Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

País do Futebol

Valério Garcia - 15/06/2018

Estamos iniciando mais uma Copa do Mundo de Futebol, um dos esportes mais valorizados no mundo inteiro. Não preciso estar dizendo quantos milhões de Euros, Dólares, Reais ou outros tipos de moedas estão sendo disputados entre jogos e jogadores. 
Vocês já pararam para pensar na soma mensal dos ganhos dos jogadores do Brasil que estão em campo? Se somássemos o salário de todos os jogadores que estão disputando a Copa do Mundo, quanto seria? Qual a despesa de uma delegação inteira de Seleção, seja ela de qual país for? Quantos professores poderíamos pagar com esse dinheiro; quantos leitos hospitalares poderiam ser aumentados? Quantas coisas a mais...
O esporte tem um papel muito importante na formação de nossos alunos. Embora não seja um especialista na área da Educação Física, observo o trabalho desses profissionais, e sei o quão importante é na educação de nossas crianças. Vários aspectos são trabalhados como a psicomotricidade, organização, trabalho em equipe, saúde física e mental entre tantos outros. A educação física tem um papel muito importante no processo de socialização do alunado, tanto é que os gestores já estão trabalhando para que os profissionais da área atuem nas séries iniciais em nossas escolas. Todo esporte é importante e deveria ter a mesma atenção por parte das autoridades, afinal de contas todos exigem muito esforço e dedicação.
Não tenho nada contra o futebol, seus jogadores e muito menos contra a Copa do Mundo. Todos somos trabalhadores. O que me impressiona são as cifras investidas nesse campeonato, com tantas coisas a desejar no mundo. Não falo somente do Brasil, mas de todos os países, de todos os continentes. Toda hora estamos assistindo guerras, catástrofes e desgraças nas mais diversas áreas e lugares do nosso planeta, onde a atenção e desprendimento de recursos não tem a eficiência desejada ou merecida. Nosso problema é cultural; ganhamos pouco porque talvez, não damos a verdadeira importância naquilo que estamos fazendo ou escolhemos fazer. Não nos qualificamos, não lidamos com o verdadeiro profissionalismo que nossa profissão merece. E o que é pior: nossa camiseta que outrora foi orgulho, hoje já não é mais; foi usada indevidamente em algumas situações que desagradaram muitas pessoas; está escondida, desacreditada e, porque não dizer, envergonhada. Tudo piorou!
Gostaria que o Brasil além do “País do Futebol”, fosse o País da Educação, País da Natureza, País sem Corrupção, País da Igualdade, País do Emprego e Renda, simplesmente... País do Bem! Bom final de semana.