartão amarelo quando foi preciso e comandou o jogo como deveria de ser. Tenho amigos dos dois lados. Tenho jogadores que jogam no Projeto Pés no Chão dos dois lados. Portanto, sou isento o suficiente para fazer este tipo de análise. Para este jornalista, que acompanha o nosso esporte há mais de 30 anos, afirmo com certeza que foi uma grande arbitragem deste jovem. Parabéns pelo apito, seu Willian.

Willian Jacobs, árbitro aqui de Santa CruzWillian Jacobs, árbitro aqui de Santa Cruz Crédito: Julio Mello

Baita zagueiro

Eu poderia ter escolhido mais dois ou três jogadores da final da Copa Cidade, mas de fato, Rafael, o Rafão do Belvedere, foi muito bem. Não passou nada por ele. Rafael levou para casa o troféu de melhor em campo, um oferecimento da Rauber Joalheiros e ‘Riovale Jornal’. Fico feliz em poder escolher alguns jovens para melhor em campo, pois conheço praticamente a trajetória de todos eles. Parabéns, meu jovem, eu sei da sua luta para buscar um lugar ao sol.

José de Abreu, Rafão e Jair EichJosé de Abreu, Rafão e Jair Eich Crédito: Julio Mello

Pouca coisa para uma nota 10

A organização da Copa Cidade esteve também à beira da perfeição. Faltou o trabalhador José de Abreu tirar o excesso de pessoas em roda de campo. Infelizmente, este foi o único detalhe em que a organização pecou. Para o leitor entender o tamanho da desorganização, uma das princesas que estavam dentro de campo chamou a atenção do técnico do Belvedere: “Ô treinador, manda o teu jogador se acalmar dentro de campo”. Pode isso? Não tem cabimento. A Fifa, a CBF e até mesmo a FGF pregam o jogo limpo. Ou seja, dentro de campo apenas os jogadores, técnico, preparador físico, médico e massagista. O resto tem que ficar fora de campo.

Excesso de pessoas em roda do campoExcesso de pessoas em roda do campo Crédito: Julio Mello

Alertei o presidente

Evidente que as pessoas que estavam dentro de campo não sabem das regras que regem o futebol profissional, e por isso, não sabiam que poderiam prejudicar o espetáculo. Conversei com o Zé Abreu, e por certo no próximo domingo, este tipo de problema não vai ocorrer. Estou fazendo a crítica para ajudar e não para denegrir a organização. Que, aliás, é muito boa. Falamos para colaborar e fortalecer o nosso esporte amador. Obrigado por ouvir, meu amigo Abreu.

Vai voltar o futsal

A Assaf esteve de folga nas últimas duas semanas, e portanto, não jogou nenhuma partida pela Série Prata de Futsal. A Federação Gaúcha de Futsal cancelou os jogos devido à greve dos caminhoneiros. O Tricolor volta a jogar no próximo sábado, às 20h, no Poliesportivo, contra a AGE de Guaporé.

Ypiranga e Pelotas perto da elite

A Divisão de Acesso está chegando ao fim. Ypiranga e Pelotas estão bem perto de subir para a elite do nosso futebol. Os dois precisam apenas de um empate para alcançar este objetivo. O Ypiranga derrotou em casa a forte equipe do Aimoré, por 2x1, em Erechim, e agora vai jogar a segunda partida fora de casa. Já o Pelotas derrotou o Inter de Santa Maria, fora de casa no último domingo, por 2x0. Aimoré x Ypiranga se enfrentam nesta quarta-feira, em São Leopoldo, às 20h. No domingo, Pelotas x Inter/SM jogam na Boca do Lobo.

Campeonato Castelhano

Dois jogos movimentaram o campeonato no final de semana. Na tarde do sábado, 2, em Alto Linha Santa Cruz, o Aliança recebeu o General Osório e venceu por 2x1 na categoria titulares. Os dois gols foram marcados por Darlan. Vilson descontou para o General Osório. Nos aspirantes, houve empate em 1x1. Já no domingo, 3, na Chácara Bauermann em Linha Antão, o Monterrey encarou o São Martinho. Matheus assinalou o único gol da partida, que deu a vitória ao time da casa pelos titulares. Na categoria aspirantes, houve empate em 0x0.